Em 2021 faltavam chips semicondutores. Em 2022 faltam clientes

O setor automotivo segue imprevisível; Se antes o problema era a falta dos chips semicondutores, agora o que assola é a falta de compradores

O mercado automotivo segue imprevisível em 2022
O mercado automotivo segue imprevisível em 2022 (Foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
03 de março de 2022 21:32

No ano passado houve uma queda geral na produção de automóveis pela falta de semicondutores (chips). A demanda bem maior que a oferta provocou uma elevação no preço dos carros novos e até dos usados.

Neste ano, o que vem faltando nos meses de janeiro e fevereiro foram compradores. Fábricas e concessionárias não abrem o jogo, mas alguns modelos já tiveram até equilíbrio entre oferta e procura. Mas ainda não se falou abertamente em promoções ou descontos pois os estoques ainda estão baixos.

Mas tudo leva a crer que nestes meses de março e abril poderá ter início uma facilidade na aquisição de carros novos, e até uma redução no preço dos usados que valorizaram muito no ano passado.

VEJA TAMBÉM:

Mas, a rigor, é muito perigosa qualquer previsão neste mercado tão sujeito a chuvas e trovoadas.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
66 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Thiago 11 de março de 2022

Mas os preços continuam exorbitantes, mesmo com redução de demanda.

Avatar
CARLOS HENRIQUE GARCIA CRUZ 9 de março de 2022

Comprei um Cruze 2019 em janeiro de 2020 por R$ 94.000,00 e encontrei um besta que deu R$ 95.000,00 com dois anos de uso tem que se lascar mesmo, estou com um carro só,menos IPVA, menos seguro etc.

Avatar
Thiago da Costa 9 de março de 2022

O carro zero mais barato do Brasil saindo por volta de 60 mil. Por mim, vai ficar sem comprador pra sempre!

Avatar
Sérgio Afonso 9 de março de 2022

Os aproveitadores do bolso alheio, estão sempre de plantão! Logo, as mudanças provocadas por essa guerra absurda, chegarão aqui. Aí vamos ver como é que fica. Acho que a célebre frase “se não quiser comprar, tem quem quer”, vai para a gaveta…

Avatar
Ivan Pinheiro 9 de março de 2022

Tem que faltar clientes mesmo, carro hoje vale quase o mesmo que casa também com imposto até pra se respirar. Eles querem vender mais não tem como por preço aí fica difícil em chegar e obter um carro zero km.

Avatar
Antônio 9 de março de 2022

O problema é acharmos que tudo se resume à carga tributária. Se igualar a nossa carga tributária à de países como os EUA por exemplo, ainda teremos o preço mais alto.

Avatar
Victorino 9 de março de 2022

Antônio, concordo plenamente! Se isso acontecesse (mesmo nível de tributação), gostaria de saber qual desculpa esfarrapada os fabricantes iriam dar!

Avatar
Pablo 9 de março de 2022

Povo Brasileiro e burro tem carro com fila de espera.os preços estão um absurdo.querem que baixe parem de comprar por seis meses ou mais pra ver onde os preços irão parar .vai cair bastante.

Avatar
Antonio stalin marin 9 de março de 2022

O brasileiro joga muito dinheiro fora trocando de carro a cada 2 ou 3 anos.
Preços absurdos considerando que são verdadeiras carroças. Tem que deixar apodrecer nas concessionárias.

Avatar
Léo 9 de março de 2022

Perfeita colocação e meu pensamento é o mesmo e não só para carros no geral.Deixem de comprar…

Avatar
Sergio 9 de março de 2022

As montadoras “estupraram” o bolso dos consumidores. Acompanhei o preço dos carros novos do início da pandemia até agora. Teve carro que subiu 80%. Nada justifica um aumento desses.

Avatar
Paulo Junior dos Santos massei 8 de março de 2022

Espero de verdade que o brasileiro tome vergonha na cara tem agencia que paga menos que 20% e depois vende por 5 a 8 mil acima da tabela e pior que tem besta que paga um absurdo isso. Temos que tomar na tarraqueta mesmo.

Avatar
Renato Dayvison 8 de março de 2022

A única solução e diminuí ou realizar a redução do IPI aqui Brasil se paga Muito caro em automóveis zero KM isso não tem cabimento outra coisa os governadores dos estados tem que reduzir as taxas que IPVA.em vez de ficar jogando conversar fora com obras inacabadas

Avatar
Alexandre Neves 11 de março de 2022

É nada!
Vai abaixar IPI, abaixar o que for e as montadoras vão arrumar desculpas e colocar os preços lá em cima. Igual as privatizações, vai gerar emprego, isso é aquilo, tudo balela. Aumentam os preços e o desemprego continua

Avatar
Joelio Bruno dos Santos 8 de março de 2022

Boa noite nós temos que reclamar e dos governantes que rouba nós com impostos muito auto,sem falar do IPVA que e um roubo e só anda nas estradas brasileira pra ver a vergonha..

Avatar
Milton 8 de março de 2022

Do jeito que está um absurdo, prefiro manter o meu usado, fazer manutenção corretamente é mais barato,carro novo é bom mais por outro lado não é investimento, quem valoriza o suor sabe disso.

Avatar
Rafael 8 de março de 2022

Na verdade, o que falta é vergonha na cara das montadoras pra praticar esses valores absurdos, que já eram fora da realidade antes da pandemia!

Avatar
Tiago 8 de março de 2022

Arrombaram o bolso dos consumidores com valores exorbitantes agora estão sem condições pra comprar.

Avatar
Luiz Corrêa 8 de março de 2022

O consumidor brasileiro é muito desrespeitado pela indústria automotiva. Você paga uma baba por um carro zero que vem com freios a tambor na roda traseira. Essa tecnologia é do século dezenove. Não vale a pena. Fora outros pontos já comentados aqui. Parabéns Bóris. Você faz um trabalho legal.

Avatar
Antonio Márcio Leão 8 de março de 2022

Adquiri um veículo novo em 2019 e achava que em 5 ou 6 anos trocaria por um novo. Hoje, não tenho mais essa ilusão, pois minha renda está diminuindo em razão da inflação e estou cortando despesas para conseguir manter o básico e essencial. Carro novo nem em sonho dá mais.

Avatar
Genesio Krumheu 8 de março de 2022

Agora vamos ver se a lei de mercado funciona da mesma forma q foi dita ano ano passado, aumentou procura ai preço subiu, se a procura agora sumiu vamos ver se preço baixa.

Avatar
GILBERTO SILVA 8 de março de 2022

O melhor resposta é o boicote não devemos comprar preços absurdos não comprem até os preços recuarem pelo menos 20% dos 50% de aumento.

Avatar
Tiago 8 de março de 2022

Mesmo assim a redução é muito pouca.

Avatar
Evrraldo 8 de março de 2022

Em junho de 2020 eu estava negociando um fiat Mobi drive por 38.990, hoje o mesmo carro custa 60.000. O que justifica isso? Semicondutores? Ah para conta outra piada, ficou chato isso, não podemos admitir pagar 100.000 em um gol, absurdo

Avatar
Tiago 8 de março de 2022

Infelizmente muita gente está pagando e se sentindo feliz ainda.

Avatar
Robson Fernandes 9 de março de 2022

Absurdo é você comprar um Fiat Mobi. Uma mini carroça de plástico. Se fosse uns 20 mil para sua filha ir para a faculdade vá lá.

Avatar
Daniel 8 de março de 2022

Parece até comédia, o que eles queriam também com o preços dos carros altos da forma que estão, teve carro no Brasil que quase dobrou seu valor…Só aqui no Brasil mesmo. A tal da ganância e grande demais…..

Avatar
Elson 9 de março de 2022

Mas o problema o brasileiro financia e compra 72 x pagam juros altos que pena precisamos parar de fazer isso

Avatar
Robson 8 de março de 2022

É claro que as vendas estão caindo,basta ver os valores que esses automóveis estão sendo vendidos .
Essas montadoras querem que os brasileiros paguem por seus prejuízos no mercado externo nos vendendo carros muito inferiores feitos com materiais de baixa qualidade por preços astrnomicos.
Acredito que o Brasileiro está deixando de ser trouxa.apesar de muitos ainda não enxergarem isso ainda .

Avatar
Robson Fernandes 9 de março de 2022

Brasileiro nunca deixará de ser otário e explorado. Não compra carro zero agora porque não pode. Daqui a pouco volta à exploração normal de novo. Financia 1 carro e no final do financiamento pagou por 3 e ficou com 1 que não vale nem metade do preço de quando comprou.

Avatar
Vanzinho 8 de março de 2022

Quem pode jogar dinheiro fora tem mentalidade de analfa ou até mesmo débio e lasca com a gente. Mais de 100 mil reais em um carro de plástico com motor MANCO de 3 cilindros é só pra otários, ainda acho que ano que vem os motores será de Mobilete! E os mesmos otários vão comprar..,

Avatar
Valdinei de Oliveira 8 de março de 2022

Logico com dificuldades que governo impom no financiamento altas taxas dos
juros e pova bradileiro estão com dificuldades basicas compometidas fica mais facil comparem usado por isso fica cada vez mais carros parados nas fabricas

Avatar
Diego 8 de março de 2022

Veículos com acabamentos internos em plásticos, ridículos!
Vc entra em um Nivus com um interior igual ao de um Virtus, que é igual ao de um Polo, que é igual ao de um Gol… mesma frente para todos os carros kkkkkk.
Dei o exemplo da VW mas todas as montadoras acabam fazendo a mesma porcaria e criaram o termo “padrão de identidade” para fazer mais do mesmo.
Enquanto veículos aqui no Brasil forem sinônimos de Status independente de relação custo x benefício, qualidade, conforto, segurança, tecnologia, continuaremos vendo pessoas pagando preços exorbitantes por lixos!
Continuem pagando caro por carroças!… as montadoras agradecem…

Avatar
Elias Souza 8 de março de 2022

Tomara que os brasileiros de classe media e classe media alta deixem de comprar carros afim de mandar um recado para as montadoras, o mundo está uma bagunça mas no Brasil existe um cartel das montadoras que precificam seus veículos a revelia, o resultado é extorsão, cobram o que querem.

Avatar
Israel 8 de março de 2022

Daí a fábrica vem com as “promoções” de 3 mil bônus 🤨 para com isso né!

Avatar
Geraldo 7 de março de 2022

Metade das vendas são para cnpj, 20% exportação, 15% para produtores rurais e os 15% restantes são os incautos e os poucos q tem grana para comprar carro zero. As mídias tem q falar a verdade, não tem hoje clientes CPF para comprar estrs carros.

Avatar
Benedito Emerson 7 de março de 2022

Também, os valores dos automóveis superaram qualquer expectativa de aumento, inflação engolindo o salário do povo, governo totalmente egoísta, nessa velocidade dos aumentos, as montadoras ficarão com uma grande frota parada..

Avatar
charles 7 de março de 2022

mas também 90 mil num carro popular 1.6 tem é que fechar as fábricas de uma vez

Avatar
Marcos 7 de março de 2022

Eu ia trocar o carro, não vou mais.
Só comparar os carros 0km de 6 anos atrás, cayenne, BMW serie 3 a 120mil.
Tem muito seminovos desse significando que vendeu muito e aí vc pensa melhor e não compra.

Avatar
Luis 7 de março de 2022

O trabalhador brasileiro “assalariado” já não tem poder de compra para veículo e este era um grande motor do consumo automotivo(carros populares). As fábricas querem aumentar o lucro, diminuíram os carros ditos populares além de aumentar o preço dos mesmos tornando-os inviáveis.

Avatar
Edson Geraldo Pinto 7 de março de 2022

O problema que já vi gente falando que só compra zeo km, porque gosta de ser o primeiro a “peidar” no carro… vai vendo. Kkkk

Avatar
João 7 de março de 2022

Os preços, são pra lá de abusivos.
Se um carro popular ao redor do mundo custa 10.0000 dólares, porquê no Brasil é esse preço absurdo.
Ou estamos deixando de ser trouxas ?

Avatar
Vander 7 de março de 2022

Carro usado que valia 30k há poucos meses, hoje valendo 45k, novos nem se fala. O comércio automotivo no país é algo surreal! O Brasil é o lugar onde a indústria automotiva se mantém, então, é aqui que eles se aproveitam. Não tem inflação, falta de componentes pra carros novos, blá blá bla que consiga explicar um gol 1.0 custar 65k. Mas eu consigo, brasileiro é trouxa!!!

Avatar
Eduardo 6 de março de 2022

Kkkk é só reduzir os preços (que subiram de forma exorbitante).

Deixem de ser burros, pratiquem preços honestos, e tudo vai funcionar bem.

Avatar
EDIVALDO DA SILVA TORRES 6 de março de 2022

Sabemos que a Lei da oferta e da procura é muito cruel,mas nessa pademia,a Industra e Comercio abusaram demais. Se os brasileiros tivessem vergonha na cara,boicotassem as coisas baixariam os preços.

Avatar
Sergio r.silvs 7 de março de 2022

Se todos os brasileiros tivessem vergonha na cara estes veículos seria comidos pela ferrugem nos pátios, um carro nunca deveria passar de 40,000,00 por melhor que fosse..

Avatar
Marcelo 6 de março de 2022

Nada contra, mas os preços estão muito altos para todos os veículos, mesmo com inflação calculada o valor subiu em média 70%, desde 2018/19. E enquanto venderem carros novos com Facilidade não vão rever os preços no Brasil.

Avatar
Will 6 de março de 2022

Mas também a taxa de juros que os bancos vem cobrando não vale a pena. O jeito é esperar e junta uma grana no valor ou fazer um consórcio. Pq financiar está impossível.

Avatar
Paulo Brificcado 6 de março de 2022

As taxas de juros sempre foram altas no país. O preço dos carros é que estão fora da realidade.

Avatar
Alexandre 7 de março de 2022

Exato. Há tempos que as montadoras foram aumentando o preço: compacto para médio e depois médio para premium. Não é só a questão de salário e moeda, mas o fato que a realização de lucro das montadoras pulou de patamar.
Dar 100k num carro para mim é impensável hj em dia. Mesmo que tivesse grana, me recuso a pagar isso num carro que não é mais do que um bem de consumo e que te traz um custo fixo mensal.
Detalhe: cuidado com seguro contra terceiros: um parachoque de plástico não sai por menos de 2k.

Avatar
Janio 5 de março de 2022

Estranho estar sobrando carros, se eu for comprar hoje tenho que esperar seis meses

Avatar
Armando Pinto 7 de março de 2022

Honda, Toyota e outras marcas cobiçadas até pode ter fila de espera. Mas se quiser sair de Peugeot, tá na mão…

Avatar
Altair de sousa 8 de março de 2022

Kkkkl tem bastante

Avatar
Jo 5 de março de 2022

Ao meu ver falta cliente pois os preços pedidos são absurdos. O resto é blá blá bla

Avatar
Armando Pinto 7 de março de 2022

Concordo, não vale o que pedem.

Avatar
Bonio Cezar 5 de março de 2022

Desejo profundamente, que esses carros apodreçam nos patios, por falta de compradores, não por falta de dinheiro e sim, pela falta de interesse e coragem de pagar tanto, num monte de lata.

Avatar
Jo 5 de março de 2022

Partilho da tua ideia. Meu último carro zero foi em 2016. Tão cedo não penso na troca.

Avatar
FELIPE 5 de março de 2022

Meu último carro zero foi em 2010. Depois descobri os seminovos com dois anos de uso e na faixa de R$ 10.000 mais baratos que o similar zero km e no máximo com 30k rodados. Minha última troca foi em 2014 e na época economizei os 10k comprando um carro 2012 que uso até hoje. Basta manter as manutenções preditiva e preventiva em dia. Não me arrependo. Depois que esse frenesi passar, compro outro com 2 anos de uso de novo e economizo de novo em relação ao zero km.

Avatar
Paulo Brificcado 6 de março de 2022

Partilho da tua ideia, Felipe. Meu último carro 0 KM foi em 2010, também, e depois de ser roubado com 5 meses de uso, só compro seminovo. O carro 0 KM, ao passar do portão da concessionária para fora, já desvaloriza 15%. E você tem de pagar licenciamento e emplacamento. “Cheirinho de carro zero” só se for de essência de aromatizador para mim…

Avatar
Jose luiz fernandes jr 5 de março de 2022

Outra picaretagem , essa diminuição no IPI, qualquer aumentinho já vai comer o benefício.

Avatar
Helder José Borba Campos 7 de março de 2022

Essa balela de imposto é uma cortina de fumaça para esconder para onde vai tento dinheiro, por um veículo da idade da pedra que se produz aqui.
Em outros países também se paga impostos.
Nos EUA, país com o qual se faz muita comparação sem sentido, tem impostos e o salário é quatro vezes maior que o nosso, e mesmo assim o carro é bem.mais barato.

Onde está o rombo…????

Avatar
Sergio 9 de março de 2022

Exatamente.

Avatar
José Wilson 4 de março de 2022

Poxa! Também pudera; as fábricas de automóveis não param de aumentar os preços (já elevados) e com a queda drástica da renda do brasileiro médio nos últimos anos, não tem como continuar vendendo como antigamente. Os preços dos carros estão nas estratosferas. Outro dia vi o preço do carro zero Km na Índia e, comparados com os nossos, dá até raiva, os nossos são caríssimos perto dos carros deles.

Avatar
Helder José Borba Campos 7 de março de 2022

Concordo com você. E a culpa não é só de impostos, pois em outros países também se paga impostos. Aqui no Brasil a exploração e a ganância é que torna tudo muito caro.

Avatar
Osmane Damianse 3 de março de 2022

Isso pq os bancos ainda financiam!!!

Avatar
Wander Alves Viana 7 de março de 2022

O problema é que brasileiro compra qualquer coisa lá fora os carros são mais completos e mais baratos se ninguém comprasse a qualidade melhorava e os preços também

Avatar
Deixe um comentário