Volkswagen Golf 1.0 e 1.4 saem de linha no Brasil

Produção das versões do hatch médio já tinham sido encerradas para dar lugar à montagem do primeiro SUV compacto da marca, o T-Cross

volkswagen golf comfortline   2  easy resize.com
Por AutoPapo
28 de março de 2019 11:51

As versões 1.0 e 1.4 do Golf não são mais ofertadas pela Volkswagen do Brasil. A notícia não impressiona, já que a fabricante tinha anunciado que encerraria parte da produção do hatch para dar lugar ao SUV T-Cross. Para os apaixonados pelo Golf, ainda resta uma opção: a configuração 2.0 GTi, que segue sendo produzida e comercializada por aqui.

A Volkswagen deu ainda mais um fio de esperança para o modelo: prometeu trazer, futuramente, uma variante híbrida do hatch médio, a GTE.

No site da fabricante, a versão 1.4 do Golf não aparece mais como opção para o consumidor. A 1.0 ainda está disponível no portal, porque existem algumas unidades da configuração no estoque da marca.

Depois de anunciar o encerramento da produção das versões 1.0 e 1.4 TSI do Golf, Volkswagen confirma o fim das vendas das configurações.
Enquanto o Golf é um hatch médio bem mais sofisticado

Em resposta aos questionamentos da imprensa, a VW afirmou que “com o lançamento de Polo, Virtus e T-Cross, e como parte da estratégia de simplificação da gama de produtos, o Golf ficará focado na esportividade, permanecendo no mercado apenas a versão GTi. Conforme anunciamos no Salão do Automóvel, também será oferecida no Brasil, ainda em 2019, a versão com tecnologia híbrida do modelo, a GTE”.

Uma nova geração do Volkswagen Golf está em desenvolvimento na Europa. Especulações indicam que, a partir de seu lançamento, o hatch médio será importado do velho continente. Isso porque, com um número de vendas tão baixo, não valerá a pena para a fabricante trazer novas tecnologias e produzir, aqui, a versão GTi atualizada.

Hatches médios no Brasil

O Golf, assim como os demais modelos de sua categoria, estava com as vendas em declínio. Em todo o ano de 2018, apenas 3.070 unidades do modelo foram emplacadas por aqui.

No Brasil, apenas o Chevrolet Cruze resiste no segmento dos hatches médios na faixa de preço de R$ 100 mil. A categoria representou, no ano passado, apenas 0,63% do mercado nacional.

Preços e versões do Golf

A configuração topo de linha GTi, que segue em produção, tem preço inicial de R$ 149.290.

Depois de anunciar o encerramento da produção das versões 1.0 e 1.4 TSI do Golf, Volkswagen confirma o fim das vendas das configurações.

As verões do Volkswagen Golf que serão extinguidas, 1.0 Comfortline e 1.4 Comfortline, custam, respectivamente, R$ 91.790 e R$ 112.190.

Fotos Volkswagen | Divulgação

SOBRE
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Alessandro 1 de agosto de 2019

A Volkswagen vai fazer a maior cagada da história automotiva do país…., Vai vendo!

Avatar
Cláudio Neres da Mata 10 de julho de 2019

Para os fans do golf essa notícia é muito triste, não estão dando valor ao que o carro representa no mundo, esse carro é uma lenda gosto muito

Avatar
Cau 29 de março de 2019

Triste essa notícia..tenho 1 golf 2015 mexicano..melhor carro custo benefício(pra quem entende de carro)

Avatar
Silvio Alves 29 de março de 2019

Conseguiram até isso no Brasil. .tirar de linha um otimo carro..em nome de produzir o vw t cross…um suv que não é suv…uma porcaria de carro puro plástico lixo…o Golf é o carro mais vendido na europa..e o quinto no mundo…excelente carro ..anos a frente de qualquer outro

Uma lastima

Avatar
Sandrao 29 de março de 2019

Concordo Silvio.
Estamos sendo obrigados a comprar moda. É inacreditável não se ter opção de batch no Brasil. A única opção será o Chevrolet cruze. Que jaja vão parar também de ser fabricado. Somos induzidos a optar pelo que o mercado determina.
Fazer o que.

Avatar
Deixe um comentário