Carro voador vai demorar muito e custar mais ainda…

Carro voador: na hora que o motorista quiser basta ele levantar voo e se livrar de um congestionamento estressante? Não é bem assim!

Por Boris Feldman24/09/20 às 07h30

A imprensa de vários países vem noticiando novas tentativas de se produzir o carro voador. Aqueles automóveis que têm uma asa que se articula, permitindo que ele ande na terra e no ar – a maioria com motores elétricos.

Já tem gente achando que vai ser fácil ter um carro que, na hora H, levanta voo e escapa do terrível tráfego das cidades. Mas o jornalista Zeca Chaves, que foi diretor da Quatro Rodas, já lembrou que não é bem assim.

Primeiro pela habilitação, que será quase um brevê, necessário para pilotos de aviões.

Em segundo lugar, ninguém resolve levantar voo e sair pelos ares. Tem que ter autorização a partir de um plano de voo, onde levanta e onde pousa. E, finalmente, lugares adequados para isso: os chamados helipontos.

Carro voador se livrando do trânsito congestionado na cidade
Carro que voa ainda está longe de acontecer (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Nanael 25 de setembro de 2020

    Ou seja, não bastaria ter o carro(?), seria necessário uma infraestrutura que simplesmente ainda não existe, no mínimo estradas próprias, muito largas e com muitas áreas de escape para os pousos não atrapalharem o tráfego.

  • Avatar
    Nanael 25 de setembro de 2020

    Ou seja, não basta o carro, se é que será realmente um carro, é preciso uma infraestrutura que simplesmente não existe.

Avatar
Deixe um comentário