The Crown: conheça a incrível ‘frota’ de carros da Família Real

A 4ª temporada de The Crown acabou de ser lançada pela Netflix: é a ocasião perfeita para mostramos a coleção de veículos na realeza britânica

Por Andre Willis 19/11/20 às 08h45
rainha elizabeth carro real limusine bentley
Rainha Elizabeth II dentro do carro real Limusine Bentley State 2002 (Foto: Shutterstock)

A Família Real Britânica é a mais famosa desse gênero no mundo. Tanto que o serviço de streaming Netflix lançou, em 2016, uma série para abordar a monarquia de Sua Majestade: ‘The Crown’. A trama retrata dramas familiares, constitucionais, domésticos e geopolíticos que afetam o Castelo de Windsor; a 4ª temporada está disponível desde o último dia 15 de novembro.

Mas o que e a Família Real tem a ver com o mundo automotivo? Sua incrível coleção de automóveis! Os modelos vão dos mais luxuosos sedãs à peruas esportivas. Alguns deles são retratados no seriado The Crown.

VEJA TAMBÉM:

A revista de cultura e estilo GQ elencou todos os veículos, e o AutoPapo reproduz abaixo:

The Crown da vida real: coleção de carros da Rainha Elizabeth II

Rolls-Royce Phantom IV State Landaulet (1955) 

Rolls-Royce Phantom IV State Landaulet (1955) carro Familia Real Rainha Elizabeth II
Luxuoso sedã puramente britânico (Foto: reprodução | Shutterstock)

Talvez a especificação mais rara seja a da Estate Landaulet de Sua Majestade, de 1955, com carroceria da Hooper & Co. Movida por um motor de 5,7 litros de oito cilindros em linha, apenas 18 desses modelos de luxo com longo entre eixos foram produzidas pela Rolls-Royce e as vendas foram restritas a chefes de estado.

O modelo foi pintado em clarete e preto, com estofamento em tecido azul escuro e cinza. Ele permaneceu em serviço por 43 anos antes de ser devolvido à Rolls-Royce em 2002; e é semelhante ao carro em que Meghan Markle se casou com o Príncipe Harry em 2018.

Vauxhall Cresta PA Friary Estate (1961)

vauxhall cresta pa friary estate 1961 carro rainha elizabeth ii
Dizem as teorias que a station wagon é o carro favorito da Majestade (Foto: reprodução | Shutterstock)

Há rumores de que este é o carro favorito de Sua Majestade. Ela tinha especificações em 1961 para se adequar ao seu estilo de vida ao ar livre.

Com modificações sob medida, que incluem suportes para equipamento de pesca embutidos no telhado, uma proteção para cães para seus Corgis e porta-armas; bem como pintura verde imperial personalizada.

Ele permanece na garagem real em Sandringham até hoje. Elizabeth II também adora Land Rovers Série I, II e III.

Bentley Estate Limusine (2002)

Bentley State Limusine (2002) carro coleção Rainha Elizabeth
Outro modelo de ‘sangue britânico’ na coleção (Foto: reprodução | Shutterstock)

Os Rolls-Royces eram o meio de transporte preferido da realeza para ocasiões formais no século 20, mas no século XXI o Spirit of Ecstasy foi usurpado por Bentley. Esta limusine exclusiva é baseada no Arnage e foi presenteada à Rainha pelo fabricante de Crewe em 2002, para marcar o 50º aniversário de sua ascensão ao trono.

É alimentado por um motor V8 de 6,75 litros com cerca de 400 cv. A distância entre eixos estendida e fornece à monarca uma grande quantidade de espaço para as pernas, além de acomodação para suas damas de companhia.

A segurança, claro, é primordial e não estamos falando apenas de airbags: ele é blindado e resistente a explosões e roda com pneus reforçados com Kevlar.

Coleção de carros de Philip, Duque de Edimburgo

Lagonda Drophead Coupe de 3 litros (1954) 

lagonda drophead coupe de 3 litros 1954 carros colecao philip duque edimburgo
Lagonda é uma marca de carros de luxo britânica, adquirida pela Aston Martin em 1947 (Foto: reprodução | Shutterstock)

O modelo ostentava um telefone de rádio no qual Philip costumava fazer trotes para o príncipe Charles e a princesa Anne; e um espelho de maquiagem consideravelmente grande, para casos que a Rainha pudesse retocar sua beleza. O carro até apareceu nos Jogos Olímpicos de 1956 em Melbourne, tendo sido embarcado para a Austrália a bordo do Royal Yacht Britannia.

Pintado em um tom chamado ‘Edinburgh Green’, também foi usado pela Rainha e pelo Príncipe Philip para abrir oficialmente a M1, a primeira autoestrada da Grã-Bretanha, em 1959. O Lagonda foi finalmente vendido em 2016 por £ 350.000 (R$ 2.469.000 na cotação atual); cerca de três vezes o valor de um Drophead regular de 3 litros.

Alvis TD21 Series II Drophead Coupe (1961)

alvis td21 series ii drophead coupe 1961 carros colecao philip duque edimburgo
Duque de Edimburgo ficou empolgado ao ver o conversível no London Motor Show de 1959: modelo chegou a aparecer em ‘The Crown’ (Foto: reprodução | Shutterstock)

Digno de um príncipe, este elegante Alvis com o corpo de Park Ward entrou em produção em 1959 e chamou a atenção do duque de Edimburgo alguns anos depois, em uma visita ao London Motor Show. Descrito pela Autocar na época como “um dos carros mais encantadores que se possa imaginar”.

O carro é movido por um motor de seis cilindros em linha de 116 cv e Philip pagou a mais por uma caixa de câmbio ZF de cinco marchas atualizada. Philip também o instalou especialmente com um para-brisa mais alto e um teto elétrico dobrável. Ele permanece em exibição em Sandringham. Este modelo chega a aparecer na série ‘The Crown’.

Carro da princesa Margaret

Rolls-Royce Silver Wraith II LWB (1980) 

rolls royce silver wraith ii lwb 1980 carro princesa margaret
A única irmã da Rainha recebeu um belo e luxuoso sedã (Foto: reprodução | Shutterstock)

A única irmã da Rainha recebeu um Silver Wraith II na cor Cardinal Red em 1980 e o manteve por muito mais tempo do que qualquer um de seus outros veículos.

Como era de se esperar, ele carregava os suportes Standard Pennant e Royal Crest e uma luz policial, bem como acabamento interno exclusivo: folheado de jacarandá fosco e tampas das portas em couro preto para não refletir os flashes da câmera; um banco traseiro rebaixado oferece privacidade extra.

Ocasionalmente, a princesa Margaret emprestava o carro a Sua Majestade, à Princesa de Gales e a Ronald e Nancy Reagan sempre que o Força Aérea Um pousava no Reino Unido.

Coleção de carros do Príncipe Charles

Aston Martin DB6 Volante Série II (1969)

aston martin db6 volante serie ii 1969 colecao carros principe charles
DB6: sucessor do famoso carro usado pelo espião James Bond (Foto: reprodução | Chris Jackson)

Elizabeth II comprou o Seychelles Blue DB6 Volante como presente de aniversário de 21 anos de seu herdeiro. Nos últimos anos, ele passou por uma série de modificações ecológicas de acordo com os valores sustentáveis ​​do Príncipe de Gales.

Curiosidade é que este DB6 é alimentado por vinho e queijo (bem, um subproduto do queijo chamado “whey” e vinho que você não gostaria de beber). Aparentemente, leva cerca de três garrafas para dirigir por um quilômetro. Além disso, Charles fez referência à James Bond em seu Aston Martin DB6 ao colocar um botão falso em seu painel para ‘ejetar’ os passageiros.

Aston Martin V8 Vantage Volante (1989)

aston martin v8 vantage volante 1989 colecao carros principe charles
Seu segundo Aston Martin também foi fruto de presente (Foto: reprodução | Tim Graham)

Seria Charles, Príncipe de Gales, um ‘pão duro’ de mão cheia? O segundo Aston Martin também foi um presente, desta vez do Emir de Bahrain.

Preocupado com o desempenho oferecido pelo carro, Charles pediu para a Aston remover os spoilers e as saias laterais. Seu motor ficou mais potente, recebeu transmissão manual e pintura Balmoral Green, tornando-a muito parecida com a que James Bond dirigiu em 1987 em The Living Daylights.

Aston Martin Virage Volante (1994)

aston martin virage volante 1994 colecao carros principe charles
Seu terceiro carro… e terceiro Aston Martin! (Foto: reprodução | Heritage Images)

Terceiro Aston Martin da coleção de carros do Príncipe Charles, este Aston Martin Virage Volante 1994 era seu preferido para andar por Londres na década de 1990. Ele teve o motor V8 atualizado de 5,2 para 6,3 litros, tornando-o capaz de 281 km/h.

Havia alguns outros extras opcionais instalados, como um rádio da polícia, um segundo espelho retrovisor para que o oficial de proteção acompanhante pudesse ficar de olho que poderia estar atrás deles. E, carinhosamente, um pote de couro embutido especial, feito sob medida para guardar cubos de açúcar para os pôneis de pólo do Príncipe.

O carro foi vendido em 2019 pela Bonhams por £ 230.000 (R$ 1.622.000), um pouco abaixo da estimativa. O príncipe Andrew possui um V8 Volante LWB de 1997 similar na mesma cor e segurou o seu.

Carro da Princesa Anne

Reliant Scimitar GTE (1970) 

reliant scimitar gte 1970 colecao carros princesa anne
O hatchback era espécie de xodó para Princesa Anne (Foto: reprodução | Heritage Images)

O primeiro carro da Princesa Anne foi um GTE 1970 azul da Força Aérea – um presente conjunto de Natal e 20º aniversário de seus pais. Mas Anne é entusiasta dos Scimitar, tanto que já teve nove modelos com o passar dos anos.

A Reliant era, é claro, mais conhecida por produzir o veículo de três rodas da Del Boy, o Robin, mas com a Scimitar de fibra de vidro esse fabricante de Staffordshire de nicho provou que poderia criar algo muito mais esportivo e desejável.

O resultado foi um hatchback de desempenho foi inicialmente movido por um bloco Ford 3.0, que poderia impulsionar Anne de zero a 100 km/hem impressionantes 8,5 segundos, alcançando 193 km/h.

Coleção de carros da Princesa Diana

Jaguar XJ-SC (1987)

jaguar xj sc 1987 carro familia real princesa diana
Modelo recebeu modificações para o transportes dos pequenos William e Harry (Foto: reprodução | Heritage Images)

Princesa Diana, que se casou com Charles em 1981 e morreu em decorrência de um acidente automobilístico em 1997, tinha o esportivo Jaguar XJ-SC como estimulante. Seu casamento não ia tão bem, então Lady Di encomendou o modelo com motor V12. Seu Jaguar XJS era a versão com teto Targa, o XJ-SC.

O modelo foi feito para ter apenas dois lugares, mas o Jaguar XJ-SC foi equipado com bancos traseiros para transportar os filhos William e Harry. O modelo foi adquirido da Princesa pelo Jaguar Daimler Heritage Trust em 1991 em troca de uma contribuição de caridade.

Antes do Jaguar, os primeiros automóveis de Diana foram um Renault 5 (vendido em 2017 por £ 58.000 – R$ 409 mil); e um Austin Mini Metro. Sem querer ‘dar spoiler’, é provável que alguns dos carros de Diana apareçam em The Crown.

Mercedes-Benz 500 SL (1991)

mercedes benz 500 sl 1991 carro familia real princesa diana
O Mercedes-Benz de Lady Di rendeu polêmicas na monarquia; será que ele será retratado em ‘The Crown’? (Foto: arquivo pessoal | Princesa Diana)

Em dezembro de 1991, a princesa de Gales aumentou as várias controvérsias em torno dela, alugando um carro que não era britânico.

O Mercedes 500 SL “R129” era um dos carros de produção de aparência mais glamorosa da época e ela adorou, mas a pressão do governo e dos sindicatos fez com que ela se sentisse forçada a devolver o conversível bordô para a Mercedes em setembro de 1992.

É agora exibido no museu do fabricante em Stuttgart.

Audi 80 Cabriolet (1994)

audi 80 cabriolet 1994 carro familia real princesa diana
Após a separação com Charles, Diana adotou de vez carro de origem alemã (Foto: Shutterstock)

Uma vez que Diana foi oficialmente separada de Charles, ela decidiu que não havia mais razão para dirigir um carro britânico. Desta vez, foi Audi quem ganhou sua preferência e o revendedor St Johns Wood da marca emprestou-lhe uma série de Cabriolets.

Jeremy Clarkson disse na época: “Ela sozinha transformou o que poderia ter sido apenas mais um bom carro no símbolo de status de quatro rodas mais legal e mais procurado de todos eles”.

Não é possível afirmar se o Audi 80 Cabriolet se qualifica para o status de ícone, mas certamente ficou inesquecível sob posse de Lady Di.

Carro do príncipe Harry

Audi RS6 (2017) 

audi rs6 2017 colecao carros perua esportiva station wagon principe harry
O gosto pelos carros alemães de Diana foi herdado por Harry (Foto: reprodução | Gerlach Delissen – Corbis)

Aparentemente, o país de fabricação não importa mais, embora possa ter algo a ver com o desconto especial que a realeza recebe. Não passou despercebido por seu autor que o diretor de relações públicas da Audi no Reino Unido recebeu um convite para o casamento de Harry e Meghan.

O mais potente de todos os carros fornecidos para os Windsors foi o Daytona Gray RS6 Avant de Harry.

Seu V8 biturbo produz 552 cv e atinge 100 km/h em 3,9 segundos, tornando-o um dos carros de passeio mais rápidos do mundo. Harry até teve o limitador de velocidade máximo removido para que pudesse atingir 280 km/h, se ele desejasse.

Veículo do Príncipe Willian

Ducati 1198S Evo Corse SE (2011)

ducati 1198s evo corse se 2011 moto colecao principe willian
Willian gosta de andar de moto também (Foto: reprodução | Max Mumby – Indigo

Normalmente, o Duque de Cambridge é visto em Land Rovers, Range Rovers e em seu Bentley Flying Spur, que alcança 321 km/h. Entretanto, Willian gosta de pilotar sua Ducati 1198S Evo Corse SE; na qual ele possui pelo menos quatro motocicletas da marca.

O amor por motocicletas pode estar no sangue real – o bisavô de William, George VI, costumava ser visto em uma Douglas de 350cc nos anos 20.

E aí, gostou dos carros da realeza? Acha que ‘The Crown’ está á altura da realidade? Deixe seu comentário!

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário