Mustang com motor a hidrogênio?

Como uma alternativa aos veículos elétricos, Ford patenteou um motor movido a hidrogênio que pode vir a equipar o Mustang

Ford pode equipar o Mustang com um motor a hidrogênio
Ford pode equipar o Mustang com um motor a hidrogênio (Foto: Montagem AutoPapo | Ernani Abrahão)
Por Boris Feldman
31 de março de 2022 07:32

O hidrogênio vai conquistando espaço entre as alternativas ao combustível fóssil. E de duas formas completamente distintas.

Primeira, para alimentar a “fuel cell” (célula a combustível), que produz energia elétrica para o carro rodar eletricamente sem bateria. Caso de modelos experimentais da Honda, Toyota e Hyundai.


Mais recentemente, fábricas voltaram a investir no hidrogênio como combustível para ser queimado nos motores, ao invés de gasolina. BMW, Toyota e Renault, entre elas.

Agora, a novidade vem da Ford, que também patenteou um motor a hidrogênio. A empresa não confirma, mas especula-se que poderá ser aplicado em um próximo Mustang.

VEJA TAMBÉM:

Importante lembrar que, no Brasil, há pesquisas da Nissan e da Volkswagen para se alimentar a “fuel cell” a partir do hidrogênio, porém obtido do etanol. Uma solução energética que, para nós, seria sopa no mel.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Marcello 31 de março de 2022

O único problema (ou a mosca na sopa) é que os usineiros são tão confiáveis quanto a Opep. Quem teve carro a álcool nos anos 80 e 90 sabe dos perrengues que passaram naquela época com a falta de álcool nos postos. Então, além de desenvolver os motores para extrair o hidrogênio do etanol, é necessário construir uma base confiável de produção e distribuição do etanol.

Avatar
Deixe um comentário