Prática anterior à era cristã de volta ao Brasil

O escambo, método comercial praticado a centenas de anos atrás, foi 'revivido' pelas marcas Fiat e Jeep. Entenda essa história aqui

Por Boris Feldman 26/05/21 às 07h30
jeep escambo
Agora é possível trocar grãos de soja por automóveis? (Foto: Montagem AutoPapo | Ernani Abrahão)

As marcas Fiat e Jeep reintroduziram no Brasil uma prática comercial da antiguidade, antes mesmo da era cristã, que era o escambo: Quando se trocavam mercadorias, sem a necessidade de moeda. Então, será possível agora trocar grãos por modelos da Fiat e Jeep.

Como assim?

A empresa cadastrou 1200 em seis estados: Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Bahia, Paraná e Pará. Ela, na verdade, está pegando uma carona no setor econômico que mais prospera no Brasil, que é o agropecuário.

VEJA TAMBÉM:

Então, como existe uma cotação oficial de grãos no mercado, seus produtores podem fazer o escambo ou a permuta entre eles e modelos das marcas da Stellantis.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Armando Ferreira Baltar Neto 3 de junho de 2021

É muito importante para a indústria brasileira a transformação da gasolina/hidrogênio (?). Vai trazer um desenvolvimento p/ indústria automotiva, no Brasil.

Avatar
Nair Rosária 27 de maio de 2021

Quem fabrica porcarias tem que trocar até por galo de briga, isso que é apelar

Avatar
Deixe um comentário