O “toc toc toc” que some abastecendo com o etanol

Leitor percebeu que seu carro com motor flex não está mais aceitando gasolina; Sabe porque isso acontece? Eu explico o motivo do problema!

O problema pode estar na sonda lambda
O problema pode estar na sonda lambda (Foto: Montagem AutoPapo | Ernani Abrahão)
Por Boris Feldman
11 de maio de 2022 07:32

Leitor reclama que, ao abastecer seu carro flex com gasolina, o motor “bate pino”, faz aquele barulhinho metálico “toc, toc, toc” quando pisa no acelerador.

E acrescenta que basta trocar a gasolina pelo etanol que o barulhinho some e o motor passa a funcionar normalmente. O que pode ser isso?

Está com todo o jeitão de ser a sonda lambda, um dispositivo no escapamento que informa à central eletrônica do motor qual combustível está vindo do tanque, se é gasolina ou etanol. Ela detecta qual deles pelo volume de oxigênio na descarga.

Se esta sonda lambda não estiver funcionando corretamente, ela poderá informar a central eletrônica que: “olha, está vindo etanol”, quando na verdade está vindo gasolina.

VEJA TAMBÉM:

Neste caso, a central ajusta o motor para o etanol, que tem octanagem bem maior que a gasolina e não deixa ocorrer o fenômeno da detonação, uma combustão irregular que provoca a tal batida de pino.

Mas, se entra gasolina na câmara de combustão e o motor está ajustado para etanol, vai fatalmente ocorrer a detonação, chamada popularmente de “batida de pino”. Exatamente porque a gasolina tem octanagem mais baixa que o etanol.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
12 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Jose 16 de maio de 2022

Tenho um Sonic 2012 1.6, estou usando etanol, mas a partida a frio não funciona se a temperatura ambiente estiver acima de 16 graus.
Isso é normal???
Existe algum sensor que possa estar danificado???

Avatar
Eduardo 15 de maio de 2022

Tenho um gol g3 1.0 8v 2005 e depois de retificar o motor começou a apresentar esse defeito. Fiz um reset do modulo e voltou a funcionar normal com gasolina. Detalhe que só resolvel com reset de pelo menos 6h. A de 20min não resolveu.

Avatar
Jones 15 de maio de 2022

Meu ônix 1.4 2019 também apresentou esse mesmo problema. O mecânico me recomendou que ao abastecer, enchendo o tanque, não desligasse o motor ates de percorrer 10km e assim o problema foi resolvido.

Avatar
Rodrigo 15 de maio de 2022

Eles nunca vão te contar a verdade,Motor a gasolina ficou no passado, hoje em dia os motores são feitos para funcionar bem só no etanol, talvez esse o motivo de se ter álcool misturado na gasolina.

Avatar
Rafael 14 de maio de 2022

Só uso gasolina no ea111 , e sempre grilou , só não grila na podium , gasolina comum não presta pra esses motores flex.

Avatar
Luiz Carlos 13 de maio de 2022

Meu Fiat Uno Way, quando o comprei zero Km, apresentava esse problema. Estava na garantia e não tinha pane nenhuma. Nem na sonda lambda nem no componente destinado a evitar batida de pino, o sensor de detonação. A concessionária garantiu que meu carro não tinha nenhum problema e que a solução era colocar sempre um pouco de etanol misturado à gasolina. Para mim havia era um problema de projeto. Com a adição de mais etanol na gasolina promovida pelo governo o problema sumiu. Ou melhoraram a gasolina no quesito octanagem. Por essas e outras prefiro carros à gasolina. O motor flex não passa de uma gambiarra que não funciona bem com etanol nem com gasolina. Para funcionar bem teria que ter taxa de compressão variável, coisa que já tentaram mas até hoje não foi adotada.

Avatar
Eduardo Silveira 12 de maio de 2022

Tinha um Clio achei que era o motor indo embora mais meu mecânico disse que as gasolinas não prestam por isto fazia aquilo. Troquei por um Logan tbm fez, peguei um Argo 2021 com 600km e também fez a mesma coisa. Hoje tenho uma Duster zero km e faz tbm quando estou na gasolina. No álcool e tranquilo nunca fez.

Avatar
Andre Rocha 11 de maio de 2022

Sonda pré? meu Fiesta Rocam 1.6 2010 começou a apresentar esse problema nesse fnal de semana.

Avatar
Rodolfo 11 de maio de 2022

Mas gasolina batizada com solventes abaixa a octanagem e então o motor pode bater pino também.

Avatar
Guilherme 14 de maio de 2022

Também há essa hipótese.

Avatar
Fernando B. 11 de maio de 2022

Tenho um Fiesta Rocam 1.6 ano 2014 e para andar na gasolina sem bater pino é necessário colocar pelo menos uns 5 litros de etanol.

Avatar
Rodrigo Vargas 11 de maio de 2022

Bom dia, isto tem acontecido com a Fiat Toro. Cheguei a levar na concessionária devido o barulho. Eles me informaram que tinha que ser meio tanque de gasolina, e meio tanque de álcool. Uma vergonha para um carro zero km.

Avatar
Deixe um comentário