Óleo sintético ao invés do mineral aumenta o prazo de troca?

A superioridade do óleo do motor sintético em relação ao mineral pode fazer com que o prazo para a sua troca seja prolongado?

oleo do motor mineral sintetico qual melhor
O óleo sintético é superior ao mineral? (Foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
29 de dezembro de 2020 21:31

Os óleos para a lubrificação do motor eram todos, inicialmente, de origem mineral. Os mais modernos são sintéticos, com melhores características e performance. Porém, o mineral continua sendo produzido e muito utilizado, até por ser bem mais barato.

O que passa pela cabeça de muito motorista é:

“Se eu deixar de usar o óleo mineral e passar para o sintético, poderia esticar o prazo ou a quilometragem de troca, já que ele é bem superior?” Não, não poderia! Porque o motor foi projetado para ter o óleo mineral substituído em determinado prazo ou quilometragem.

O óleo do tipo sintético é superior ao mineral, sem dúvida. Mas isto não significa que o motorista possa dilatar o prazo ou a quilometragem prevista para troca.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
7 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Ravilton 30 de dezembro de 2020

Ainda bem que tem gente mais entendida do que o protagonista da matéria. Nunca vi uma asneira tão grande dita por alguém que se diz entendido de mecânica de automóveis. O óleo sintético quando usado no lugar do mineral, pode rodar o dobro da kilometragem rodada pelo óleo mineral.

Avatar
Samarone 30 de dezembro de 2020

Os óleos sintéticos foram criados com a premissa de se manterem íntegros por mais tempo, proporcionando prazos maiores entre as trocas gerando possível economia e mais benefícios ambientais, aí vem Matusalém e diz o contrario sem justificar, ultimamente tem aparecido muitas matérias assim por aqui.

Avatar
Rafael 30 de dezembro de 2020

99,9% das matérias aqui não esclarecem as dúvidas com justificativas e posicionamento de especialistas.

Avatar
Bruno Marques 30 de dezembro de 2020

Pode sim Boris. A API e SAE inclusive entendem que esse prazo é médio em 30 por cento a mais nós óleos sintéticos em relação aos minerais. As moléculas do óleo sintéticos se mantém originalmente estável enquanto às do mineral tem sua composição deteriorada. Em relação a carga de aditivos, detergentes e dispersantes de ambos, duram igualmente.

Avatar
Feitosa 30 de dezembro de 2020

Boris, só pra vc corrigir: há uma diferença entre “em vez de” ao invés de”. Pesquisa os casos de uso dessas duas expressões pra retificar o título, Blza?

Abraço!

Avatar
Antenor 30 de dezembro de 2020

Mas que reportagem é esta? Três linhas!!!! me dê motivo, embasamento e algo palpável. É programa de Ana Maria? receita simples? incompetência mesmo!!

Avatar
Tapeado 30 de dezembro de 2020

Fiquei procurando o resto da matéria com a justifixativa kkkk 🤡

Avatar
Deixe um comentário