[Vídeo] Este Voyage 1985 é o maior xodó do Boris Feldman

"Mas tem um outro problema esse Voyage: como são poucos os que se mantiveram originais, é um problema parar no posto: todo mundo quer comprar!"

voyage do boris 1985 frente 45
Sedan é da família do Boris desde 0 km (Fotos: AutoPapo)
Por Boris Feldman
07 de abril de 2022 19:41

Nos comentários dos meus vídeos do YouTube, muitos perguntam, “Boris, daqueles carros antigos da sua coleção, qual é o seu xodó?” Na verdade, xodó tem alguns, né!? Mas este é muito especial. Simplesmente porque ele é da minha família desde 0 km e hoje, está sob meus cuidados: Voyage 1985.

VEJA TAMBÉM:

O Voyage é a versão sedã do Gol, o Gol foi lançado em 1980, a sua primeira geração, e o Voyage no ano seguinte, 1981. Um carro tão adequado, tão interessante na época, que em 1982 ele foi eleito Carro do Ano no Brasil.

No lançamento, motor 1.5. Mas em 1983 passou para 1.6, o mesmo do Passat. Na geração, o Voyage foi produzido de 1981 a 1995. Depois, fim do Voyage até chegar a sua segunda geração, em 2008.

O Voyage foi um sucesso, porque o seu estilo é muito agradável, coerente, moderno na época. Carro espaçoso no banco da frente, e também no traseiro.

Vantagens do Voyage

Em relação ao Gol, a vantagem de ter um ótimo porta-malas. Uma mecânica simples né!? Motor Volkswagen quatro cilindros, painel de instrumentos que mostrava o que era necessário, ar-condicionado opcional, cinco marchas opcional, a partir de 1985. E um fato curiosíssimo: este carro, Voyage, foi exportado para os Estados Unidos como Fox.

E este Voyage com o nome de Fox apareceu sabe em qual filme? Batman Returns, em 1992. Procure assistir esse filme do Batman. Pode reparar, o carro que está lá é o Voyage, escrito Fox na traseira.

Voyage vai sair de linha

Esse vídeo do Voyage é quase uma homenagem póstuma. Porque tanto Voyage como a sua versão hatch, o famoso Gol, não terão uma sobrevida muito longa não. Até o próximo ano, 2023, ele deverá sair de linha de produção devido a exigências de segurança e ambientais. É, estão tirando esses Velhos guerreiros da linha de produção.

Tudo na medida certa

Quer saber? Para ficar cá entre nós, eu adoro dirigir esse Voyage 1985. Não que ele tenha um desempenho, nem era esse seu propósito. Era um carro família para levar quatro ou cinco pessoas. Um bom porta-malas para bagagem.

Mas a suspensão, os freios, tudo na medida, sem eletrônica nenhuma. Não tinha ABS, ESP, não tem nada disso, ele era bom de raiz, porque foi bem projetado para ter todo esse desempenho satisfatório, nada além disso, óbvio.

É claro que a gente sente falta de algumas modernidades. Os espelhos retrovisores externos não são elétricos. Esse do lado de cá, do motorista, ainda dá para ajeitar, abaixa o vidro e ajeita. Mas ajeitar, regular o espelho do outro lado, só se tiver alguém, um passageiro te ajudando. Que, se não, é uma tarefa ingrata.

Mas tem um outro problema esse Voyage 1985. Como são poucos os que se mantiveram originais, íntegros, como esse aqui, é um problema parar no estacionamento ou para abastecer em um posto.

Sabe por que o problema? Todo mundo quer comprar.

Acha que esse carro é baratinho? Não é coisa nenhuma! Esse carro, principalmente pelo valor emocional, sentimental, vai continuar muitos e muitos anos comigo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
8 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Carlos Eduardo Albert 12 de abril de 2022

Tive um Voyage 86 a álcool motor 1.6 5 marchas. Era ótimo. Muito bom para dirigir em viagens.E isso parabéns por manter um carro desta maneira

Avatar
Polvo 12 de abril de 2022

Lindo Voyage, Boris. Me fez lembrar da infância, meu pai teve dois, um 82 e um 85.

Avatar
Marcelo 11 de abril de 2022

Pois é… um voyage 85 nas mãos de um cara sensato (No meu caso um KA SE 2020) dura mais que uma Ferrari nas mãos de um mané…

Avatar
Marília Lacerda 11 de abril de 2022

LINDO VOYAGE BRANCO “quadrado”! EU TENHO UM PRETO HIGHLINE 2013 / 14, HOJE COM CERCA DE 16 MIL KM RODADOS.
PENA NÃO SER POSSÍVEL POSTAR FOTOS AQUI !!!

Avatar
Rodrigo MARTINIANO 11 de abril de 2022

LINDO VOYAGE BRANCO “quadrado”! EU TENHO UM PRETO HIGHLINE 2013 / 14, HOJE COM CERCA DE 16 MIL KM RODADOS.
PENA NÃO SER POSSÍVEL POSTAR FOTOS AQUI !!!

Avatar
Fabio Mendes 10 de abril de 2022

Também tenho meu xodó , um gol quadrado 1.0 1995 meu carro dos sonhos , todo reformado e sempre em dia com as manutenções.
Parabéns pelo canal .

Avatar
Renato Mantovani 9 de abril de 2022

Parabéns pelo Voyage. Sei bem como é, tenho um Gol Plus 1986, também placa preta, que meu saudoso pai tirou 0km. Lembro como se fosse hoje da compra, tinha 10 anos de idade. Abraços.

Avatar
claudia sena 8 de abril de 2022

realmente professor BORIS ,esse sedanzinho marcou época , quando ainda adolescente meu pai adquiriu um zerinho 1986 , ficamos só na saudade , pois por motivos de mudança pra outro país tivemos que vendê-lo , quando em 2013 adquirimos um zerinho , pasasei nove anos com ele e nunca troquei se quer o estepe ,pois nunca precisei , somente troca de óleo e verificação periódica , e sabe com quantos quilometros ele foi vendido ? somente 29.000 kms

Avatar
Deixe um comentário