[Vídeo] Posto self-service é solução para baixar preço da gasolina?

"Quem está fazendo conta do tostão, iria, naturalmente, para a bomba self-service; e ele mesmo abasteceria o seu automóvel"

frentista abastecer carro com gasolina etanol
Em alguns países, os postos já não têm mais frentistas (Foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
23 de janeiro de 2022 15:24

Quem já abasteceu automóvel em algum país do primeiro mundo já percebeu que, por lá, não existe a classe dos frentistas: no posto, todas as bombas são do tipo self-service. Mas não no Brasil! Por que? Assista ao vídeo e entenda o caso!

VEJA TAMBÉM:

Porque já se tentou, no passado, mas o sindicato dos frentistas barrou esse Projeto de Lei. De certa maneira, é justo, porque imagina hoje, que nós temos 13 milhões, 14 milhões de desempregados. Os frentistas são em número muito elevado: há em torno de 400 mil frentistas no Brasil.

Qual é a vantagem do self-service? Reduz o preço do combustível, porque reduz a despesa do posto. Bom, se colocasse, em um posto, bombas self-service e bombas operadas pelo frentista, uma solução mista, teria adesão?

Solução ‘meio termo’ para o posto self-service

Eu acredito que sim. Tem muita gente que não quer saber de descer do carro, pegar no bico, lá, e abrir o tanque, abastecer, sujar as mãos. Essas pessoas pagariam alguns centavos a mais para ter esse conforto, essa comodidade.

Agora, quem está fazendo conta do tostão, iria, naturalmente, para a bomba self-service; e ele mesmo abasteceria seu automóvel. Essa seria uma solução em cima do muro, ou meio termo, que poderia receber uma aprovação  de todos os interessados no assunto.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
46 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Rodrigo 31 de janeiro de 2022

Sabe qual é a solução para abaixar o preço de combustível em geral e as demais coisas , é está minoria escravocrata parar de enganar a maioria que trabalha e faz este brasil andar , produto que é feito aqui não deveria ser cotado em dólar , pois neste país a moeda se chama real, além dos impostos absurdos cobrados ainda temos que pagar quase tudo no valor do dólar sendo que a moeda vale 5 vezes mais doque a nossa. O dia que todo mundo acordar e dar um ponto de partida quem sabe este país muda .

Avatar
Fabiano 14 de maio de 2022

Problema que a gasolina refinada não é aqui no Brasil nosso petroleo extraido é mais pesado e nossas refinarias refinam apenas petroleo leve, então vendemos o petroleo bruto e compramos ele refinado ou um petroleo mais leve como o do oriente medio. Basicamente é isso, se vc pesquisar vai achar bastante informação sobre esse assunto. Uma outra solução é a construção de refinarias para nosso petróleo…

Avatar
Joilson 30 de janeiro de 2022

Infelizmente no Brasil, por conta desta prática o preço na cai por muito tempo.
O fato de dispensarem parte dos funcionários daria grande motivo para os preços, de fato, caírem significativamente. Até mesmo porque um dos argumentos por aqui é que os altos custos com a contratação de funcionários influencia os preços da mercadoria, e é uma verdade. Porém, assim que se acostumarem com a prática do auto atendimento os preços voltam para que o lucro seja mais vantajoso.
Faz parte da nossa cultura.
Fala-se muito de impostos que é cobrado sobre a venda do produto, mas responda a si mesmo: qual foi a última vez que você recebeu uma nota fiscal no ato do abestecimento do seu veículo? Deve fazer muito tempo.
Isso mostra que em parte o imposto como desculpa para preço alto, pelo menos, da parte do próprio posto, não justifica o preço alto.
O nome disso é ganância e enriquecimento ilícito.

Avatar
Eu 31 de janeiro de 2022

Combustível paga imposto na fonte, independente do consumidor final querer ou não nota fiscal o imposto já foi pago.

Avatar
Fábio Dias 30 de janeiro de 2022

Isso é uma questão bem mais importante do que se pensa… As bombas são serviço próprio mas o cliente vai pagar no Interior antes de abastecimento. Isso incentiva a pedir nota fiscal. Quando o cliente paga junto a bomba, paga e segue.

Avatar
Humberto B 29 de janeiro de 2022

Para baixar o preço esta iniciativa é bem vida, mas hoje pode-se fazer algo bem mais simples. Aqui em Campinas, a décadas não temos aberturas de postos novos. Parece que os donos sempre financiam os candidatos que aceitam manter assim sem concorrência. Isso causa oligopólio (os preços sobem no mesmo minuto igualmente) e evita a geração de empregos. Mas mexer nisso vai ser mexer em um vespeiro de grande poder aquisitivo.

Avatar
Alan signei bonini 28 de janeiro de 2022

Já temos muito desemprego no país, iria demitir e jamais iriam ,baratear o combustível e tem outra eles aumentam a gasolina seguido do álcool pois ja esta na cara se todos repararem que a.gasolina sempre fica beirando a diferença de 30% por exemplo quando aumentou a gasolina todo mundo correu p a.álcool e o que fizeram aumentaram o álcool com diferença de 25% p a.gasolina pois força o consumidor a abastecer com gasolina porque o álcool consome 30% a.mais que gasolina e p compensar abastecer no álcool teria que ser uma diferença de no mínimo 50% a baixo da gasolina.

Avatar
João Carlos Ferreira 28 de janeiro de 2022

Mais desempregado no Brasil e não vão baixar preço vejam o exemplo do nosso transporte coletivo e Brasil

Avatar
Herik Gaspar 28 de janeiro de 2022

Eu acharia interessante a opção mista, já que a gente chega em muitos postos e só tem 2 frentistas para atender 10 veículos, fora o cara do caixa. Porém, vale lembrar que estamos no Brasil e diante da geração golpista que gosta de levar vantagem em tudo e nesta caso, sair sem pagar. A solução neste caso seria igual nos EUA, primeiro paga e depois abastece. Mas, será que o brasileiro está pronto para fazer esse tipo de cálculo ?

Avatar
Angelo Leonardo Feder 27 de janeiro de 2022

Vejo sempre suas postagens e gosto muito. Nem todos os postos de combustíveis no exterior (EUA principalmente) não possuem frentistas. vários tem alguém para servi-lo. Na Flórida é muito comum ter postos com frentistas. Na realidade, a intenção não é baixar o preço do combustível e sim, ter mais lucro, ganhar mais e por em risco pessoas que não estão atentas ao que faz, não estão preparadas e não fazem ideia do perigo que correm. É a ganância desenfreada e irresponsável.

Avatar
Claudio Mamede 29 de janeiro de 2022

Aí desemprega um pai de família depois reclama de não ter segurança nas ruas

Avatar
Elton Rueb 26 de janeiro de 2022

Interessante que tentaram fazer isso nos ônibus urbanos colocando o motorista pra fazer o papel de cobrador, com intenção de baratear o preço das passagens. Nada mudou, as passagens ficaram mais caras. O mesmo vai acontecer no “Braziu”. Donos de postos vão demitir pessoas que precisam trabalhar, embolsar maiores ganhos e os combustíveis continuarão subindo mais e mais.

Avatar
Luciano Neves 26 de janeiro de 2022

Há , uma coisa que o Boris esqueceu. O combustível vem de caminhão, em longas viagens pelas estradas. Encarecendo mais o combustível. Nos EUA , os combustíveis vem de tubulações subterrâneas. Sem frentistas e caminhões transportandos. Fica mais barato.

Avatar
Luciano neves 26 de janeiro de 2022

Eu aderia o self service. Que pena muitos pais de família iriam perder o emprego. Mas uma lógica de valores. Ruim para uns e ajuda para outros. Eu também queria que o gás GLP ,fosse por m3 em posta seria mais barato. Na BOLÍVIA, se compra gás nós postos de combustível.

Avatar
Alexsandro 25 de janeiro de 2022

Eu aprovo essa Edéia de ter bomba selvi servisse sim

Avatar
Odair 26 de janeiro de 2022

Queria só ver vcs q aprova essa lei aí vcs tá embicando um carro derramando tudo na lá malema gosta de dese do carro e ainda aprova isso e piada

Avatar
Wesley 26 de janeiro de 2022

Acaba seu MOBRAL e depois volte aqui para comentar, pois é impossível decifrar o que você escreveu.

Avatar
Claudio Mamede 29 de janeiro de 2022

Aí desemprega um pai de família e depois quer reclamar de não ter segurança nas ruas , e o BozoAsno aumenta o preço

Avatar
Clebson 25 de janeiro de 2022

O pau só quebra pro lado mais fraco.Os pobres frentistas serão sacrificados pela perda dos empregos e os empresários ainda cobraram o mesmo valor.

Avatar
Flávio Silveira Lira 25 de janeiro de 2022

É um pensamento ridículo. Tirar empregros p baixar preço de combustível. Essa Petrobrás é uma PAIADA assim vomo TODO governo brasileiro!
O pobo tinha que deixar de ser otário e parar o país. Mas o mal é que vagabundo só quer saber de praia e feriadinho prolongafo. Povo BURRO

Avatar
Hélio de Oliveira Campos 25 de janeiro de 2022

Infelizmente esse método de abastecimento não vai ajudar a diminuir o preço dos combustíveis,já estivemos experiência com os carros 1.0 gás de cozinha, passagem de ônibus,os preços voltam ao normal em poucos dias,essa é minha opinião

Avatar
Elton Rueb 26 de janeiro de 2022

Interessante que tentaram fazer isso nos ônibus urbanos colocando o motorista pra fazer o papel de cobrador, com intenção de baratear o preço das passagens. Nada mudou, as passagens ficaram mais caras. O mesmo vai acontecer no “Braziu”. Donos de postos vão demitir pessoas que precisam trabalhar, embolsar maiores ganhos e os combustíveis continuarão a subir.

Avatar
Lta 24 de janeiro de 2022

É o mesmo argumento de quem defendeu a Reforma Trabalhista.
Se disser que a culpa do fracasso foi da pandemia, digo que é mentira, pois a Reforma foi aprovada ainda por Temer, em 2017.
O preço alto é devido à indexação ao Dólar, fim dos estoques reguladores e ganância. Simples assim.

Avatar
CELSO LUIS OPPELT 24 de janeiro de 2022

Os Bancos que ganham rios de dinheiro, não tem mais caixas para atender os clientes, só caixas eletrônicos. Tudo para redução de despesas. Porque os postos de combustíveis não podem ser self?????????

Avatar
Fernando B 25 de janeiro de 2022

Celso, há sim caixas humanos dentro da agência durante o expediente bancário. É que atualmente pouquíssimas pessoas precisam ir neles, em geral somente idosos que só pagam conta na boca do caixa ou em casa lotérica.

Avatar
Samarone 24 de janeiro de 2022

O problema é que essa suposta diferença nunca chegaria ao consumidor final.

Avatar
Marco Lima 23 de janeiro de 2022

Só que, provavelmente, não haverá o repasse da economia para o consumidor final que, como sempre, seria quem continuaria pagando o preço cheio… sem contar a quantidade de trabalho que seriam fechados, cujos números iriam se somar aos 14% de desempregados.

Avatar
Samarone 24 de janeiro de 2022

Exatamente.

Avatar
Alessandro 23 de janeiro de 2022

Claro que o preço vai baixqr se tirar o frentista, igual as passagens diminuíram de preço quando passaram a cobrar a bagagem, igual a conta de energia diminuiu quando privatizaram e etc, vai dar certo sim, os empresários são bonzinhos e honestos e o governo fiscaliza, pode confiar…

Avatar
Rodrigo 29 de janeiro de 2022

Disse tudo!!!!

Avatar
Samarone 23 de janeiro de 2022

Eu só usaria caso (em valores do litro hoje) fosse uns 40/50 centavos á menos, caso contrario prefiro manter os empregos.

Avatar
Júlio Renato 23 de janeiro de 2022

Nossa que bonzinho ,agora só falta se filiar ao PSOL, porque não proibimos as impressoras para o retorno dos datilografos, ou banir o celular para o retorno das telefonistas?
Realmente o senhor é um gênio teremos um país de pleno emprego, subemprego, mas teremos.
Estudar, se aperfeiçoar e progredir não, o negócio é ser frentista.
PARABÉNS!!!!

Avatar
Samarone 24 de janeiro de 2022

Vc não me conhece, assim como não conheço vc, só te digo uma coisa sua opinião para mim vale menos que fezes de passarinho.

Avatar
Raul Santos 25 de janeiro de 2022

KKKK, se o cara fala que é contra os frentistas, vem uns e reclamam, se fala ser a favor vem outros e reclamam, não sei o que é pior mas me divirto observando esses embates de teclado.

Avatar
ROBINSON Carlos da Silva 30 de janeiro de 2022

Sou proprietário posto não acho certo frentista perder seu emprego acho deputados senadores auto escalão deveria abaixar imposto são caros no combustível e não punir trabalhar ramo chega roubar roubar povo abaixa seus salário nós pagamos vai viver como povo 2000.00 praver

Avatar
Lívia Caldas 23 de janeiro de 2022

Que fofo sua preocupação, então um emprego vale 40/50 centavos?
Como todo bom socialistas se afoga na própria hipócrisia.
As coisas precisam evoluir amiguinho.
Agora tenta arrumar e diz que não foi bem isso que quiz dizer e que está sofrendo racismo, ascedio ou opressão por parte da classe média branca, escravocrata, elitistas e se vitimiza bem.

Avatar
Samarone 24 de janeiro de 2022

Como respondi ao seu companheiro acima, sua opinião para mim não vale nada.

Avatar
Samarone 24 de janeiro de 2022

Acho que você não deve ter passado no Enem, interpretação de texto não é seu forte, o sujeito com certeza se referiu a 40, 50 centavos por litro, dependendo do quanto abastece será muita diferença, mas como todos da sua laia, só enxergam um lado.

Avatar
Antonio Pereira 23 de janeiro de 2022

O brasileiro médio tem a tendência ao ilícito, apenas trocaram pelo nome bonitinho de “jeitinho brasileiro” e tudo isso com a desculpa de “reparação” pelo dano sofrido pelo estado que rouba com impostos ou o comerciante malvado que prefere ter lucro a ajudá-lo como vítima de uma sociedade desigual.
Pedágio que tem cancela e câmera o abençoado passa sem pagar, imagine posto self service?

Passar bem.

Avatar
Carlos Alberto Meirelles 26 de janeiro de 2022

Totalmente de acordo com seu texto. Quanto a sair sem pagar, o usuário paga antes … ele passa o cartão, por exemplo, 300 reais, quando dá “aprovado, coloca o combustível no carro. Se quiser encher o tanque, o cartão tem que ter, por exemplo, 400 reais de crédito, encheu o tanque com 397,12, o cartão só desconta esse valor. Simples

Avatar
Andre Rocha 23 de janeiro de 2022

No Brasil self service de gasosa só daria certo com 1 única condição: um sistema de travamento do veículo em que só seria liberado após a confirmação do pagamento na bomba. Caso não tenha esse sistema, prejuízo mais do que certeiro! Brasileiro não tem vergonha, bom senso, e se aproveita da situação na cara dura! Pode ter certeza: de cada 100 carros abastecidos no self service, pelo menos 80 sairiam dando o calote

Avatar
Fernando B 23 de janeiro de 2022

Geralmente esse sistema vc primeiro coloca o cartão e paga para depois encher. Agora como vai funcionar o esquema de “completar” o tanque eu tbm não faço ideia

Avatar
Andre Rocha 23 de janeiro de 2022

Exatamente! Quando se sabe o valor (em litros) a ser colocado, ok fácil… mas completar…

Avatar
ROBINSON Carlos da Silva 30 de janeiro de 2022

Pode até abaixar pouco mais vai ficar desempregado classe toda para governo falo aqueles deputados senadores. Não faz nada povo tira empregos para piorar e porque eles não vira para abaixar imposto e salários deles só nosso e pra ficar revoltado

Avatar
cleriston rabelo dos santos 24 de janeiro de 2022

Andre
vc paga antes de abastecer, e em relação a completar vc vai fazer um media, voce pode pagar por R$200,00 por exemplo e ai quando foi completar deu R$180,00 o sistema já faz o estono no seu cartão de credito ou débito.

Avatar
Wesley 26 de janeiro de 2022

Mas todo sistema de self service no mundo inteiro é assim. Coloca-se o cartão antes, aonde é feito uma pré autorização, e após o abastecimento essa pré autorização é estornada e é cobrado o valor exato. Só depois disso libera-se a retirada do cartão.

Avatar
Deixe um comentário