TAC Motors volta a vender, sob encomenda, o jipe Stark

O Jipe Stark da TAC Motors vem equipado com motor 2.3 turbodiesel, tração 4x4 e reduzida que estava fora do mercado desde 2014

Por AutoPapo 24/05/18 às 17h26

Lembra do Stark? O jipe 100% nacional, tanto em relação à produção quanto à marca, começou a ser vendido em 2009, mas desde 2014 estava fora do mercado.  No ano seguinte, a brasileira TAC Motors, que desenvolveu o projeto, anunciou uma parceria com a multinacional chinesa Zotye, mas, segundo informações da própria empresa, esse acordo não se concretizou. Agora, o modelo volta a ser comercializado no país, na linha 2018, cuja maior novidade é a versão única Black Cover, que tem preço sugerido de R$ 115 mil.

TAC Stark Black Cover 2018

Esteticamente, a única diferença do Stark Black Cover é o teto pintado de preto; a paleta de cores para o restante da carroceria inclui sete cores ( branca, amarela, verde, vermelha, preta, azul, vinho e laranja). De série, o utilitário traz direção hidráulica, ar-condicionado, travas e vidros elétricos, coluna de direção regulável em altura, faróis de neblina e rodas de liga leve pintadas de preto (de 15, 16 ou 17 polegadas), central multimídia, bancos em couro e snorkel.

Mecanicamente, não há novidades. O TAC Stark segue sendo equipado com motor 2.3 turbodiesel da FPT Industrial, capaz de desenvolver 127 cv de potência a 3.600 rpm e 30,6 kgfm de torque a 1.800 rpm. O câmbio é manual de cinco velocidades, da marca Eaton, e a tração, 4×4 com reduzida (de acionamento manual) de origem BorgWarner.

As primeiras unidades do Stark foram fabricadas em Joinville (SC), mas, desde 2012, a linha de produção foi transferida para Sobral (CE). A planta utiliza processos artesanais, mas, segundo a TAC Motors, tem capacidade para construir 1.000 unidades por ano. A empresa anuncia que 100 encomendas já foram fechadas.

Por enquanto, há um único ponto de venda do TAC Motors em todo o Brasil, localizado em Belo Horizonte (MG), que o negocia sob encomenda. Porém, a empresa pretende abrir Stark Points, como chama seus revendedores autorizados, em capitais de diferentes regiões do país. Confira a galeria de fotos do Stark 2018:

Fotos TAC Motors | Divulgação

2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Ilvonei Lopes Otesbelgue 3 de setembro de 2019

    Achei espetacular, parabens aos idealizadores deste empreendimento, me sinto orgulhoso como brasileiro, e um presente para todos. Grande abraço

  • Avatar
    Faués Vinícius Medeiros 26 de maio de 2018

    Acredito que 50% das pessoas que gostam de jipe, jamais o usarão em ambientes rurais.
    Elas o admiram, simplesmente, por sua resistência, brutalidade e imponência.
    Por isto a Stark falhou ao relançá-lo sem oferecer neste desde já uma opção a gasolina, para alavancar as vendas e reforçar a confiança na marca.
    Minha sugestão é o motor 1.6 THP da Peugeot, sem excentricidades na suspensão e pneus de perfil mais baixo montados em rodas 18 polegadas, como acontece no SSangYong Actyon Sports, para transpor a buraqueira de nossos asfaltos, o nosso fora-de-estrada urbano de cada dia.

Avatar
Deixe um comentário