[Vídeo] Cuidado com o estepe “novinho”: ele pode ser armadilha

"Então, o pneu está com cara de novinho, mas  ele tem que ser substituído, porque ele já  tem 10 anos de fabricação"

homem com pneu estepe sobressalente nas mãos em frente a veículo parado
todos os pneus do carro, incluindo o estepe, têm prazo de validade (foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
08 de agosto de 2021 15:09

Pois é, pneu furado, né? Lá na roda dianteira, e aí vem a ingrata tarefa de  trocar o pneu. Cá estou eu aqui no porta-malas  para pegar o estepe. Olha, o pneu está novinho, cheio de borracha: dá a impressão até que nunca  andou, está com aquelas famosas “maminhas” ainda… Agora só falta olhar sabe o que? A data de fabricação, o DOT. Assista ao vídeo e entenda!

VEJA TAMBÉM:

Olha aqui: o DOT é 4511. Sabe o que significa isso? Que esse pneu foi  produzido na quadragésima quinta semana de 2011. Tem 10 anos! Esse pneu está novinho e está prontinho pra ser jogado fora, no lixo.

Porque, se você usa esse pneu em uma estrada,  principalmente, você vai rodar a 90 km/h 100 km/h,  110 km/h, ele vai esquentar e, se você olhar lá no, fundo está cheio de trinquinhas e ele provavelmente vai estourar, vai te deixar na mão, na melhor  das hipóteses. Pode até provocar um acidente.

Estepe também precisa de substituição

Então, o pneu está com cara de novinho, mas  ele tem que ser substituído, porque ele já  tem 10 anos de fabricação. Esse é o limite máximo, certo? É de cinco a seis anos. Agora,  depois de cinco, seis anos, ele perde  as características, mas não tem perigo de estourar, de sair voando pedaço de borracha. Daqui para frente, tem.

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
17 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Boris Casoy 10 de agosto de 2021

É só botar o estepe pra rodar também. Isso se não for daqueles pneus que parecem de bicicleta.

Avatar
Miranda 12 de agosto de 2021

…e o motorista tem que trocar depois de quantos anos? Fala aí, Boris.

Avatar
Pedro 10 de agosto de 2021

Boa dica…. não sabia isso

Avatar
João da Cruz de Lima Santana filho 10 de agosto de 2021

Rapaz me poupe viu até isso alguém está ganhando da indústria para fizer isso pois meu estepe está sem uso a mais de 8 anos nunca foi no chão e está intacto
Só falta eles falar que temos que trocar de carro a cada 1 a 2 anos
Como o nome já sugere pneu socorro
E olha que os socorros que equipam os carros hoje são de carrinho de mão
Até nisso estão economizando
O meu comprei uma roda idêntica de liga leve e substitui o pneu de fabrica nada não gastei 1k pra não ter o incômodo de ver aquele pneu terrível

Avatar
Marcelo 10 de agosto de 2021

Eu concordo em não exceder a validade dos pneus que estejam rodando, mais entendo que descartar um estepe por tempo de fabricação, seja uma péssima ideia, pois esse pneu descartado, com certeza irá parar no veículo de um desavisado que irá rodar diariamente e sofrer as consequências sem saber dos riscos.
Acho que estepe deve ser considerado como tal, ou seja, a maioria dos veículos novos, possuem estepes mais finos e consequentemente limitados a carga, estabilidade e velocidade.
Utilize o mesmo conceito e use seu estepe velhinho com restrições, apenas para chegar a uma borracharia e o meio ambiente agradece!

Avatar
Rodrigo 9 de agosto de 2021

Concordo com Boris……sim borracha ”pneu” tem validade como qualquer outro produto, nada tem durabilidade eterna……..se não tem dinheiro para dar manutenção no veiculo nem o compre, assim teremos mesmo porcarias sem manutenção rodando nas ruas !!!

Avatar
Val 10 de agosto de 2021

Procure um analista para tratar seus traumas e frustrações. Todos têm o direito de ter seu transporte, assim como você. Com um governo incompetente desses e economia parada fica difícil fazer manutenção do veículo.

Avatar
Rodrigo 10 de agosto de 2021

iiiiiiiii VAL, a carapuça serviu né…kkkkkkkk não tem $$$$ vai andar de busão kkkkkkkkk POR FAVOR.
Para de culpar o governo ele não tem culpa da incompetência e insuficiência do povo em ser bem sucedido, para se ter qualquer bem em qualquer lugar do mundo requer condição financeira, isso e o mínimo necessário.

Avatar
Diego 10 de agosto de 2021

Me desculpe, mas quem demonstrou ter frustrações foi você, Val. Todo mundo tem direito a ter seu transporte, com certeza. E isso pode ser através do automóvel, transporte coletivo, motocicletas, bicicletas, patinetes… a boa e velha caminhada também pode vir a ser uma solução. E, no trânsito, independente do meio de locomoção, todo mundo tem o DEVER de zelar pela sua vida, da família e terceiros. A manutenção correta dos veículos é muito importante.

Avatar
Renata 10 de agosto de 2021

Concordo totalmente, para se ter um carro e totalmente necessário ter condição financeira não somente para compra mas também para manutenção!!!

Avatar
Felipe da Cunha e Silva 9 de agosto de 2021

Não é bem assim,
Já usei pneus com 15 anos e desgastou normal até o fim. 5 anos é o período de garantia de fábrica e por ser material de baixíssima degradação a garantia é tão longa, caso contrário seria igual aos demais componentes do veículo que em suaaioria é de no máximo 01 ano! Tem vídeos de fabricantes de pneus no YouTube a respeito.

Avatar
Vitor 9 de agosto de 2021

Então você e mais um que provavelmente acha que assim como pneu não tem vaidade o óleo de transmissão também não? Tudo tem validade e vida útil!!!
Meus parabéns por colocar você, sua família caso tenha e as famílias dos próximos ao seu redor, você é um ”GÊNIO”.

Avatar
Ilderlan 9 de agosto de 2021

Acredito em você, Felipe. Acho que a validade é uma referência de segurança, e não uma garantia de que o produto estragou. Pode ser que dure, pode ser que não. Eu prefiro confiar na validade. Gasto um pouco mais e garanto a segurança.

Avatar
Sebastião Talmelli 8 de agosto de 2021

Se realmente for desta forma todos produtos fabricado com borracha devem ser trocado a cada 5 anos.
Por isso não concordo e depende muito do local e temperatura.

Avatar
Diego 9 de agosto de 2021

E tem que ser trocado mesmo, principalmente os tubos e correias. As vezes o produto parece ter boa aparência, mas depois de um tempo tem deterioração acelerada.

Avatar
Rafhael 8 de agosto de 2021

Não concordo com tempo. Não estando ressecado, use. Apareceu as trincas, troque, independendo de data de fabricação!

Avatar
MARCO AURÉLIO TÔRRES TEIXEIRA 8 de agosto de 2021

Concordo plenamente.

Avatar
Deixe um comentário