Motor turbo ‘abre o bico’ mais rápido que o aspirado?

O carro com motor turbo ainda tem certa má-fama com algumas pessoas. Muito acham que ele é menos duradouro que o aspirado. É verdade?

Por Boris Feldman24/06/20 às 21h31

Um taxista tem uma dúvida, pois ele quer trocar seu Corolla, que já lhe prestou muitos bons serviços por quase 300 mil quilômetros, e pensando agora em passar para um SUV com motor turbo. Ele pergunta: “Esses automóveis com motores turbinados vão dar conta do recado?”

Vão também lhe prestar bons serviços durante algumas centenas de milhares de quilômetros? Resistem a rodar tudo isso sem ‘abrir o bico’?”

E eu respondo que sim.

Um bom projeto para um motor aspirado ou para um turbinado vai permitir que ele rode uns 200 mil, 300 mil quilômetros sem problemas. Porque os motores a gasolina ou etanol estão sendo, agora, turbinados. Mas os diesel quase sempre usaram o motor turbinado e ninguém nunca reclamou.

Mecânico fazendo ajustes no motor turbo do automóvel
Motor turbo não é mais o bicho de sete cabeças que todos pensam (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
13 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Joao Almeida 23 de setembro de 2020

    Se e para taxi com injecao direta e/ou turbo, nao vai funcionar. No momento que colocar gas natural todo o sistema de injecao ficara louco. Para trabalhar com GNC, devera utilizar o combustivel liquido junto alterando a relacao estequiometrica fica realmente uma bomba no sentido dos problemas que teras. Para taxi ou frota que necessita utilizar varios combustiveis, fuja de Injecao direta e turbo.

  • Avatar
    Fernando 25 de junho de 2020

    antigamente , motores com potência específica baixa eram extremamente duráveis. Até a pouco tempo existia motor assim. O motor 2.0 EA113 do Jetta aspirado naturalmente , que nada mais era que o velho e conhecido AP , com melhorias , deveria ter uma durabilidade absurda pois tinha uma potência específica baixa para um motor 2.0. Apenas 120CV. Motor grande com potência baixa. Mas hoje , os motores tem tecnologia muito alta e qualidade construtiva e de materias muito mais refinados que os antigos motores. Então, um motor pequeno 1.0 pode ter potência específica alta , que não vai alterar sua durabilidade. Quanto aos motores diesel terem turbina desde sempre é por causa das características próprias desses motores , como taxa de compressão, etc. Então, realmente a turbina é uma parte integrante desses motores e isso não afeta sua durabilidade.

    • Avatar
      Cesar Barbosa 6 de outubro de 2020

      Você tem razão, mas não podemos esquecer que motores diesel trabalham numa faixa de rotação bem menor, então a durabilidade do motor a gasolina ou álcool é diretamente proporcional a qualidade do fabricante, RPM a que será submetido e a sua manutenção.

  • Avatar
    Reinaldo Gomes 25 de junho de 2020

    Meu amigo não é a mesma coisa não há tive carro que mandei turbina e já tive turbo de fábrica vou colocar um ano pra vc sentir no bolso a manutenção de um turbo sem falar nas pragas de sensores, compra o aspirado no Brasil essas bombas de turbo e para rico quem pode gastar

  • Avatar
    Bruno Manara 25 de junho de 2020

    Tudo vai depender do cuidado e manutenção preventiva. Esse Corolla só chegou nesse km pq fez manutenção.

  • Avatar
    Lucio Eduardo Magro 25 de junho de 2020

    Tudo vai depender do dono do carro. O carro turbo pode durar muito se o dono não andar como se cada semáforo for uma prova de arrancada. No uso normal a durabilidade não será a mesma de um motor aspirado mesmo que o dono seja cuidadoso. Pergunte a qualquer mecânico experiente. Porém os veículos turbo de fabrica já são projetados para suportar cargas maiores mas um motor 1.0 com 200 hp não vai durar 50000km.

  • Avatar
    Waslon 25 de junho de 2020

    Os donos do Gol 1.0 turbo não acham o mesmo que o missivista.

  • Avatar
    Roberto Moraes 25 de junho de 2020

    Comparar os motores a diesel turbinados aos movidos a gasolina ou álcool turbinados é de uma infelicidade imensurável. As taxas de compressão dos motores são muito diferentes. Os motores 1.0 ou mesmo os 1.6 não suportam as pressões geradas pelo uso de uma turbina. Se comprar um destes, troque assim que a garantia for vencer e coitado de quem comprar o carro depois.

    • Avatar
      Daniel 25 de junho de 2020

      Amigo, tem 1.0 TSI da VW rodando com 200 HP de roda, e vc vem falar que 1.0 não suporta pressão! Volta pra sua faculdade de Engenharia e faz uma reciclagem.

  • Avatar
    marcos 24 de junho de 2020

    O motor aspirado traz menos problemas. A pressão é menor, geralmente trazem injeção indireta e montagem menos complexas (sensores, válvulas, etc). Também mais fáceis para mecânico mexer.

    • Avatar
      Nestor 26 de junho de 2020

      Opa por esperiencia própria um AP 1.8 chega fácil nos 800 mil km pode viajar a 130.140 km h 2.3 mil km sem parar no verão com 38 graus agora fazer isso com esses brinquedos de hoge só com a companhia de um guincho abraços

  • Avatar
    Gilson Soares 24 de junho de 2020

    Pergunte aos donos de UP TSI.

  • Avatar
    Fabio Sousa 24 de junho de 2020

    Que resposta fraca… Era melhor nem ter publicado essa matéria… Não disse nada demais, podendo ter ao menos, ter dito que os motores turbo de fábrica tem projetos específicos e dimensionados para essa condição de sobre alimentação e não são como aqueles turbinados em oficinas.

Avatar
Deixe um comentário