Câmbio manual, breve no museu?

O câmbio automático tem agradado cada vez mais os condutores ao redores do mundo. Por isso, câmbio manual pode estar com seus dias contados

O câmbio manual pode estar com os dias contados
O câmbio manual pode estar com os dias contados (Foto: Montagem AutoPapo | Ernani Abrahão)
Por Boris Feldman
15 de setembro de 2021 21:32

O consumidor já ficou sem seu produto predileto diversas vezes pois as tendências do mercado reduziram sua demanda e a fábrica desativou a produção. Atualmente, a febre dos utilitários esportivos, os chamados SUVs, acabou com as peruas e já está quase eliminando os hatchs médios.

Uma nova tendência no Brasil é do automóvel automático. Ele sempre foi rejeitado pelo brasileiro, mas virou a chave e já representa hoje mais de 50% dos carros comercializados no nosso mercado.

O resultado é estar próximo o “bye bye” do câmbio manual, apesar de ainda preferido de tantos motoristas, principalmente os apaixonados pelo automóvel.  Nos EUA, onde a maioria sequer conhece esta opção e nunca viram um pedal de embreagem, os automáticos são responsáveis por mais de 95% das vendas.

VEJA TAMBÉM:

Nem mesmo os esportivos que sempre equiparam vão mantê-lo. Sinal disso é que a Volkswagen do Brasil lançou recentemente o Jetta GLI apenas com o câmbio automático.

Pá de cal: outro fator que poderá contribuir para a despedida da caixa manual é o elétrico, que nem câmbio tem…

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
17 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Leandro Oliveira 19 de setembro de 2021

Já tive carro manual e atualmente estou com o automático, para a cidade o automático é perfeito, mas para a estrada ainda tô me acostumando, não sinto a mesma segurança, principalmente em curvas. Opinião pessoal

Avatar
Antonio Donizeti Martins 18 de setembro de 2021

É como dizia Cassiano Ricardo:
para quê fazer um poema?
a Máquina o fará por nós.
para quê pisar na embreagem?
para quê mudar a alavanca?
A MÁQUINA O FARÁ POR NÓS.
Ó máquina………rogai por nós.

Avatar
AUGUSTO 17 de setembro de 2021

Como a maioria compra o carro para se locomover e nao para “pilotar”, ate pq no transito citadino se torna impossivel “dirigir”, o automatico realmente é mais conveniente pra maioria dos motoristas. quem quiser Pilotar aluga um carro manual e vai pra um track day em um autodramo onde é o local ideal para usufruir do prazer de pilotar. Nas ruas cheias de radares e congenstionamentos o automatico se mostra muito menos cansativo.

Avatar
Rodolfo 17 de setembro de 2021

Daqui a pouco vão dizer que carro autônomo dá conforto e status… efeito manada!

Avatar
Alex 16 de setembro de 2021

Não troco meu automático por manual nunca, não abro mão do conforto !!!

Avatar
Julião 16 de setembro de 2021

Ok, bração.

Avatar
Alex 17 de setembro de 2021

iiii Julião você é deve ser pé rapado ou invejoso, nem deve ter carro KKKKKKKKKKKKKK !!!!!!!!

Avatar
17 de setembro de 2021

iiii Julião você é deve ser pé rapado ou invejoso, nem deve ter carro KKKKKKKKKKKKKK !!!!!!!!

Avatar
André 16 de setembro de 2021

Faça bom proveito, já dirigi carro e não consegui gostar, tira todo o prazer em dirigir, se for para andar de carro automático prefiro não ter carro e andar de UBER ou de carona, para mim automático nunca.

Avatar
Alex 17 de setembro de 2021

Pobre é uma desgraça mesmo !!!!

Avatar
André 22 de setembro de 2021

Alex, não é questão de valor, é gosto mesmo, se o automático for de série e o manual se tornar opcional eu pago a mais para ter o prazer de dirigir com câmbio manual.

Avatar
Rodrigo 17 de setembro de 2021

Concordo….carro automático é conforto e também não abro mão!!!

Avatar
Rodolfo 16 de setembro de 2021

Demagogia barata dizer que câmbio automático é bom para trânsito urbano caótico. Dirigir em São Paulo-SP em horário de pico é um inferno seja com câmbio manual ou com automático.
Aqui não cabe mais carro… eu desisti ir trabalhar de carro. Hoje moro perto do trabalho e vou de ônibus. Eu tinha um professor de Engenhari Mecânica que trabalhava apenas em São Paulo-SP e morava em Santos/SP (100 km de distância), então ia trabalhar todos os dias de carro ao invés de ônibus fretado ou de alugar uma casa próxima ao trabalho, e ainda se achava o homem mais inteligente da face da Terra. Tem gente que aluga a própria casa para alugar outra próximo ao trabalho, isso sim é qualidade de vida e não a demagogia barata de dizer que carro automático é a solução para o caos do trânsito.

Avatar
FELIPE 16 de setembro de 2021

Até consigo entender a predileção pelo automático no trânsito caótico das grandes cidades, mas de modo geral é apenas modinha dessa geração nutella… eu vou com o manual até o primeiro que morrer… ou eu ou o câmbio !

Avatar
paulo roberto barion 16 de setembro de 2021

Será igual ao vinil. Depois de alguns anos voltará com força total motivado pelos vários inconvenientes do automático, sobretudo a manutenção não só do câmbio como também de outras partes como freios por exemplo.. Isso já está ocorrendo nos Estados Unidos nos “muscle cars”. Quem é realmente motorista não gosta, como eu por exemplo.

Avatar
Raul Pante de Azevedo 16 de setembro de 2021

Perfeito, comprei um automático para a esposa e dirijo eventualmente, mas fico mais contente quando volto para a minha strada manual.

Avatar
WILSON PEREIRA RIFFEL 20 de setembro de 2021

Verdade, isso mesmo

Avatar
Deixe um comentário