[Vídeo] Até o tanque polui? Cuidado com o vapor de combustível!

"Cânister é um filtro de carvão que evita que essa toxicidade dos gases vá para a atmosfera. E esses gases são aproveitados também pelo motor"

bomba de combustivel gasolina etanol diesel frentista posto de combustivel abastecer shutterstock 1
Gases expelidos pelos combustíveis são tóxicos (foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
09 de fevereiro de 2022 19:43

Tem gente aí que ouviu o galo cantar, mas não sabe aonde. Pois eu comentei aqui, recentemente, sobre os problemas de vários automóveis com a nova  legislação L7 do Proconve, que restringe ainda mais as emissões no escapamento e no tanque de combustível – chamadas emissões evaporativas.

Alguns carros até saíram de linha pela dificuldade em cumprir essa nova legislação. Dificuldade, eu digo, porque exige investimentos, e como esses carros estavam em fim de carreira, então “tchau” para eles. Aí, vários dos nossos seguidores, ouvintes, leitores, falaram: “mas por que não usar  esse vapor que sai do tanque de combustível no motor?” Por que que não aproveitar para melhorar o desempenho e reduzir o consumo?” Então vamos com calma.

Assista ao vídeo e entenda o caso!

VEJA TAMBÉM:

Já existe exatamente  o cânister, um filtro perto do tanque, em algum lugar no carro, que recebe os vapores do combustível. E esse cânister é um filtro de carvão que evita que essa toxicidade dos gases vá para a atmosfera. E esses gases são aproveitados também pelo motor, mas regulados pela central eletrônica: quando eles atingem um certo volume dentro do cânister, a central eletrônica abre a válvula e esses vapores são jogados para o motor.

Tanque de combustível e central eletrônica

Agora, existem as pi-ca-re-ta-gens  na internet, que sugerem tirar o vapor diretamente do tanque e mandá-lo para o motor: “vamos economizar combustível.” Isso é conversa para boi dormir! Não pode fazer isso!

Porque o vapor que sai do tanque de combustível direto para o motor não passa pela central eletrônica, ela não tem controle sobre isso.  Então, pode mais vapor, menos vapor de acordo com a temperatura ambiente, com o próprio tanque e com o rodar do carro.

Então, você não pode mandar simplesmente, sem controle da central, esses vapores para o motor. Pode afogar o motor, pode enriquecer demais a mistura e, pior,  pode até explodir o carro! Veja bem o perigo  desses vapores!

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário