Mais um SUV híbrido no Brasil ainda em 2021

A Jeep mudou de ideia em relação ao lançamento de seu primeiro SUV híbrido. O plano que seria para o Renegade, será executado no Compass

A Jeep mudou seus planos e decidiu que seu primeiro SUV híbrido no Brasil será o Compass
A Jeep mudou seus planos e decidiu que seu primeiro SUV híbrido no Brasil será o Compass (Foto: Montagem AutoPapo | Ernani Abrahão)
Por Boris Feldman
13 de agosto de 2021 07:32

A Jeep mudou de ideia em relação aos seus lançamentos no Brasil e, ao invés do Renegade, seu primeiro SUV híbrido, ainda este ano, será o novo Compass. Ele terá o novíssimo motor Firefly 1.3 turbo de 180 cv e também um elétrico de 60 cv.

O sistema será do tipo plug-in, ou seja, se carrega na tomada durante a noite e ganha autonomia de cerca de 50 km no dia seguinte. Só então é acionado o motor a combustão. Mas, muitos motoristas não rodam mais que isso diariamente.

VEJA TAMBÉM:

Carros com sistema híbrido como o  Compass ficaram muito mais simples na versão 4×4, pois dispensam o cardan que atravessa todo o automóvel, acompanhado daquele incômodo túnel no centro do assoalho.

Neste 4×4, o motor a combustão vai na frente e o elétrico no eixo traseiro. Simples assim…

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Luiz 7 de outubro de 2021

Estou em meu 4 Jeep agora na versao 1.3 Limited Compass 2021 .O carro ficou muito esperto nao sentidiferença quando comparo com meu Diesel 2019/2020 que acabei trocando com apenas 33 mil Km .Ja reservei o Commander previsao so para abril de 2022 venderam tudo em 20 minutos de pre lançamento.Podem falar o que for mas de todas as marcas de carro que ja tive entre elas BMW a Jeep oferece tudo por um preço justo ..Rodinei estranho pos o pós vendo da marca sempre me atendeu quando precisei ate com uma pane seca em Louveira com minha esposa a Jeep mandou um suporte e em uma hora resolveram meu caso.Abraço

Avatar
Francisco Gomes Pereira 19 de agosto de 2021

Quero saber o que a marca tem a dizer sobre cobrar 223 mil reais numa troca de bomba e bicos num compass diesel… Isso é assalto a mão armada… Caso de Procon… Isso é o valor de um zero km… A Jeep tá sendo processada por isso pelo proprietário… #fato

Avatar
Mauro Cabral, Monteiro 16 de agosto de 2021

Quanto irá custar? Sem incentivo fiscal o povo não conseguirá economizar nada e não poderá colaborar com a manutenção do meio ambiente.

Avatar
Rudinei Sebastião Pereira 14 de agosto de 2021

Brasileiro deve abrir os olhos à marca jeep, pois está comprando carros que são puras buchas! Como chamam mos EUA, carros “Limon”: defeituosos e sem comprometimento da marca com o pós venda.
Eu mesmo estou sofrendo com isso. Comprei um jeep grand cherokee diesel que o motor trancou com 57mil/km por defeito de fabricação.
Guarde seu dinheiro ao invés de comprar esses lixos descartáveis.

Avatar
W.avanso 13 de agosto de 2021

Eatou amando o Compass.
Espero wuexnao seja 200 mil reias né Jeep ?

Avatar
Deixe um comentário