VW Fusca sai de linha no Brasil

Modelo não é mais distribuído para as concessionárias da Volkswagen no Brasil e não está mais no site da marca

Por AutoPapo 21/11/17 às 16h46
VW Fusca

O Volkswagen Fusca não está mais à venda no Brasil. Segundo informações, as concessionárias da marca não recebem mais unidades do modelo e não é possível mais configurá-lo no site da marca. Esta é a terceira vez – as outras duas foram em 1986 e 1996 – que o modelo, ou ao menos o nome Fusca, deixa o mercado nacional. Ele também foi vendido como New Beetle, no fim dos anos 90 e começo dos anos 2000.

Fusca
No final de 2017 o Fusca deixou de ser comercializado pelas concessionárias VW

Fusca de luxo

A atual geração do Fusca chegou ao mercado brasileiro no fim de 2012 e tinha apenas o icônico nome em comum com o seus antecessores. Obviamente, as linhas eram inspiradas nas tradicionais do Besouro, mas o principal apelo era esportivo. Ele foi vendido com o motor 2.0 TSI de 200 cv e opções de câmbio manual e automatizado de dupla embreagem.

Antes de sair de linha, ele ficou ainda mais potente: entregava 211 cv de potência. Com esse propulsor, ele acelera de 0 a 100 km/h em 6,9 s e atinge a velocidade máxima de 224 km/h. Importado do México e com preço de mais de R$ 120 mil, ele era vendido com um generoso pacote de itens de série e em nada lembrava o acabamento espartano dos Fuscas feito no Brasil durante mais de 30 anos.

Fusca
VW Fusca

O fim da venda do Fusca faz parte da estratégia da Volkswagen de enxugar a linha. O Scirocco, outro modelo tradicional da marca, também saiu de linha nos mercados onde era comercializado. Além disso, os dois modelos ainda usavam a plataforma PQ 35, que deve sair de linha e dar lugar a lançamentos com a plataforma modular MQB, que já é utilizada pelo novo Polo, por exemplo. O foco da VW para seus novos produtos será em utilitários-esportivos (SUVs), além de elétricos e híbridos, segmentos que estão mais aquecidos e representam o futuro a médio prazo.

Fusca
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Marcelo R. Henriques 14 de janeiro de 2019

Vai virar em breve um sapato igual ocorre com ômega e captiva por exemplo.

Avatar
taruco 10 de abril de 2018

pena mesmo

Avatar
Deixe um comentário