Garantia de motor e caixa por 3 meses: o que diz a lei?

Para estimular as vendas dos carros seminovos, as concessionárias adotam as medidas de garantia do usado por um certo período de tempo

revisao fora de fabrica faz perder garantia
Por Guilherme Campos
13 de fevereiro de 2020 08:30

A compra de um carro zero traz inúmeras vantagens além do cheirinho do carro novo. E entre elas, a garantia que a fábrica oferece durante um, dois, três até cinco anos sem maiores preocupações para o dono do carro.

Mas volta e meia, algumas fábricas, para estimular as vendas dos usados em suas concessionárias, e assim incrementar também as vendas dos novos, estabelece planos especiais de assistência para os chamados seminovos.

É comum uma fábrica anunciar proteção total, de até um ano, na compra de um seminovo em suas concessionárias.

Mas vale a pena lembrar que de acordo com o Código de Defesa do Consumidor qualquer empresa, concessionária ou não, é obrigada a oferecer garantia de todo o automóvel. E não somente de motor e caixa, como anunciam alguns pelo prazo de três meses.

venda carro concessionaria shutterstock 1579747456 Garantia
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
15 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Luciana de Moura Escaranaro dos Santos 8 de setembro de 2021

Quero saber se posso responsabilizar a consecionaria por problemas no motor depois de sete meses com o veículo

Avatar
Eliel 24 de fevereiro de 2021

Boa tarde comprei um carro de uma loja de venda de veículo,tem 6 meses durante a garantia de 3 meses o carro não apresentou problemas mas passados esses três meses o carro começou apresentar problemas a ponto que o carro já não anda mais e não conseguem descobrir o problema já gastei muito dinheiro já tentei um acordo com eles mas sem sucesso

Avatar
Odair martins lisboa 12 de janeiro de 2021

Comprei um caminhão tive que trocar radiador e alternador com menos de 15 dias tenho direito de receber na garantia do motor?

Avatar
Luciano Lucio 27 de dezembro de 2020

Comprei um veiculo em uma loja e me deram garantia de motor e cambio porem o carro aparentou uns defeitos demora a pegar barulho e trepidacão na direcão eles sao obrigados a arrumar o veiculo?,estou com ele a 4 dias

Avatar
Joaquim Neiva de Carvalho Neto 1 de dezembro de 2020

Boa tarde, comprei um veículo de pessoa jurídica, porém não se trata de concessionária de veículos, se trata de uma empresa direcionada ao setor de petróleo e gás, o veículo era utilizado por funcionários da empresa.
Tem menos de um mês que comprei e já apresenta alguns defeitos incluindo motor e caixa.
A empresa que me vendeu o veículo por não ser do ramo de venda de automóveis interfere em alguma coisa em eu gozar dos direitos de 3 meses de garantia?

Obrigado

Avatar
José Severino luz da Silva 19 de maio de 2020

Comprei uma moto de um senhor e com dois meses e meio deu problema na caixa de câmbio gostaria de saber se ele tem que me renbolçar o valor gasto que é 600 reais se for respondido agradeço

Avatar
José Américo Barros 5 de agosto de 2021

Comprei um veículo dia 23/07,e o veículo quebrou a polia variavel do comando e foi diagnosticado pelo mecânico que foi feito um reparo na polia colando e não trocando por esse motivo quebrou.Comuniquei o proprietário ele disse que não pode fazer nada. Posso acionar juridicamente? Boa tarde

Avatar
Marco Aurélio 23 de março de 2020

Na compra em particulares, essa garantia e válida?

AutoPapo
AutoPapo 26 de março de 2020

Olá, Marco Aurélio

Se o carro foi adquirido de uma pessoa jurídica, concessionária ou não, a garantia estabelecida pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC) é de três meses para todo o produto.

Se foi comprado diretamente de uma pessoa física, então não se caracteriza uma relação de consumo e não existe responsabilidade do antigo dono, que não é obrigado a conceder garantia no caso de qualquer problema.

Neste caso, sem a proteção do CDC, o comprador teria que apelar para a justiça comum alegando má-fé e se pode prever uma longa ação contra o dono anterior, dentro do ritmo típico que evoluem as questões judiciais no Brasil.

Saiba mais em: https://autopapo.uol.com.br/blog-do-boris/garantia-do-usado-concessionaria-pessoa/

Avatar
Elba Inacia Silvestre 24 de fevereiro de 2020

Comprei um carro em novembro do ano passado, com um mês estourou o motor, o lojista assumiu, fez o cabeçote, não me entregou nota de nada, ficou com o carro 30 dias para depois me entregar assim que peguei o carro fui testar travou o câmbio, agora já se passaram mais de 90 dias, ainda estou na garantia? O carro está quase com a mesma quilometragem de quando comprei pois ñ andei nele sempre aparece algum problema e no conserto do cabeçote deixaram vários parafusos soltos dentro do motor, sinal que fizeram de qualquer jeito só para me entregar e seguraram lá os trinta dias para acabar a garantia, o que posso fazer.

Avatar
Cecilia Battos 14 de fevereiro de 2020

Ford EcoEsport 2017 Titanium comprado zero no Uruguay está com problemas no câmbio powershift. Fará 3 anos, já feitas as 2 revisões em autorizada Ford lá no Uruguay onde está. No manual não consta garantia de câmbio! O manual Ford e a garantia não devem ser iguais em todos os países que o vendem?! Câmbio e motor não são itens obrigatórios de garantia ?! Hoje sabemos que esse câmbio dá problemas. Corremos o risco da Ford se negar a trocar? (13.02.2020)

Avatar
Audrei Sara 8 de fevereiro de 2021

Acabei de comprar uma Ecosport powershift o câmbio foi entendido para 7 anos de garantia e 10 anos o modelo, levei na autorizada e fizeram todos os testes nela pra mim gratuitamente , a minha segundo eles não apresentou problema no câmbio bem embreagem, apareceu outra coisinha porém o preço da Ford é terrivelmente alto🥺 terei quê esperar pra fazer o serviço!!!

Avatar
Manuel 14 de fevereiro de 2020

…taí uma informação de grande valor e utilidade pública! Muuuito bom! Gostei!

Avatar
Cecilia Battos 14 de fevereiro de 2020

Ford EcoSport 2017 Titanium comprado zero no Uruguay apresenta problemas no câmbio powershift. Fará 3 anos, já feitas as 2 revisões em loja autorizada Ford lá np Uruguay onde está. No manual está que o câmbio não consta na garantia. Isso e possível?! Não é item obrigatório em garantia e em todos os países onde ele é vendido? (13.02.2020)

Avatar
Renato Tambara Neto 7 de julho de 2020

Cecília, em 2016 minha esposa fez a burrada de comprar uma Ecosport powershift. A garantia era a mesma que a sua no Uruguai. Troquei o câmbio ( embreagem, na verdade) 2 vezes em 3 anos. No começo deste ano , já fora da garantia, quebrou pela 3. vez. Fui até a concessionária e falei que tinha quebrado de novo, que eu não iria pagar. O dono da Concessionária falou : vou trocar sem custo nenhum a embreagem, fica tranquilo, quem fez esta porcaria de câmbio foi a Ford….. continue fazendo as revisões programadas que pelos próximos 5 anos no minimo eu troco sem custo pra você. Conheço pessoas que a Ford trocou a embreagem 6 anos após o término da garantia. Fica a dica

Avatar
Deixe um comentário