Você sabe o que significa 5W20 e outros na embalagem do óleo do motor?

Letra e números presentes na especificação do óleo servem para informar a sua importância para o funcionamento do motor do carro

oleo motor carter shutterstock 572958301
Dono do carro lendo a especificação do óleo do motor em sua embalagem (Foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
30 de julho de 2020 07:30

Desnecessário falar sobre a importância do óleo lubrificante do motor e de se manter a viscosidade e a aditivação recomendada no manual. Os óleos atuais são multiviscosos.

Mas, que bicho é esse?

De manhã, no frio, eles ficam mais fluidos, mais líquidos, para facilitar o início do funcionamento do motor. Mas quando ele se esquenta, eles vão ficando mais viscosos, mais densos, mais grossos para uma boa lubrificação das partes móveis.

É por isso que a viscosidade do óleo do motor tem dois números, por exemplo 5W20. 5 é a viscosidade à frio, por isso o W, de winter (inverno no inglês). E a outra 20, 30 ou 40: é a viscosidade a quente. Por isso o manual recomenda 5W20 ou 10W30 e assim por diante.

Dono do carro lendo a especificação do óleo do motor em sua embalagem
É importante saber o que significa a nomenclatura do óleo, pois o fluido influencia diretamente na durabilidade do motor do carro (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
13 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
José Milton dá Silva 2 de agosto de 2020

Esses lubrificantes são chamados de multi-viscosos, possuem na formulação um aditivo melhorador do índice de viscosidade, que funciona conforme a temperatura de trabalho.

Avatar
Alcindo Fernando Moreira 31 de julho de 2020

Não é isso que diz a ficha técnica do óleo…com aumento de temperatura qualquer fluido incompressivel diminui a viscosidade…e se é viscosidade qual a unidade?…eu conheço viscosidade absoluta ou dinâmica e viscosidade cinemática, e ambas têm unidades no SI (Sistema Internacional) de unidades de medida.

Avatar
Carlos Azevedo 1 de agosto de 2020

Concordo, isto é o natural. Sei por exemplo que o óleo do câmbio automático das Pagero Sport, por qualquer problema de aquecimento do veículo, o óleo do câmbio ferve, semelhantemente a água do radiador quando superaquecido. Aí eu vou dizer que o óleo aumentou de viscosidade? Até o câmbio automático se reta, e entra em modo de segurança, e o carro não anda mais.

Avatar
José Itamar 31 de julho de 2020

Bom dia!
Acho que a informação abaixo, está invertida;
De manhã, no frio, eles ficam mais fluidos, mais líquidos, para facilitar o início do funcionamento do motor. Mas quando ele se esquenta, eles vão ficando mais viscosos, mais densos, mais grossos para uma boa lubrificação das partes móveis

Avatar
João Batista 31 de julho de 2020

Você tem razão sou tec mecanico e com a temperatura do óleo ele vai ficando menos viscoso

Avatar
Carlos Azevedo 1 de agosto de 2020

A reportagem fala que funciona ao contrário…nunca entendi isso, aquece fica mais viscoso…eu em?

Avatar
Carlos Azevedo 1 de agosto de 2020

Calma irmão…na física isto não funciona. O óleo, tem que ficar mais fino, pois existe a dilatação das peças móveis internas do motor, diminuindo o espaço entre bronzinas e mancais, e para manter o “lençol”de óleo entre estas partes, a fluidez do óleo deve ser maior. O que vale são os aditivos do óleo que dá a ele, maior ou menor resistência as temperaturas exigidas.

Avatar
João segunda Ernesto 31 de julho de 2020

Aprendi muito com essa informação muito obrigado

Avatar
Dirceo da Costa Cunchertt 30 de julho de 2020

Qual o óleo que vai no motor Voyage 1.6,16valvulas e quantos mil km é feita troca.
Outra pergunta tem que trocar óleo da caixa automática do Voyage automático 2019? Se qual especificação do óleo?

Avatar
Carlos Azevedo 1 de agosto de 2020

Bom até onde eu sei, a montadora faz o projeto de um motor. Manda o projeto para as fabricantes de óleo, quem botar mais dinheiro, faz o óleo ORIGINAL,kkkk, lembram dos Tempras da Fiat fundindo motor, por óleo com grafite? ERA O ÓLEO”ORIGINAL”RECOMENDADO PELA FÁBRICA. Depois de refazer o motor duas vezes, usei um simples Castrol, acabei com minha dor de cabeça.

Avatar
Carlos Azevedo 1 de agosto de 2020

Todo óleo, tem sua validade. Não existe óleo, que não deva ser trocado. A própria fábrica coloca no câmbio, um “bujão” de entrada e outro para saída do óleo, anos atrás inventaram o termo”Life time” como significado de, para a vida toda. Agora, vou te dizer porquê. Qualquer câmbio automático, quando apresenta problemas, tem sempre um custo elevado. Não trocar periodicamente o óleo deste, é só, desgastar para danificar. Os óleos hidráulicos, melhorzinhos para câmbios automáticos, tem sempre como referência, os DEXON VI

Avatar
Paulo 30 de julho de 2020

Pra mim, a matéria só explicou o significado do “W”…

Avatar
Carlos Azevedo 1 de agosto de 2020

Somente isto mesmo, tem que se fazer propaganda!

Avatar
Deixe um comentário