Será o fim dos adoráveis hatches apimentados?

Os SUVs estão agitando os mercados mundiais, colocando em dúvida o futuro dos, até então, premiados hatches apimentados.

peugeot logo perspectiva carros esportivos
O mercado dos carros esportivos vem perdendo espaço para os SUVs (Foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
31 de março de 2021 21:30

Essa invasão de SUVs está mexendo com todos os mercados mundiais, inclusive dos carros esportivos. Recentemente, um alto executivo da Peugeot na França foi questionado por jornalistas a respeito de uma possível versão esportiva do 208.

O carro é um sucesso de vendas, foi eleito “Carro do Ano 2020” na Europa e que sempre teve – no passado – uma versão mais “caliente”.

Mas sua resposta foi um pouco lacônica, pois disse que o mercado que ele chamou de “hot hatches”, ou seja, dos carros esportivos, está minguando e também não confirmou se seu irmão maior, o 308, recém lançado, também teria uma versão mais apimentada.

Mas o que ele não diz, até porque a Peugeot está agora integrada ao grupo Stellantis, é que existe uma possibilidade de as versões esportivas mais apimentadas serem também extremamente silenciosas, ou seja, carros puramente elétricos.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Paulo Santana Júnior 1 de abril de 2021

Boris, concordo que os SUVs estão dominando, então porque não investir em Nivus GTI com 230 cavalos.Eu já tive Golf GTi, as montadoras tem que pensar assim, aqueles que gostavam de carros esportivos,tiveram que por vários motivos migrarem para SUV, mas vamos ser sinceros esses carros 1.4 com 150 cavalos, são lerdos. outro assunto Boris, os carros importados Audi,BMW,Volvo, Mercedes, etc tem 2 anos de garantia, lá fora tem 3 ou 4 anos, porque os comentaristas de carros, não colocam o dedo na ferida.Boris quando vc for analisar um carro, coloque o carro num elevador, e comente a suspensão, tem muitos motoristas que ao comprarem um veículo, antes vão atrás de quem arruma suspensão para perguntar.Boris coloca o dedo em outra ferida, a FIAT nos seus veículos, prática a garantia porca, um ano total e no segundo é terceiro ano garantia porca só motor e câmbio, aí o cidadão no segundo ano de garantia ou terceiro ano, estraga por exemplo o ar condicionado ou vidro elétricos, aí o cliente tem ciência que foi enganado pela Dona FIAT.

Avatar
Gregollin rasputtin 1 de abril de 2021

Pelo amorr..carro apimentado ..eléctrico..não tem a menor graça..melhor nem lançar..
Qto ao 208 assim q colocarem o motor turbo da Fiat.. o carro vai vender..bem mais..

Avatar
Deixe um comentário