[Vídeo] Preciso esperar para desligar o motor turbo?

"Surgiu uma nova dúvida em função de todas essas fake news e toda essa besteirada que se divulga pela internet"

turbina turbo shutterstock 1131049805
Turbo reaproveita energia que seria desperdiçada pelo cano de descarga (Foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
05 de janeiro de 2022 18:31

Cada vez tem mais carro turbinado por aí, de fábrica. E por que? Porque o turbo aumenta o desempenho sem  interferir no consumo. Pelo contrário: se você rodar a mesma velocidade, exigir o mesmo do carro, o consumo até cai. Por que? Porque o turbo aproveita uma energia que era desperdiçada pelo cano de descarga.

Mas aí surgiu uma nova  dúvida em função de todas essas fake news e toda essa besteirada que se divulga pela internet. Qual seja, você não pode chegar em casa com seu carro turbo, tirar o pé do acelerador e desligar o motor.  Por que? Porque você prejudica o turbo. É verdade? Não, é fake news! Assista ao vídeo e entenda!

VEJA TAMBÉM:

Por que? Porque antigamente, quando se turbinava um motor – ou seja, ele saia aspirado de  fábrica, as oficinas colocavam turbo para melhorar desempenho, né? Para  dar mais potência para o boy acelerar mais.

E como a turbina era adaptada, antes de desligar o motor você tinha que deixá-lo em marcha lenta, funcionando 30 segundos; tinham uns que deixavam até um minuto o motor funcionando em marcha lenta, em função  da lubrificação da turbina, para não faltar  óleo e para ela não emperrar ou naquele momento, ou quando você fosse ligar de novo.

Motor turbo de fábrica não precisa desse cuidado

Isso acabou. Acabou por que? Porque as fábricas é que estão agora turbinando os motores, e eles já projetam o sistema de lubrificação para manter sempre a turbina lubrificada.

Então, você pode chegar com seu carro turbinado  em casa, desligar o motor, puxar o freio de mão, engatar o parking ou a primeira marcha, o que você quiser, e estamos conversados!

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
15 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Dario 13 de janeiro de 2022

Acho que esa tecnología é feita pra complicar e dar perrengues,alias o propietario tinha dinheiro pra experimentar e trocar carro 2 anos cada.

Avatar
Walter Antonio Kapp 13 de janeiro de 2022

Isso não é verdade para todos os motores não. Primeiro porque a lubrificação do turbo é a mesma do motor e se o motor parou a lubrificação da bucha da turbina também para em todos o motores. No caso do motores do ciclo OTTO o controle de carga do motor é por borboleta, então quando o motor vai para a condição de marcha lenta a borboleta fecha e a pressão depois da turbina aumenta, o que faz com que ela desacelere muito rápido, sem risco de superaquecer o óleo estagnado na bucha do eixo do tubo compressor. Desde os primeiros motores turbo 1.0 16V da Volkswagen do inicio da década 2010, o mancal da turbina é refrigerado a água, para garantir a viscosidade do óleo nesta função crítica. Já nos casos dos motores a Diesel, a situação é bem diferente, mesmo nos motores mais modernos, high speed, com 16V e com turbinas de geometria variável, onde não há borboletas na admissão, e um dos cilindros sempre fatalmente fica na condição de cruzamento de válvulas, e a turbina com inércia acumulada só para com o baixo atrito do mancal, e no caso de ter vindo de uma condição de alta carga, pode levar tempo suficiente para girar com o óleo do mancal numa temperatura muito elevada, devida a temperatura da carcaça. Isto em geral não leva a uma falha catastrófica da turbina, mas aumenta o desgaste da bucha, o que pode levar, com o tempo, a um grande vazamento de óleo lubrificante para a admissão, o que causa em geral o disparo sem controle do motor, que leva a destruição completa deste. Fabricantes de veiculos a diesel alertam este fato no manual e em adesivos nas molduras das portas ou no parabrisas. Os Kia e Mitsubishi a DIesel, já com motores 16V e turbinas de geometria variável, recomendam deixar 1 min em marcha lenta antes de desligar se tiver vindo de um ritmo de alta carga, como em velocidades acima de 120 km/h ou subidas com carga, 30s para a faixa de velocidades entre 80 km/h e 120 km/h. Menos que este ritmo, ou no ciclo urbano não é necessário esperar para desligar. Uma exceção é o motor diesel 2.0 8v da Peugeot especialmente desenvolvido para automóveis de passeio (series 30X e 40X), Suzuki Grand Vitara e GM Tracker geração 2, que tinha uma borboleta na admissão para controle térmico em baixa carga, e que ainda bloquea a turbina (antiga, com waste gate) no caso do desligamento, desacelerando rapidamente a tubina e salvando a bucha do mancal. Esta falta de costume em manter os motores diesel na lenta por alguns instantes nas viagens rodoviárias é que faz a alegria das oficinas especializadas em turbinas, que basicamente fazem a troca do mancal destas turbinas, isto pode ser observado com o grande número de pickups relativamente novas em seus pátios, cujos os proprietários egressos do motor OTTO não leem o manual. Também pela ocorrência significativa de disparos nos motores diesel 2.0 de SUVs da LandRover e Stelantis.

Avatar
Lourival Pereira da Silva 12 de janeiro de 2022

Hã,hã! Tenho uma dúvida, e grave. O eixo da turbina aciona a turbina quente, que é girada pelos gases do escapamento, e na outra extremidade do eixo fica a turbina que aspira o ar externo, que é denominada de compressor. À uma aceleração alta, com giro do motor a 4 ou 5 mil rotações na estrada, andando entre 120 e 160 kms por hora, a temperatura da turbina atinge 700 ou mais graus de calorias. Se você chegar no destino e desligar o motor de pronto, ou seja: sem dar um tempinho, o calor na ponta do eixo do lado quente que à essa altura já está sem lubrificação espalha pelo eixo e frita o óleo provocando carvão que com o tempo vai estragado o eixo. E pior: o óleo que lubrfica a turbina é mesmo óleo do motor.
Com micro partículas de carvão no óleo é de se prever o estrago que vai causar nos cilindros do motor e nas bronzinas do virabrequim.
Muitas pessoas vão achar que não haverá problemas. Mas as concessionárias nem tocam no assunto. Pois são aves de rapina. Quanto mais estragos no seu carro mais elas faturam.
Sinto muito Boris, mas va até uma oficina de recuperação de turbinas e verá que é verdade o que relatei aqui

Avatar
João Guimarães 12 de janeiro de 2022

Exatamente, só gostaria de acrescentar, se me permite, quando desligamos o motor a turbina continua girando em alta rotação, pela inércia e durante este período está sem lubrificação , como vc bem disse a lubrificação é feita
pela bomba de oleo do motor, que só funciona com o motor trabalhando .
Deixando um tempo em marcha lenta vc minimiza este problema.

Avatar
ROGERIO ALINDO BRIXNER 12 de janeiro de 2022

Vale lembrar que o óleo que lubrifica a turbina retorna ao carter e não para o motor. Quando a bomba de óleo suga o óleo para lubrificar o motor e a turbina, ele não vai a lugar nenhum sem antes passar pelo filtro e não passará nenhum detrito para motor, bronzina e virabrequim. Isso é imaginação sem sentido

Avatar
Marcelo Vieira Machado 12 de janeiro de 2022

Boa tarde !

Tenho um carro com thp de 2016 e nele explica que se deve deixar mais 30 seg ou 60 seg para que a turbina tenha maior durabilidade , nós thp mais modernos há um aperfeiçoamento e o próprio carro fica funcionando o resfriamento de todo o sistema por 30 segundos .

Avatar
Felipe Cunha 9 de janeiro de 2022

Me explica então o porque de vários veículos turbo estarem apresentando problemas de engripamento dos mancais da turbina exigindo sua substituição?

Avatar
Gustavo Lima 7 de janeiro de 2022

Só fala asneira esse cabeça branca ! Até Porsche que tem motor Turbo vem esse alerta no manual de fabrica !

Avatar
Antônio José Rezende 7 de janeiro de 2022

Fake news é esta matéria!! Basta ler o manual dos veículos. Ao menos os veículos a diesel, traz no manual a orientação de que após determinadas condições de uso o condutor deve manter o veículo em marcha lenta por até 2 minutos antes de desligar o motor. Tenho uma Hilux 2021 e esta informação está clara no manual do proprietário. Se mudou nos veículos 2022 não sei dizer.

Avatar
Rafael 7 de janeiro de 2022

Na verdade, o real motivo para aguardar 30, 60, 120 segundos, é para resfriar o turbocompressor. E não para manter lubrificação. Quando o motor está em marcha lenta e é desligado, o rotor para de girar quase que instantâneamente. Não há energia (fluxo de gases) para manter o rotor girando. Aplica-se principalmente em motores diesel de grande porte onde o turbocompressor pode atingir mais de 400°C em regime de trabalho.

Avatar
Pedro Jorge Santos 7 de janeiro de 2022

A Toyota Hilux Diesel até uns anos atrás possuía um aviso no para sol dizendo para aguardar um tempo antes de desligar o motor para não danificar a turbina.

Avatar
Mister Gasosa 6 de janeiro de 2022

No Canal “Car Up” YouTube mostra em um vídeo uma F1000 diesel que após desligar o motor a turbina continua girando por alguns segundos. Vale lembrar que quando o motor desliga a pressão de óleo acaba.

Avatar
Jose Alberizio de Lima Rocha 6 de janeiro de 2022

Tenho uma Ford Ranger 3.2 automática turbo diesel cujo manual recomenda antes de desligar o motor deixar funcionando certo tempo na marcha lenta pois envolve problemas de lubrificação da turbina. É besteirada da Ford?

Avatar
Dario 11 de janeiro de 2022

Se você pensar e seguir este mau conselho de não esperar 30 segundos mesmo que seja para não desligar o motor, faça isso você visitará a oficina com mais frequência, considero uma precaução que não é demais.

Avatar
Leonardo 13 de janeiro de 2022

E os carros turbo com start stop?

Avatar
Deixe um comentário