Ahhh, tempos modernos: motor sem retífica!

A evolução tecnológica permitiu aumentar o tempo de vida útil do motor a combustão. Mas, por outro lado, alguns não permitem a retífica

Motor tricilíndrico da Fiat não aceita retífica
Motor tricilíndrico da Fiat não aceita retífica (Foto: Fiat | Divulgação)
Por Boris Feldman
17 de janeiro de 2022 07:32

O motor do automóvel pode pifar por diversos motivos, o mais habitual é pelo desgaste natural devido à elevada quilometragem. No caso dos motores Ciclo Otto (gasolina, etanol), eles começam a dar sinais de cansaço a partir de 200 ou 300 mil km. O motor diesel em geral dura mais e pode até ultrapassar um milhão de quilômetros.

Mas existem – com certa frequência – outros motivos que abreviam sua vida útil. Um acidente como, por exemplo, o calço hidráulico:  água que entra no motor e o trava quando o carro passa por um trecho alagado.

Também a falta de manutenção adequada pode provocar a baixa durabilidade: longo período entre as trocas de óleo, combustão irregular, e várias outras. Neste caso, o motor vai precisar de uma retífica.

Mas, as novas tecnologias de extrema precisão, aplicadas em motores modernos, por um lado prolongam sua vida, mas, por outro, podem dificultar ou impedir a retífica e exigir sua reposição por um novo.

VEJA TAMBÉM:

Exemplo típico é de alguns dos novos tricilíndricos, como os da Hyundai (HB20), VW e Fiat. Mas, nem todos: os de três cilindros Chevrolet permitem a retífica do motor e evitam a elevada despesa para substituí-los por um novo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
92 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Thiago Spini 24 de fevereiro de 2022

Bóris, tem uns vídeos no youtube de mecânico que fez retífica em Mobi tricilindrico, pelo que vi dá pra fazer retífica sim, segue link: https://www.youtube.com/watch?v=QcGGGKofpxw

Avatar
Rafael Arantes 25 de janeiro de 2022

Tenho um Ford Ka 2019 1.0 3 cilindros, carro está com 118000 e aparentemente tem fôlego para mais 118000 tranquilamente. Mantendo as revisões em dia não tem o que dar problema. Mas como sempre existem uns cupons de ferro que deixa a deus dará seus carro e por esse motivo precisam de retifica cedo. Acredito que realmente esses motores aguentem os 300000, lógico , na mão de um bom dono. Agora falando em retifica, acho errado falar que não dá retifica. Já vi vários carros desses citados fazendo retifica.

Avatar
Montgomery 24 de janeiro de 2022

Muito boa essas dicas referentes ao uso desses novos motores, é um problema bem difícil p os clientes pobres no Brasil.

Avatar
Marcelo 23 de janeiro de 2022

Só sei de uma coisa: carro da GM, motor antigo ou não, por experiência, o carro acaba, a carroceria, estofamento, acabamento, acessórios, a mecânica também, vazam óleo pela tampa de válvula, dá folga aqui e ali, mas não param. Os carros deles são um tanque de guerra. O carro acaba inteiro, mas continua andando. Mais de 5 GMs em casa, nunca deixaram na estrada, nem na cidade, nunca deixou na mão. Se tiver com alguma coisa pra fazer, o carro espera vc ter tempo e dinheiro pra mexer, é outra coisa. E ainda, tem uns entendidos que criticam os GM viu. Os Fiat também; podem até não aceitar retífica, mas pelo que me lembro dos que tive, são carros que aguentam desaforo hein. Pra matar um motor da Fiat, a pessoa tem que se esforçar hein. Agora as outras duas marcas aí, não vou nem falar nada. Parece que aprenderam a fazer carro enfim, depois de muito tempo, não sei, vamos ver. Uma já não vai dar para saber, porque saiu do país. Agora a outra, vamos ver… tô afim de pegar um carro dela, vamos ver se é essa coca cola toda que eu vejo uns baba ovo falando que é. Porque nas tentativas anteriores, quando dei o braço a torcer, me dei mal. Acabei voltando pra GM.

Avatar
Dimas Pires da Silva 23 de janeiro de 2022

A VW cometeu um crime contra o consumidor em 2010 e mais alguns anos seguintes lançou uma série do gol G5 com o bloco do motor composto de uma liga metálica de baixa de baixa resistência com pouca quilometragem já começava a fumar e fundia e ficou por isso mesmo aqui no Brasil não teve recal

Avatar
Geraldo 23 de janeiro de 2022

3 cilindros…piada pronta para problema dando retifica ou não. motor com turbo idem, e nem economicos são se comparar com o 1300 do fusca, que não tem essa tecnologia e faz brincando 10 a 12 km/l. Salve o fusca e podemos colocar ar condicionado elétrico e tudo.

Avatar
Josias Rafael de Oliveira Alves 22 de janeiro de 2022

Boa noite Boris!!!
Com a moda dos carros elétricos o acontece se o mesmo for inundado por uma enchente?
Os passageiros e pedestres próximos poderiam sofrer um choque elétrico fatal? Já que teremos muita energia acumulada nas baterias.
E depois, quando as águas baixarem o carro dá recuperação ou é “pt”?

Avatar
Lucas Rosa 22 de janeiro de 2022

Tive um escort cht, rodou mais 500 mil km, Ja vi gol fumar com 20.000 km, tudo porcaria

Avatar
Gustavo 22 de janeiro de 2022

Os únicos motores que sempre foram confiáveis até hoje são os GM. Volks só teve os AP, Fiat os Fiasa é Dor é, Ford fez alguns bons mas hoje morreu no Brasil, Hyunday sem experiência, Toyota confiável com seu motor antigo q equipa o seu carro chefe Corola, o resto é resto, Peugeot, Citroen, chineses e outras marcas de pouca expressão e também pouco confiáveis pois qdo necessita de alguma peça não se encontra. Por isto que quem tem GM e conhece um pouco de carros permanece sempre com um GM.

Avatar
SARGENTO RÔMULO 23 de janeiro de 2022

Gustavo, você falou que o meu Ford morreu, tô triste! Bua!Bua!Bua!Bua!Bua!Bua!

Avatar
Gustavo 24 de janeiro de 2022

Seu Sargento. Não quis desprezar seu Ford não, mas o que a Ford fez com nós brasileiros foi uma tremenda sacanagem. Fico lá naquela Argentina e foi embora deste Brasil que tinha muito mais mercado e fãs conforme o Sr Rômulo. Mas eu continuo dizendo que ainda a GM é a melhor marca. Grande abraço.

Avatar
Douglas Razaboni 21 de janeiro de 2022

Nunca se fala em ciclos de aquecimento e resfriamento. Ligando o motor e andando 5min é muito diferente de quem anda por muitas horas seguidas, como os táxis. Por conta disso é que se vê carro de praça com 500.00km ou mais, raro de chegar a tanto num uso mais normal.

Avatar
Romulo Gurgel 24 de janeiro de 2022

Meu Corsa clássico táxi 1.0 rodou nas ruas do Rio, pegou 41°C, 10 hs com ar ligado por dia, subiu no reboque uma única vez; ao todo 586.000 km rodados sem abrir motor, só manutenção preventiva. Vendi e continuou rodando.

Avatar
José Augusto 21 de janeiro de 2022

Difícil um motor 3 cilindros chegar a 300.000 km agora GM tem cliente que já andou mais de 500.000 km sem mexer fire já peguei com mais de 400.000 sem mexer só fazendo a regulagem de válvulas pra mim motor 3 cilindros e b.o

Avatar
Donizeti Sandroni 20 de janeiro de 2022

Motor AP vai deixar saudades principalmente quem trocou seu goli vw AP pelo vw gol G5 alguns fundiu com 70 mil km outros barulho e cabeçote e deu pau na estrada saída trocar um cabeçote novo a cada ano a qualidade do material está pior

Avatar
Roni oliver 20 de janeiro de 2022

Vi a matéria é achei várias retíficas de motores 3 cilindros fire flay da Fiat então a matéria é sem fundamento só polêmica como sempre.

Avatar
Belchior Canuto de 22 de janeiro de 2022

Retifica faz sim, já peguei motores 3 cilindros Hyundai retificados, e a taxa de compressão é bem menor, não fica a mesma coisa, e não roda muito, complicado

Avatar
Jefo 20 de janeiro de 2022

Babozeira pura.
Pura babozeira.

Os 3CC TSI VW são para o primeiro dono… até 180mil km…. depois disso, é mais em conta trocar o conjunto.

Avatar
Mister Gasosa 20 de janeiro de 2022

… Quando pararem de fabricar motores parciais 0-km – 3 cilindros para quem fundir, superaquecer motor, calço hidráulico, etc, vão ter que jogar o carro na lata do lixo.
… Motor 3 cilindros devia vir com eixo contrabalanço em conjunto com calço hidráulico igual o dos Jetta TSI, mas é caro e tal… mas dá conforto em marcha-lenta, pois não vibra o motor.

Avatar
Marcelo 19 de janeiro de 2022

Motor 3cc na verdade sao motores de brinquedo

Avatar
Ricardo 19 de janeiro de 2022

E quanto ao motor VW 3 cilindros aspirado, alguém sabe se da retífica? O meu Fox já está beirando os 200.000km…

Avatar
Junot Sá Meireles Filho 19 de janeiro de 2022

O Melhor Toyota até agora foi o Bret Pit

Avatar
Danilo Pereira 19 de janeiro de 2022

Afinal, os motores 03 cilindros sem turbo da Hyundai e da Kia são passíveis de fazer retífica ou são descartáveis feito copinho de café?

Já tive 3 HB20S, sendo 2 (1.6 aspirado) e 1 (1.0 aspirado) minha experiência com a Hyundai foi tranquila, porém faço manutenção preventiva para evitar dor de cabeça.

Avatar
Lima 19 de janeiro de 2022

300.000 falou besteira tenho um spin com 650.000 é nunca fiz o motor.

Avatar
SARGENTO RÔMULO 23 de janeiro de 2022

650.000

Mas que Caranha!

Avatar
Leonel Fonseca 19 de janeiro de 2022

Duas observações:
1:Qualidade e confiabilidade, tanto nas peças como mão de obra e ferramental específico para retificar esses motores.

2: O motor novo vem com garantia total de fabrica, somente aproveita os periféricos, altera o documento e seja feliz novamente.

*Termina sendo mais prático, rápido e eficiente substituir o bloco completo.

Avatar
Gilberto 19 de janeiro de 2022

Quero ver vc rodar uns 250mil km e bater o motor, se esse apoio e garantia verdadero..

Avatar
Leandro 19 de janeiro de 2022

Vi em alguns vídeos na internet que o motor de 4 cilindros 1.6 do Peugeot 2008 tanto o aspirado quando o turbo não dá retifica.
Alguém pode confirmar ?

Avatar
Cleber Moura 19 de janeiro de 2022

Então já estão fazendo carros com vida útil limitada… coisa que deveria ser proibida, aposto que isto não é falado na hora da compra!

Avatar
José Maurício 19 de janeiro de 2022

Tenho 62 anos. Vi por diversas x, SANTANA , com motor AP atingirem as km de 605 mil, 575mil, e uma Quantum com absurdos 800 mil km. Aí , um iluminado vai dizer pararam com o AP em troca de tecnologia. É pra vender porcaria mesmo . A AUDI ainda usa a plataforma do AP nos seus carros ditos Premium. Resumindo, o povo compra porcaria.

Avatar
Alberto Gustavo batista de Souza 24 de janeiro de 2022

Amigo sábias palavras,e desse jeito mesmo..e no Brasileiro empurram tudo e ninguém reclama.

Avatar
Ewerton x 19 de janeiro de 2022

Se o motor durar 400 mil km está ótimo, tenho um amigo que comprou um motor na caixa direto da Fiat (1.0 fire ) pagou 4500 reais e colocou no carro e não deu mais problema , melhor que ficar fazendo retifica e passando raiva .

Avatar
Mister Gasosa 19 de janeiro de 2022

Em 2017 eu tinha um Gol 1.8AP ano 1990 (27 anos de uso) com uns 230.000 km e queria comprar um cabeçote novo 0-km na Concessionária VW em São Paulo-SP – Centro, e não tinha mais cabeçote 0-km pra vender.
Assim quando pararem de fornecer motor parcial na caixa joguem seus carros 3 cilindros na lata do lixo!

Avatar
Fabio 18 de janeiro de 2022

Kkk, esse jornalista só dá bola fora!!!
Onde os 3 cil GM dão retifica??acha bronzina sobre medidas pra ele? Onde?? só se ele estiver fabricando,outra informação errada, 3 cil Fiat e Hyundai dão retifica sim, ja fizemos aos montes, assim como o Renault Kwid e Sandero

Avatar
Pedro 19 de janeiro de 2022

Cada bola fora que esse pseudo jornalista dá, que eu entro ler só pra rir mesmo…. kkkkkkkkkk

Avatar
Mister Gasosa 18 de janeiro de 2022

Pergunta que não quer calar:
“Se o mecânico retificar o motor 3 cilindros ele vai dar garantia de 3 anos e sem limite de quilometragem para uma pessoa física, considerando que o referido prazo é a garantia ofertada geralmente pelos fabricantes de automóveis populares no Brasil”.

Avatar
Mister Gasosa 18 de janeiro de 2022

Em complemento, pois se não me engano a garantia de motor retificado é de 90 dias por lei. Se o próprio fabricante do veículo não recomenda retificar existe um grande risco embutido aí, salvo melhor juízo. Logo se der pau após o prazo de 90 dias o problema é do cliente e não do mecânico.

Avatar
Fabio 18 de janeiro de 2022

Sim, eu entendi o que vc quis dizer e concordo plenamente, mas o que me refiro é que qdo se repara um motor por completo existem inúmeras variáveis, a retifica na verdade só faz a usinagem, mas todas peças usadas na montagem são fabricadas por terceiros(que dão 3 meses de garantia) então como que a oficina que executa o reparo vai dar 3 anos independente das revisões feitas nesse período ou não, se uma peça der problema fora dos 3 meses a oficina segura o prejuízo??por isso que muitas oficinas estão deixando de oferecer o serviço de se ‘fazer o motor’

Avatar
Luiz 19 de janeiro de 2022

Geralmente um motor retificado tem garantia de 6 meses ou 10000 mil km se o motor for “amaciado” corretamente e feita a revisão como o mecânico indicar ele dura uma kilometragem similar ao motor de fabrica, lembrando que na montagem colocar peças com qualidade e não peças de segunda linha

Avatar
Mister Gasosa 19 de janeiro de 2022

Fábio e Luiz,
Muito obrigado pelo retorno!

Avatar
Fabio 18 de janeiro de 2022

A garantia de um motor retificado,assim como qualquer outro serviço realizado numa oficina sao de 90 dias corridos,como está descrito no CDC, como pode o fabricante das peças empregadas na montagem de um motor dar 90 dias de garantia e a oficina dar 3 anos???😁

Avatar
Mister Gasosa 18 de janeiro de 2022

Você não entendeu nas entrelinhas… eu quis dizer que a garantia de retífica de 90 dias é porca! Pois se prestasse teria um termo de garantia descente, obrigando o cliente a fazer a manutenção preventiva e assim seriam atingidos os 3 anos ou “X” km. Agora se tivermos que fazer retífica uma vez por ano acho que vou abrir uma retífica.

Avatar
Wanderley Fontes 19 de janeiro de 2022

Mister gasosa, trabalhei por quinze anos em retifica de motores, sei muito bem como funciona, se vc levar na retifica abacateiro ou mangueira, com certeza vai ter uma baita dor de cabeça…leva em um mecânico honesto..vai ver o que terá

Avatar
Mister Gasosa 19 de janeiro de 2022

WANDERLEY FONTES,
Muito obrigado pelas informações!

Avatar
Leandro Nogueira 18 de janeiro de 2022

Então todo apelo ecológico, proconve L6, etc está sendo jogado no lixo. Volta pra discussão o que polui mais, manter um motor obsoleto rodando ou jogar tudo fora e fazer um carro novo?

Avatar
Mister Gasosa 18 de janeiro de 2022

Concordo plenamente contigo!

Avatar
Tinha que ser tudo eletrico 17 de janeiro de 2022

Assim que é bom, compro uso bastante passo a bomba para algum felizardo explode na mão dele e ele que troque o motor

Avatar
Antonio Pereira 17 de janeiro de 2022

Espetacular seu comentário, é o que digo, carro é feito para o primeiro dono e ponto final, quem comprar usado fora da garantia que arque com o desgaste.

Avatar
Donizeti Sandroni 17 de janeiro de 2022

Infelizmente estamos chegando na era dos motores descartáveis tem montadora passando vergonha com alguns motores atuais
Pra mim os melhores motores foram o Fiat fiasa derivados do Fiat 147 desde 1976 e depois equipou a família 147 a família uno e família Palio até o ano 2001 mas substituiu pelo famoso motor fire motor bom e durável
Motor bom foi AP da VW ,começou com o Passat em 74 que originou o AP que ficou acho que até 99 equipando gol e família vw
O motor bom foi tbem os Renault da Ford começou nos corcel e depois se modernizou e virou CHT equipou corcel 2 e família , Escort

Avatar
Allan Oliveira Thomazelli 18 de janeiro de 2022

Olha, não acho que o AP tenha sido o motor definitivo. Nunca ví um durar mais que 250/300 mil. Mas hoje tenho visto uns motores de última geração durando 800 mil, 1 milhão como o caso do taxista de Campinas com seu Renault Logan e o outro de Minas Gerais com seu Etios. Aqui mesmo já ví alguns Ford Rocan com 700 mil ainda com os lacres nos parafusos. Descartável é uma palavra que tende a desqualificar, mas um motor que não dá retífica e dura 1 milhão de km é bem melhor que um AP que também pode chegar à 1 milhão, mas precisa fazer 3 retíficas (ás vezes ele morre na segunda) para chegar lá. Depois da terceira ele não pode ser mais retificado e vai para o lixo igual ao outro motor moderno descartável.

Avatar
bruno vasconcelos 18 de janeiro de 2022

VW é ruim mesmo! Motor AP dá problema a beça e dizem q é bom… aqui no Rio (Leblon) vi 3 VW / Audi com motores abertos em oficinais de esquina, todos turbo, pois clientes disseram que na CSS o custo era exobirtante pra consertar.. dai os mecanicos dessas oficinas sofrem pra consertar mais barato mas nao tem maquinario com tecnologia

Avatar
Fabii 18 de janeiro de 2022

Onde um Audi no Brasil usa ou usou um motor AP??EA888 não é AP não amigo

Avatar
Mister Gasosa 18 de janeiro de 2022

… Você está insinuando que se rodou 1.000.000 km sem superaquecer o motor?
… Acho difícil essa hipótese, pois pode falhar válvula termostática, bomba d’água, cebolão do radiador, mangueiras d´água, etc. E convenhamos que não temos um número estatístico de quantos carros de determinada marca atingiram a essa marca de 1.000.000 km, deve ser uma exceção de regra ou seja, um ponto fora da curva… duvido muito que uma bomba d’água de um taxi dure 1.000.000 km. E por fim não vale contar a quilometragem quando o motor for retificado, tem que ser “X” km sem retífica de nada.
… Muito poucas pessoas trocam as peças do sistema de arrefecimento preventivamente, visto que nem mesmo o manual do proprietário existe o prazo desta troca.

Avatar
Matheus Bussolo 18 de janeiro de 2022

Concordo plenamente, super aquecimento é um dos principais motivos de se perder um motor, outra situação é a questão do resíduo de gasolina que ao longo do tempo vai criando dentro do motor, e em sequência causando entupimento, fazendo com que o motor seja perdido também, usando com gasolina muito dificilmente um motor desse vai passar dos 200, 300 mil, se for dentro da cidade mesmo em pequenos trajetos e baixa temperatura, menor ainda a probabilidade.

Avatar
Artur 18 de janeiro de 2022

Dá mesma forma que vc viu Renaut e Toyota radrem 600 eu como mecânico de autos vi 4 carros taxistas rodarem com motores ap mais de 600.000 km no táxi é questão de manutenção e principalmente modo de dirigir o que não aceito é um motor GM 2017 durar 82.000 km e um motor Fiat fire durar 350 ainda rodando no gas

Avatar
Marcelo 23 de janeiro de 2022

O AP é maravilhoso. Tenho um vizinho que baba por esse motor, idolatra ele, mas já teve que trocar umas 2 vezes no carro dele e cada motor teve umas 2 retificas pelo menos. Mas… é o melhor motor que existe né, vai entender… se os entendidos acham isso, eu vou argumentar para que??? O meu mecânico mesmo falou que o trunfo desse motor é o preço da manutenção, seja para troca de peças, retificas ou compra de um novo mesmo. Só isso, de resto, é um motor bem questionável, é o que mais aparece na oficina dele pelo que falou. Ele mesmo ama esse motor, claro, garante o sustento dele né kkkkk

Avatar
Claudio Pereira Do Nascimento 18 de janeiro de 2022

sou motorista de App e uso um Cronos Fiat motor firefly 235000 já rodados e achei outro dia um com mais de 400000. Fiat continua sendo bom motor e econômico .o importante e fazer manutenção regular .

Avatar
Mister Gasosa 19 de janeiro de 2022

Você já trocou preventivamente a sua válvula termostática e bomba d’água nesses 235.000 km?

Avatar
Felippe 17 de janeiro de 2022

Não sei qual é a razão desse alarmismo

Não creio que rer ou não ter retifica mude a qualidade do produto.
A vida útil de im caro mediana é até 400milkm.

Um usuário comum em um ano usa no máximo 25milkm
Ou seja são 16anos para se alcançar esses 400milkm.

O carro fica com o primeiro .dono de 2 a 5 anos em média. O primeiro dono cuidadoso nunca vai ver o carro precisar de uma retifica o segundo talvez, o terceiro que talvez já pegue o pó da rabiola mas quando se compra um carro que teve três donos se sabe que é velho e que existirão problemas a serem resolvidos.

Então não sei qual é a da choradeira.

Avatar
Mister Gasosa 17 de janeiro de 2022

Vejo que você é o típico cara que compra carro 0 km e vende após vencer a garantia com medo de dar problema na sua mão… por isso você não vem problemas, pois o problema não é seu é de quem comprou o seu carro o risco de por exemplo uma válvula termostática travar fechada e o motor superaquecer e empenar o bloco e dar PT como diz a matéria. Não seja sínico!

Avatar
Diegao 18 de janeiro de 2022

Prezados, oque dura é o motor, entende-se por motor o bloco, cabeçote, pistões, biela, virabrequim etc.
Mas é óbvio que a cada 35mil km tem que trocar as velas. A cada 40mil km tem que trocar a correia dentada. A cada 5mil km tem q trocar o óleo e filtros. Não custa nada trocar a bomba d’água a cada 100mil. A cada duas trocas de velas troque os cabos tbm. Essas partes periféricas sempre tem que ser trocadas de tempo em tempo. Elas não duram para sempre.
Trocar uma peça de 60reais vai evitar perder o motor inteiro.
Qualquer dessas peças descritas se falharem faz falhar ou perder o motor.
Algumas peças são essenciais e baratas como Bomba de óleo, bomba de água, se parar de funcionar perde o motor.
Se a correia dentada não for trocada, se rompe, perde sincronia das válvulas e perde o cabeçote.
Outras peças n são tão vitais assim. Como a bomba de combustível por exemplo, se parar de funcionar, o carro só vai parar de andar.

Avatar
Henri Júlio 18 de janeiro de 2022

Exatamente assim que se compra e se usa um carro, perto de vencer a garantia vendo e compro outro e que se lasque os donos seguintes, 90 dias de motor e câmbio e fim de papo.
Até que enfim entendeu como funciona, antes tarde do que nunca.

Avatar
Francisco Valentim de Almeida 18 de janeiro de 2022

Foi o melhor comentário que li, o mais sensato. O que roda-se com um carro é em torno disso, entre 17 e 25 mil km por ano, em condições normais, indo-se pro trabalho, pra faculdade, deixar filhos ou netos na creche ou escola, ir ao shopping ou supermercado, fazer pequenas viagens, ou seja, leva-se mais de dez anos para se fazer retífica num motor. Quem fica esse tempo todo com um carro? Desatualizado mecânica e tecnologicamente além da desvalorização no preço. Só um Zé Ruela faria isso. Antigamente os blocos dos motores eram em ferro fundido mas os cilindros tinham uma camisa em aço que permitia quatro retíficas: 0,25 mm, 0,50 mm, 0,75 mm e 1,00 mm, a partir daí tinha que fazer novo encamisamento, numa retificadora de motores, trabalho feito por torneiros mecânicos.

Avatar
Celso Vieira profeta 19 de janeiro de 2022

Eu tenho um fiesta zetec rocam modelo 2007 comprei em maio de 2017 com 95.200 km já fiz várias reparos nele e manutenção hoje está com 120 mil e percebo que o motor está muito bom talvez chegue aos 250 mil ainda bom. mas vai precisar de retifica

Avatar
WENDEL CERUTTI DA SILVA 17 de janeiro de 2022

Salvo engano de minha parte, os motores Zetec 1.4 16v de aluminio dos primeiros Fiesta não permitiam retifica .

Avatar
Donizeti Sandroni 20 de janeiro de 2022

RESUMINDO COM RELAÇÃO A MOTORES NACIONAIS CADA ANO MAIS FRACO , PROPRIETÁRIOS NÃO SEGUEM AS AS RECOMENDAÇÃO DO FABRICANTE NÃO FAZ MANUTENÇÃO PREVENTIVA E ALIADO AO PÉSSIMO COMBUSTÍVEL DO BRASIL O MAIS CARO E BATIZADO DO MUNDO SE NÃO TEM ÁLCOOL MISTURADO POR LEI TEM OUTRAS PORCARIAS MISTURADAS , ENTÃO O PROBLEMA É AINDA MAIOR

Avatar
Roberto Henry Ebelt 17 de janeiro de 2022

Bah, quando li sobre o novo 1.3 da FIAT fiquei boquiaberto, mas agora tudo fica claro. FIAT nunca vai deixar de ser fiat.

Avatar
Ruben Dario Merladet Villegas 17 de janeiro de 2022

Se você ver como eu consegui retificar um motor novo e que já durou 30.000 km, entendo que eles não entendem nada de carros ou qualidade, que coisas modernas são descartáveis, não vejo qualidade pir em lugar nenhum.

Avatar
Mister Gasosa 17 de janeiro de 2022

Então sejamos bem vindos a era dos motores descartáveis, exceto GM, quando:
– motor superaquecer e empenar o cabeçote ou o bloco de alumínio;
– desgaste das bronzinas. Meu ex-carro (Gol 1.8AP ano 1990) mandei trocas as bronzinas por stander aos 190.000 km e 20 anos de uso.
Me parece uma economia porca projetar um motor que não se pode retificar. Creio que a culpa é que os motores são otimizados para queimar etanol e então ao retificar a taxa pode ficar muito alta para gasolina. E em alguns vi que a tampa da correia dentada não encaixa mais após a retífica porque a rosca do cabeçote ficou fora de centro com a furação da capa da correia-dentada.
Por essas e outras não quero mais motor 3 cilindros, exceto GM. Até agora parece que a GM é a única pensa no bolso no cliente na hora de uma retífica de um motor 3 cilindros…

Avatar
Mister Gasosa 17 de janeiro de 2022

E esqueci de dizer que não tive que fazer retifica do virabrequim do meu Gol ano 1990,1.8AP.

Avatar
Donizeti Sandroni 20 de janeiro de 2022

Motor AP vai deixar saudades principalmente quem trocou seu goli vw AP pelo vw gol G5 alguns fundiu com 70 mil km outros barulho e cabeçote e deu pau na estrada saída trocar um cabeçote novo a cada ano a qualidade do material está pior

Avatar
Mister Gasosa 22 de janeiro de 2022

DONIZETI SANDRONI,
Depois do escândalo que você citou do motor EA111 1.0-L eu nunca mais quis comprar carro da VW. Agora eu tenho um Onix 1.4-L ano 2019 comprado 0-km.

Avatar
Diago 19 de janeiro de 2022

Eu prefiro pagar 20mil reais em um motor Okm, do que gastar 15mil em um retifica que nunca terá as mesma durabilidade de um motor novo. Não pense que uma retífica de um motor 3cil. Moderno custa 3 ou 4 mil como a do APzão.

Avatar
Mister Gasosa 19 de janeiro de 2022

O problema será quando não se achar mais motor parcial 0-km pra comprar… quando meu ex-carro (Gol 1990) tinha 27 anos de uso (em 2017) foi procurar cabeçote novo 0-km em uma Concessionária VW e não tinha mais pra vender.

Avatar
Victor 17 de janeiro de 2022

Desde quando o HB20 3 cilindros não admite retífica??? Retifiquei o meu e já rodei mais de 30.000 km.

Avatar
Rodrigo 17 de janeiro de 2022

Provavelmente o seu não faz parte dos novos motores. É 1.6? Se sim, a reportagem fala dos motores adotados pela montadora a partir desse ano.

Avatar
Mario Ladner 19 de janeiro de 2022

Acho que já passou do *TEMPO de se APOSENTAR*,SR. BORIS, ULTIMOS TEMPOS ,só informações erradas!!!!

Avatar
Mister Gasosa 17 de janeiro de 2022

Creio que você usa etanol, pois na retífica se aumenta a taxa de compressão.

Avatar
Luis 17 de janeiro de 2022

O motor do hb 20 aceita retífica sim.

Avatar
Roberto de Siqueira Bertoche 18 de janeiro de 2022

Li diversas retificas oferecendo retífica para o motor 3 cilindros do HB20. Acho que você tem razão e o Boris está desinformado.

Avatar
Antonio Pereira 17 de janeiro de 2022

Quando vão entender, ou aceitar, o fato puro e simples que o carro é feito para o primeiro dono usar dentro da garantia e ao final trocar por outro zero km.
Saian da década de 80 e 90, carro está como telefone celular depois de uma vida uitil programada ele simplesmente para de funcionar e pronto.
E não demora muito os carros antigos serão simplesmente proibidos de rodar.
Ah, o ponto de ônibus ou a estação do metrô estão a disposição para os chorões.

Passar bem.

Avatar
Mister Gasosa 17 de janeiro de 2022

Vejo que você não liga pra se o caro presta ou não, logo você não gosta de carro… ele é um simples meio de transporte pra você.
Mas você é você e eu sou eu! Eu sou feliz como sou… ano carros!

Avatar
Mister Gasosa 17 de janeiro de 2022

* eu amo carros!
Corretor hortografico do meu smartphone é meio burro!

Avatar
Apenas um 17 de janeiro de 2022

Sei,ainda bem que vc é o próprio corretor hortografico.

Avatar
Scala 19 de janeiro de 2022

O seu corretor ortográfico é realmente burro!

Avatar
xt660 17 de janeiro de 2022

na real a maioria das pessoas no mundo todo só usa carro pra meio de transporte mesmo e isso não é um problema. problema é gente besta que quer ditar o que cada um faz da sua propria vida.

Avatar
Olavo Mendonça 17 de janeiro de 2022

Como pobre tem imaginação para gerar eufemismo para a própria pobreza.
Já que o amigo é “entusiasta” de carro compre uma Mercedes G63, isso sim é carro para quem”ama” carro.
Faça me o favor, carro é uso sim e fim de papo, e até às montadoras não querem mais clientes como você, classe C.

Avatar
Nanael Soubaim 17 de janeiro de 2022

Ponto para a Chevrolet! Motor consertável é motor confiável.

Avatar
Allan Oliveira Thomazelli 18 de janeiro de 2022

Tem falar isso para o dono daquele Etios de MG que chegou aos 1.000.000 ainda com os lacres nos parafusos… Motor não consertável, heim. Rodou mais que muito “motor bom” retificado duas ou três vezes e ainda deu menos gastos…

Avatar
Nanael Soubaim 18 de janeiro de 2022

Eu disse algo contra a Toyota?

Avatar
Daniel 22 de janeiro de 2022

Melhor carro era o fusca o resto é discartavel.

Avatar
Sandro silva 24 de janeiro de 2022

Fusca não era carro……era meio de transporte….

Avatar
Deixe um comentário