Cor do carro faz coisas!

Entenda nesta matéria de como a cor do carro pode influenciar na temperatura interna de seu habitáculo no consumo de combustível também!

Por Boris Feldman18/10/20 às 21h31

Poucos imaginam que entre dois carros estacionados algumas horas sob o sol a diferença da temperatura interna pode chegar a 10°C.

E a cor preta é a menos adequada para um país como o Brasil, pois é o que mais absorve os raios solares e mais aquece o seu interior. Exige, inclusive, o uso mais frequente do ar-condicionado – o que aumenta o consumo de combustível.

Então é importante saber que quanto mais claro o carro, menos quente estará seu interior se estacionado sob o sol. Por outro lado, o tipo de pintura também influi: a metálica reflete os raios solares; a perolizada os absorve.

Então em termos de aquecimento interno, a cor mais recomendada de um carro no Brasil é o branco metálico. A menos adequada? Preto perolizado.

Paleta com várias cores na mão de uma pessoa sobre um carro na cor vermelha
Cor do carro influencia em coisas que muita gente não imaginava (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Leonardo 18 de outubro de 2020

    Besteira total, já comprovado em programas de TV que a temperatura entre um carro de cor escura e outro de cor clara varia menos que um grau celsius.

    • Avatar
      Nanael 19 de outubro de 2020

      Que programas, seu Leonardo? Que métodos e que validações utilizaram?

Avatar
Deixe um comentário