Olha o “perigo”: revisão pelo próprio dono…

Agricultores dos EUA estão em guerra com a John Deere, porque desejam fazer revisões fora das concessionárias. Já pensou se a moda pega?

Agricultores querem realizar a manutenção de suas máquinas por conta própria nos EUA
Agricultores querem realizar a manutenção de suas máquinas por conta própria nos EUA (Foto: John Deere | Divulgação)
Por Boris Feldman
15 de fevereiro de 2022 21:32

A briga entre empresas de agropecuária e fazendeiros nos EUA contra a fábrica de máquinas agrícolas John Deere está chegando ao congresso norte-americano com a criação de uma legislação que permite ao dono do equipamento se encarregar da própria manutenção.

Briga porque a John Deere (como todas as outras fabricantes do mundo) exige que a revisão seja feita por seus próprios mecânicos e ferramental de fábrica.

As empresas agrícolas alegam grandes prejuízos em manter a máquina parada um ou dois dias no campo até os mecânicos aparecerem.

O curioso dessa lei, se aprovada, é o “perigo” dela se estender para outros veículos como caminhões, tratores ou até automóveis.

VEJA TAMBÉM:

E neste caso, fabricantes e concessionários perderem a exclusividade (e o enorme faturamento) das tais revisões programadas necessárias para a garantia do produto.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
8 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Heliel 19 de fevereiro de 2022

Essa notícia é mais antiga que anda para traz

Avatar
Antonio Pereira 18 de fevereiro de 2022

Garantia e revisão em concessionária é para seu carro particular, nenhuma frota faz revisão em concessionária, o negócio fica inviável econômicamente além de preços exorbitantes tenha a indisponibilidade do ativo, no caso o veículo.
Vá até a localiza ou a Unidas seminovos e compre um carro deles com dois anos de uso que tecnicamente aínda está na garantia e peça os carimbos das revisões no manual, não terá nem a primeira.

Avatar
Andre Rocha 16 de fevereiro de 2022

É algo complicado opinar a respeito do assunto. Aqui no Brasil, como o amigo disse, perdemos horas para chegar e deixar o veículo 1 dia inteiro na concessionária para trocarem óleo e filtros, pois esse é o padrão Brasil de revisão, e por muito mais barato trocamos o óleo no posto ou Rei do óleo. Algumas (poucas e raras) marcas fazem uma revisão completa de verdade no veículo sem o cliente ter que ficar dizendo que o carro apresenta isso ou aquilo, atualizações de software, verificação de 500 itens pelo mesmo preço daquela que não faz absolutamente nada (só troca óleo). Não sabemos como os procedimentos são realizados no EUA e nem as exigências dos fabricantes, se é como no Brasil, ou se é algo rigoroso com a real checagem e correta manutenção prevista. Tema complicado.

Avatar
Júlio Marchi 16 de fevereiro de 2022

As revisões, quase sempre, são apenas troca de óleo e filtro tanto em tratores, automóveis, quanto em motos. A Royal Enfield, grande fabricante de motos indiana, já autoriza a revisão em qualquer oficina que emita nota fiscal do serviço sem perder a garantia. Deveríamos exigir que todos os fabricantes fizessem o mesmo.

Avatar
ELIAS 16 de fevereiro de 2022

Isso seria ótimo! Diminuiria as Mamatas das Concessionárias, com as Revisões Mais Exploratórias que Necessárias. É um Assalto essas Revisões Obrigatórias. Ter a Liberdade de Efetuar a Revisão em Uma Oficina de Confiança, de Qualidade e Sem o Assalto do Concessionário. Pois o Proprietário do Bem, Não tem nenhum Interesse de Cuidar Mal, ou não Zelar pelo seu Patrimônio. Concessionárias, lembram Cartórios, Você é obrigado a Contribuir para a Riqueza deles.

Avatar
Rodolfo 16 de fevereiro de 2022

Acho será muito difícil essa lei ser aprovada nos EUA! Vemos que com relação a automóveis no Brasil o proprietário pode por óleo fora da especificação, não utilizar as ferramentas adequadas para troca de correia-denta, utilizar peças paralelas ou falsificadas. Já vi vídeo no Youtube de um mecânico de fundo de quintal trocar correia dentada de HB20 – 1.0-L – 3 cilindros sem usar as ferramentas próprias para isso, apenas usou giz para marcar as referências. Em casa de ferreiro espeto de pau!

Avatar
Rodolfo 16 de fevereiro de 2022

* corrigindo: VW – 1.0-L 3 cilindros – aspirado.

Avatar
Fe 16 de fevereiro de 2022

Não vou dizer que o correto é isso também com os carros, porque não é correto.
Mas convenhamos que perder horas de trabalho para deixar o carro e retirar o carro na concessionária que fica um dia inteiro apenas para trocar óleo e filtros e ainda por cima só funciona de 2a a 6a é complicado.
Serviço esse que em qualquer Rei do Óleo fazemos muitas vezes até de domingo em 40 minutos.

Avatar
Deixe um comentário