Start/Stop: tome cuidado na hora de substituir a bateria

"Se você comprar a bateria que não é para o start/stop, ela vai acabar rapidinho." Então, não caia no papo do vendedor picareta

Por Boris Feldman 21/04/20 às 12h15
capa start stop boca portal
Substituir a bateria de um automóvel com start/stop exige certos cuidados. (Foto AutoPapo | Reprodução)

Com essa tentativa das fábricas de reduzir o consumo e, com isso também as emissões, um dos dispositivos inventados aí nos últimos anos, muito interessante,  é o start/stop.

Você para no semáforo ou no congestionamento e o carro desliga sozinho o motor. Na hora que você vai arrancar, ele percebe e liga o motor. Com isso, o motor de arranque é projetado para trabalhar muito mais, o alternador para recarregar a bateria, que também sofre, e a própria bateria tem também que ser projetada reforçada para aguentar o tranco.

Aí, se a sua bateria de um carro que tem start/stop acaba, entrega os pontos, você vai na auto elétrica, ou vai na concessionária, ou na loja de bateria e pede uma bateria. E eles dizem: “Ah, pois é doutor, mais custa tanto.” Aí você fala: “O quê? Aí eles falam: “Não, mas não se preocupe, pela metade do preço a gente arranja uma bateria que vai funcionar muito bem no seu carro.”

Não vai! Tome cuidado! A bateria para o carro dotado com start/stop tem que ser do tipo: EFB ou AGM. Não serve as baterias que vem na etiqueta: SLI ou TFS.

Se você comprar a bateria que não é para o start/stop, ela vai acabar rapidinho.

bateria heliar efb - start/stop
Bateria para carros com start/stop
SOBRE
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário