Falta de ESC só preocupa no SUV?

O ESC, controle eletrônico de segurança, tem maior importância apenas nos SUVs? Explico aqui como ele funciona nos automóveis:

utilitario esportivo suvs suv esc
Controle eletrônico de estabilidade é necessário apenas nos SUVs? (Foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
03 de janeiro de 2021 21:31

“Por quê”, pergunta um leitor, “tanta preocupação com a ausência do controle eletrônico de estabilidade nos utilitários esportivos, os SUVs?” Questão levantada a propósito de um comentário de que a obrigatoriedade deste equipamento, o ESC, foi postergada para 2024.

Então, ao se comprar um SUV, deve-se prestar atenção se ele oferece ou não o controle eletrônico de estabilidade (ESC).

O motivo da preocupação maior nos SUVs é por ele ser mais alto, ter o centro de gravidade mais elevado, e mais propenso a provocar acidente, escorregar ou capotar, do que um automóvel que anda mais “grudado” no chão.

Vejam, a propósito, um vídeo do AutoPapo no YouTube com o SUV da Toyota, o RAV4, dando um verdadeiro vexame no teste do alce realizado por jornalistas suecos. Fosse um Corolla, isso jamais aconteceria!

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
6 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Samarone 4 de janeiro de 2021

Os acidentes só vão diminuir quando inventarem um “sensor de bom senso” pros motoristas.

Avatar
RONALDO SETE 4 de janeiro de 2021

Eu só gosto de carro raiz, opalão, maveco e por aí vai. Sem essas frescuras. E nunca bati o carro.

Avatar
Fábio Moreno 4 de janeiro de 2021

Itens de segurança ativa e passiva em automóveis são fundamentais, mas a maioria dos acidentes ainda ocorre por imprudência humana.
A começar pela embriaguez ao volante. Poxa qualquer pessoa que bebeu algo alcoólico sabe de sua condição e em vez de dirigirem devagar com extrema cautela saem todos encorajados a pisar no acelerador. O resultado é quase sempre tragédia.
Outra dica que poucos dão importância é… Mantenham distância segura dos veículos a frente principalmente em rodovias. É clichê, mas se você tiver tempo para frear ou desviar muita coisa pode ser evitada. E não menos importante… É o famoso “acho que dá”. Falo do famoso erro de tomada de decisão. Na maioria das vezes não custa absolutamente NADA dar preferência ao veiculo que esta se aproximando e só entrar ou cruzar uma via após ele passar. As pessoas se arriscam sem motivo algum, chega até ser ridículo ver quantos acidentes perfeitamente evitáveis ocorrem. É o péssimo hábito do brasileiro sempre achar que a preferência é dele e não do próximo.

Avatar
André 4 de janeiro de 2021

Excelente comentário. Bebida, síndrome de Superman e o ego são os protagonistas de tragédias evitáveis.

Avatar
André Luiz 4 de janeiro de 2021

Excelente comentário. Bebida, síndrome de Superman e o ego são os protagonistas de tragédias evitáveis.

Avatar
JOELSON ALEXANDRE BRITO FERREIRA 3 de janeiro de 2021

Claro que mais um assistente é bem vindo, mas se o motorista for prudente não sentirá falta

Avatar
Deixe um comentário