Carro importado perde potência no Brasil?

Modelos feitos para rodar em outros países podem perder desempenho sim quando estão no Brasil e a causa é o nosso combustível

Por Boris Feldman 28/06/20 às 21h31
carro importado vermelho saindo do container azul mercado brasileiro
Carro importado vermelho saindo de um contêiner azul (Foto: Shutterstock)

Questão frequente é se automóveis com motor a gasolina de países vizinhos do Brasil podem rodar aqui, se abastecer aqui sem nenhum problema mecânico. E a resposta é sim.

Podem rodar aqui à vontade carros da Argentina, Paraguai, Uruguai. Assim como rodam aqui os importados da Europa, Estados Unidos, Japão, Coreia, China. Porque a diferença da nossa gasolina para as dos outros países é que nós temos 27% de etanol misturado, que pode provocar uma redução na potência.

Problema que pode ser aliviado (mas não resolvido) com o uso da gasolina premium: como a Podium, a OctaPro, ou a Shell R. Pois elas têm um índice um pouco inferior de etanol e maior de octanagem. O único problema que não se resolve é o da gasolina adulterada!

Carro importado vermelho saindo de um contêiner azul
Qualquer carro estrangeiro que desembarcar no Brasil vai encontrar a famigerada gasolina adulterada! (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário