Flex: mudou de combustível? Ande mais 10 km!

Você faz ideia do por que se deve andar mais 10 km no carro flex ao abastecer o tanque com outro combustível?

Por Boris Feldman 22/10/20 às 07h30
01 volks total flex 22 031
Adesivo Total Flex colado no motor de um Volkswagen Gol (Foto: Volkswagen | Divulgação)

Dono de carro flex, em geral, se esquece de que ao trocar o combustível no tanque, de gasolina para etanol ou vice-versa, tem que rodar uns 10 km para a central eletrônica ser informada dessa mudança.

Isso incomoda, particularmente, no caso da gasolina para o etanol.

Ao encostar o carro à noite e no dia seguinte, com a temperatura baixa, a central não perceber que já tem álcool e não mais gasolina no tanque. Neste caso, o motor custa a pegar porque não foi acionada a partida a frio.

Por que isso acontece? Quem informa para a central eletrônica qual combustível está sendo queimado é a sonda lambda, lá no escapamento.

Ora, entre o carro ser abastecido com outro combustível e este chegar no motor para ser queimado, é necessário rodar vários quilômetros. Se o carro foi estacionado logo depois do abastecimento, não deu tempo!

Adesivo Total Flex colado no motor de um Volkswagen Gol
Mudou de combustível no flex? Ande mais alguns quilômetros! (Foto: Volkswagen | Divulgação)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
9 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Rodrigo 16 de junho de 2021

Vou contar a minha desagradável experiência, tenho um Classic 2011, VHC-E, sempre andei com Etanol, essa semana tive a péssima idéia de trocar para Gasolina, deixei o carro bem no final do tanque e abasteci com gasolina, segui viagem, cerca de 10 km depois parei o carro no trabalho, e na hora que fui sair, simplesmente o carro não pegou nem por reza, tive que chamar um mecânico, e nem ele conseguiu, resultado, guincho. Ao chegar na oficina tiveram que resetar a central, o carro voltou a funcionar, fizeram os testes e tudo normal, eles pararam o carro e me ligaram, quando fui buscar, advinha, não pegou novamente. Tiveram que resetar novamente a central, sai com o carro e o mesmo engasgando, falhando, uma porcaria. Voltei na oficina, drenaram a gasolina, colocamos Etanol, advinha, o carro pegou, e os problemas pararam. A central simplesmente não aceita só gasolina no tanque, nunca mais coloco gasolina nele!

Avatar
Vitor 3 de julho de 2021

Cara…. comigo aconteceu a mesma coisa. Sempre abasteci meu HRV com álcool, pelos últimos 40mkm. Aí com essa alta absurda, resolvi mudar para gasolina. Não deu outra, aceleração começou a falhar, e no domingo simplesmente não ligava por nada. Foi guinchado para uma oficina, que conseguiu ligar só pisando fundo no acelerador e disse que era problema de combustível. Fui para o centro trabalhar, e novamente, não ligou, nem pisando no acelerador. Dei tanta partida que esgotou a bateria. Guincho novamente, e agora para outra oficina. Carro ficou lá por 4 dias, testaram sonda lambda, sensor do fluxo de ar, bicos, velas, de tudo, e não acharam defeito. Reprogramaram a mistura de álcool/gasolina e o carro voltou a dar partida, no entanto, ainda falha um pouco quando acelera, parece que vai afogar. Mecânico sugeriu esgotar a gasolina e voltar para o álcool. Flex é uma porcaria, pelo menos no HRV.

Avatar
Jair 23 de outubro de 2020

Isso é verdade ou é mito quê só pode mudar de combustível quando o tanque estiver vazio

Avatar
Elias 22 de outubro de 2020

Comprei uma Doblô que só era abastecido a álcool..continuei.ate porque fazia boa kilometragem..aí fui fazer uma viagem e roslvi abastecer com gasolina..rodei 500 km e não deu diferença quase nenhuma..no álcool faz dez km na estrada..na gasolina só fez 10.5…nao entendi.

Avatar
Cleber 22 de outubro de 2020

Nunca mais coloco essa merda de Etanol. Primeiro que meus dois carros ao mudar de gasolina para etanol, ficam uma bela porcaria por vários km. e segundo que tem muito “alcool Molhado” no mercado e fui contemplado com isso meu carro começou a falhar e acender a luz da injeção ao levar o carro na Chevrolet para verificar o que era, recebi a noticia de que o scaner acusava Sonda Lambida, mas o técnico falou que ela estava perfeita então deveria ser Combustivél de má qualidade. o mesmo explicou que Etanol esta sendo vendido com mais agua que o permitido…. ai fui verificar e realmente o Etanol tem Agua em ate 5%, so que como agua não pega fogo e nem faz combustão esses Litros Batizados passaram direto na queima pobre da injeção e DERRETEU meu catalizador primário. Ja gastei R$ 1.000,00 em um catalisador novo e ainda a suspeita de o segundo catalisador estar entupido com os pedaços do primário ai vai ser mais uns R$ 1.200,00 de prejuizo. Total para arrumar o carro fora da Chevrolet R$ 2.200,00 na Chevrolet R$ 5.000,00. Nunca mais uso etanol na vida. os outros carro que tive so na gasolina nunca deram um problema. Rodei mais de 150.000 km com um corolla 2003. e agora nem 12.000km e ja deu merda devido ao lixo do etanol cheio de agua.

Avatar
Alexandre Luiz Ferreira da Silva 22 de outubro de 2020

Que saco hein..

Avatar
HELENO DE ALMEIDA PINTO 22 de outubro de 2020

Se cada vez que trocar de combustível, eu tiver que andar mais 10 Km à toa, onde estarei economizando?

Avatar
Fernando B 22 de outubro de 2020

Abasteça o posto na cidade vizinha aproveitando uma ida ao shopping, ao mercado etc. E a matéria não fala sobre economia e sim sobre troca de combustível

Avatar
Carlos 23 de outubro de 2020

Troque antes de chegar o momento de ir para casa, aí não rodará a toa.

Avatar
Deixe um comentário