Elétricos já estão mais baratos?

Já são variadas as opções de modelos e marcas de carros elétricos no mercado brasileiro. Mas e seus preços? Já estão mais acessíveis?

Por Boris Feldman04/09/20 às 21h31

E os carros elétricos no Brasil, já estão mais acessíveis? Lamento informar que não. Primeiro, porque são todos importados e o dólar subiu muito.

Segundo, porque há apenas uma redução de impostos e nenhum subsídio do Governo. O mais barato, hoje, é da chinesa JAC.

Está lembrado do J2, um subcompacto? Ele virou um mini SUV elétrico, o IEV 20, por R$ 140 mil. E o Renault Zoe, também um compacto, por R$ 148 mil. Depois o elétrico mais vendido do mundo: o Nissan Leaf por R$ 200 mil.

Ainda nessa faixa de R$ 200 mil, o mais vendido do Brasil, o Chevrolet Bolt por R$ 215 mil. Mas a lista chega ao Porsche Taycan Turbo, por quase R$ 1 milhão.

Carros elétricos ao fundo e outro sendo recarregado em destaque
Preço dos elétricos no Brasil ainda é bem ‘salgado’ para a maioria dos consumidores (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Efo 8 de setembro de 2020

    Pena, que não temos nenhum incentivo do governo, sobre a produção de carro elétrico no Brasil, hoje se vc escolher um carro que tenha a opção do carro a combustão e elétrico, vc calcula no período de 5 anos seguro, combustível , manutenção na revisão e documentação ainda fica mais barato que a diferença paga pelo carro totalmente elétrico.

  • Avatar
    Luiz Carlos De Almeida 5 de setembro de 2020

    O planeta AGRADECE os carros ELETRICOS menos poluição no mundo URGENTE prá ontem e abaixar os PREÇOS TÁ MUITO CARO…

Avatar
Deixe um comentário