VW T-Cross Sense 2021: versão PcD perde equipamentos

Volkswagen tirou central multimídia Composition Touch e rodas de liga leve de 16 polegadas do pacote de itens de série da versão

Por AutoPapo 27/08/20 às 14h29
vw t-cross sense 2021
VW T-Cross Sense 2021 (Foto: Volkswagen | Divulgação)

A Volkswagen lançou o T-Cross Sense 2021, versão PcD do SUV. O modelo já está em pré-venda nas concessionárias da marca com preço de R$ 69.990. O modelo perdeu as rodas de liga leve de 16 polegadas e a central multimídia Composition Touch nesta configuração. Por outro lado, o o T-Cross PcD 2021 ganha regulagem de altura dos faróis dianteiros.

O T-Cross PcD tem como destaque entre os itens de série os 6 airbags (2 frontais, 2 laterais nos bancos dianteiros e 2 de cortina), ar-condicionado com filtro de poeira e pólen, assistente de partidas em aclives/subidas (Hill Hold Control), controles de tração (ASR) e estabilidade (ESC), bloqueio eletrônico do diferencial (XDS+).

VEJA TAMBÉM:

Ainda fazem parte do pacote itenscomo direção elétrica, faróis com função ‘Coming & Leaving Home’, faróis de neblina com função ‘Cornering Light’, DRL (Daytime Running Light) em LED na região dos faróis de neblina, lanternas traseiras em LED, rack de teto, alarme anti-furto, volante multifuncional, ISOFIX e top tether para fixação da cadeirinha infantil, banco do passageiro dianteiro com encosto rebatível, freio à disco nas rodas traseiras, entre outros.

Segundo o site Mundo do Automóvel PcD, o T-Cross Sense pode receber três pacotes de equipamentos, ainda sem preços divulgados.

  • Tech: adiciona central multimídia, câmera de ré, emblema lateral com o nome T-Cross e logo 200 TSI na tampa do porta-malas;
  • Essential: adiciona soleira de alumínio, sensor de estacionamento, tampão do porta-malas e jogo de tapetes;
  • Style: agrega rodas de 16 polegadas (as mesmas utilizadas anteriormente), parafuso antifurto e capas dos parafusos das rodas.

O T-Cross Sense 2021 é oferecido nas cores sólidas Preto Ninja e Branco Puro, e na metálica Prata Sargas.

O T‑Cross Sense é equipado com motor três cilindros 200 TSI Total Flex com injeção direta de combustível e turboalimentado, com até 128 cv de potência e torque de 20,4 kgfm, totalmente à disposição entre 2.000 rpm e 3.500 rpm. O câmbio é o automático de seis velocidades.

vw t-cross sense 2021
VW T-Cross Sense: versão para PcD (Foto: Volkswagen | Divulgação)
15 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Rosana 21 de setembro de 2020

simples gravar tudo numa transação e depois ir ao Procom isso que estão fazendo é ilegal.

Avatar
fabio 2 de setembro de 2020

Hoje já solicitei a transferência para o carro Creta.
Mas mesmo assim vou dar entrada no processo no Plocon.

Avatar
Gerson 31 de agosto de 2020

Também fiu chamado para ir na VW, fazer meu pedido e fiquei sabendo que só poderia fazer o pedido do T-cross PCD, se pagar pelo kit, senão sem previsão de entrega, Isto é um absurdo, é como um àgio embutido.

Avatar
Amaury Amaral Pavan 30 de agosto de 2020

De todos os pcds o t Cross é o meu modelo favorito… vou dar entrada essa semana em um carro, acabei de vender o polo tsi e gostava muito do carro…. mas o pessoal aqui se esqueceu do detalhe mais importante ao meu ver… a garantia de fábrica do t Cross, assim como a tracker, agora é de vergonhoso 1 ano!!?? Então… vão se lascar Volkswagen e chevrolet… Vou dar entrada na Creta com 5… isso mesmo 5!!!! Anos de garantia.. e sem venda casada

Avatar
Thais 29 de agosto de 2020

O carro continua sendo uma boa opção, mas é uma vergonha uma empresa comi a VW obrigar a venda casada do kit multimídia. Se é um item opcional, eu tenho o direito de não querer. Estou brigando na concessionária para reverter essa situação. Se necessário, vou ao PROCON

Avatar
Nelson 28 de agosto de 2020

A WV praticamente reajustou o T-CROSS SENSE versão pcd em quase 10% com a retirada das rodas liga e multimidia.O mais interessante que a WV tirou o logan do modelo T-CROSS 200 TSI, o cliente além de fazer propaganda usando o carro ainda tem pagar pelo logan.Fui conhecer o carro e os acabamento de portas e no geral as partes de plásticos é uma vergonha,acabamentos desalinhados e mesmo novo já está querendo soltar algumas partes.Além disso ele custa em média quase 3 mil reais a mais que os concorrentes para PCD.

Avatar
arilcilei delpupo 27 de agosto de 2020

E fazendo venda casada do pacote tech. Pq se não colocar de fábrica, vc assina um termo e o volante multifuncional não habilita as funções.

Avatar
Rogério 27 de agosto de 2020

Como sempre o consumidor brasileiro é tratado como otário. Retiram itens que já estavam no veículo e mantém o preço. Parabéns a VW, bela demostração de ganância e desprezo ao consumidor brasileiro.

Avatar
Nelson 28 de agosto de 2020

Com a retirada dos itens de série a VW reajustou em quase 10%. Um jogo rodas e uma multimidia na concessionária custa quase 9 mil reais.

Avatar
Paulo César Alves 7 de setembro de 2020

Exatamente……..lamentável esse processo!

Avatar
Daniel 27 de agosto de 2020

Brasil e a farra dos carros caros e pelados…

Avatar
NELSON 27 de agosto de 2020

Agora resta saber os valores dos itens que foram retirados e qual será o custo que vai acrescentar no veículo.

Avatar
Julio 27 de agosto de 2020

Pra mim, o mais importante é que não perdeu nenhum item de segurança.

Avatar
Carlos Alberto Godoy 27 de agosto de 2020

Apesar dos itens perdidos, ainda continua sendo uma ótima opção.

Avatar
Lana 28 de agosto de 2020

Boa noite
Informações que recebi de uma concessionária sobre t Cross pcd:
O kit é 5.5773, 00
Não vem de fábrica… é a concessionária que vai instalar …. mas disseram que se não comprar o kit com som… a fábrica não vende o veículo…
Venda casada ….o que não é permitido pelo código do consumidor….

Avatar
Deixe um comentário