Volkswagen confirma Polo Track, de entrada: Gol e Fox vão sair de linha?

Com a reestilização da linha Polo, prevista para 2021, fabricante deverá manter uma configuração mais despojada, com visual antigo

Por AutoPapo 18/03/21 às 21h00
volkswagen polo virtus sense pcd at
Versão de entrada do Polo manterá visual atual (Volkswagen | Divulgação)

O diretor financeiro global da Volkswagen, Alexander Seitz, confirmou que a empresa produzirá uma versão de entrada do Polo, batizada de Track. Durante uma apresentação para investidores nesta quarta-feira (17), o executivo disse ainda que a novidade ocupará o posto de carro de entrada da marca. Essa notícia coloca em xeque o destino dos dois produtos mais acessíveis do fabricante atualmente: o Gol e o Fox.

Com a chegada do novo modelo, ambos devem sair de linha, pois ainda usam uma plataforma antiga, enquanto o Polo está alinhado com a gama mais moderna da marca, utilizando a MQB.

VEJA TAMBÉM:

A gama Polo passará por uma reestilização global no segundo semestre deste ano. Inicialmente, o hatch será apresentado na Europa: a chegada ao Brasil deve ocorrer somente em meados de 2022. É justamente nesse período que a Volkswagen deve lançar o Polo Track, mantendo o visual antigo e a motorização 1.0 MPI.

Assim, a linha terá versões com diferentes visuais, como já ocorreu com o Gol no passado: o Polo Track, de entrada, manterá o design atual, enquanto as demais configurações adotarão o facelift. Por outro lado, Gol e Fox devem sobreviver somente  por cerca de um ano, até o lançamento do novo modelo. Já o destino do up! está traçado: com vendas em constante queda, o fabricante já anunciou que ele sairá de linha nas próximas semanas.

O Polo Track já havia sido antecipado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté, onde o modelo será fabricado. Atualmente, a planta da Volkswagen naquela localidade ainda não produz nenhum veículo baseado da plataforma MQB: essa é a arquitetura de praticamente toda a gama atual da marca, com exceção justamente de Gol, Fox e up!. Os investimentos na unidade paulista estão incluídos em um pacote anunciado em 2017.

Polo Track elimina o Gol?

No ano passado, no início da crise provocada pela pandemia, o presidente da Volkswagen na América Latina, Pablo di Si, anunciou o congelamento de todos os projetos locais da multinacional. Embora não tenha especificado quais seriam esses novos produtos, pelo menos um deles seria a próxima geração do Gol: ela também se basearia na plataforma MQB, mas teria padrão de construção mais simples que o do Polo.

volkswagen gol 16 msi at6 2019
Gol está no mercado desde 1980 (foto: Volkswagen | Divulgação)

Por enquanto, ainda não há informações sobre o descongelamento desse projeto. Mas isso poderá ocorrer, dependendo da recuperação do mercado. O caso é que, enquanto a situação não se resolve, é possível que a Volkswagen mude os próprios planos: em vez de um novo Gol, o desenvolvimento talvez se volte a outro modelo, como um SUV compacto de entrada, para dividir a linha de montagem de Taubaté com o Polo Track.

Atualmente, os preços das versões de entrada dos dois modelos não estão distantes: isso que indica que há viabilidade de uma redução de equipamentos e, consequentemente, de custos para o Polo, de modo a colocá-lo com valor ainda mais próximo ao do Gol, que parte hoje de R$ 57.030. Já o Polo custa a partir de R$ 63.490. Por sua vez, o Fox está no meio do caminho, com valor de entrada de R$ 58.190.

SOBRE
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Artur 23 de março de 2021

A VW demorou pra tirar o Gol e o Voyage de linha e incluir a Saveiro na família Polo.
Falta de respeito é não evoluir e manter o Gol.
Polo é perfeito e assumindo como carro de entrada só tem a somar para a marca.
A Saveiro derivada da família Polo vai dar um banho na concorrente.
VW – evoluir sempre!

Avatar
Miqueias 20 de março de 2021

Nós Brasileiros temos o gol como um carro de referência no mercado, não vejo razão pra VW tirar de linha, isso seria uma falta de respeito com o consumidor brasileiro.

Avatar
LUCAS 8 de abril de 2021

GOL É CARROCA TEM QUE SAIR LOGO ESSE LIXO.

Avatar
Maurício Brisolara 19 de março de 2021

Infelizmente já chegou a hora do Gol. Quase todo Brasileiro nascido apartir da década de 60 teve ou tem alguma história com o modelo. Com certeza deixou sua marca que possivelmente não será superada, como mais vendido e mais exportado. Assim como o Opala vai virar lenda, porém em sua despedida ao invez de carreata em frente a fábrica, vai ter um agradecimento individual em pensamento.

Avatar
Deixe um comentário