TJMG obriga Concer indenizar motorista por falta de assistência em BR

A concessionária responsável pela rodovia negou assistência ao motorista que teve danos em seu carro e ainda teve outra dor de cabeça.

Por Boris Feldman14/06/20 às 20h00

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais acaba de condenar a concessionária Concer, da rodovia BR-040, trecho entre Juiz de Fora e Rio de Janeiro, a pagar uma multa ao motorista e dois passageiros de um automóvel que teve os dois pneus rasgados num buraco da estrada.

Eles alegam que a concessionária não prestou o devido atendimento, foram obrigados a andar quatro quilômetros à pé até um posto policial para pedir o auxílio. E quando chegou o socorro da Concer, ele se negou a rebocar o automóvel.

O motorista foi indenizado em R$ 3.100 e cada passageiro em R$ 2,000. Agiu bem o dono do carro, pois é assim que se faz contra os administradores públicos responsáveis pelas rodovias e suas concessionárias

Caminhão rebocando o carro do motorista que estragou na rodovia
Tribunal de Justiça obrigou a concessionária indenizar os passageiros do carro também pelo ocorrido (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Felipe 17 de junho de 2020

    Pois é André… Não são todos, mas muitos prestadores de serviço apostam na demora da justiça e no desânimo da vítima em ir atrás dos seus direitos. Eu mesmo não sei se tomaria a mesma atitude desse motorista e, por isso, não posso deixar de dar meus parabéns a ele…

  • Avatar
    Fernando Miranda 15 de junho de 2020

    Aqui funciona assim: os governantes deixam as estradas ficarem esburacadas e depois doam lea iniciativa privada lucrar. E o povo acha ótimo. Pensa: agora. Rodovia vai ser otima. Nem percebem que pagam 2x pelo mesmo servico, já que nenhum imposto diminuiu e ainda paga pedagio.

  • Avatar
    André 14 de junho de 2020

    Simplesmente difícil de entender os prestadores de serviço aqui no Brasil. Algo que deveria ser óbvio, mas pelo contrário, o cidadão tem todo um trabalho pra usufruir de seus direitos.

Avatar
Deixe um comentário