Kit de reparo para pneus run flat? Vai acreditando…

Vendedor de um carro novo disse à um leitor do AutoPapo que eu 'não sei de nada' e por isso critico o pneu run flat e o kit de reparo. Será?

Por Boris Feldman 21/01/21 às 07h30
kit reparo pneu run flat shutterstock 435962890
Kit de reparo para o run flat realmente ajuda nas horas de 'aperto'? (Foto: Shutterstock)

Um leitor do AutoPapo diz ter me visto ‘praguejando’ contra o pneu run flat, os que rodam mesmo murchos. E, ao comprar um carro importado, ele ficou em dúvida por ser equipado com esses run flat. E comentou com o vendedor que eu critiquei esses pneus, e que o carro poderia até deixá-lo na beira da estrada com um pneu danificado; e sem o estepe.

O vendedor então riu e comentou: “esse Boris não entende de nada! Olha aqui o que vem no seu carro: um kit de reparo de emergência para pneus”.

E então, o leitor me pergunta: “esse kit resolve o problema?” É claro que não, isso é uma picaretagem! Porque o que esse kit conserta é o pneu vazio que teria condições de continuar rodando mesmo murcho.

Mas, quando se danifica a banda de rodagem numa cratera asfáltica, nem run flat e nem kit de reparo. Aliás, não é à toa que, aqui no Brasil, importados com run flat recebem um estepe no porta-malas para quebrar o galho.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
8 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Silvio 29 de janeiro de 2021

Boris, seus comentários já estão incomodando. Pare de falar bobagens. Não fale sobre o que você não conhece.
Aliás, o estepe é acrescido por exigência legal.

Avatar
DENIS EDUARDO IABLONOVSKI 21 de janeiro de 2021

Você pega um pneu rum flat, faz um buraco com serra copo na lateral do mesmo, monta na roda e põe a rodar.
Vai tranquilo. Máximo de 80 km/h e máximo de 80km rodados.
Cansei de fazer essa demonstração para clientes.
Picaretagem é o kit de reparo, isso sim, pois pneu rum flat, em sua maioria, não deve ser consertado, justamente por não ter como “medir” a qual esforço a carcaça foi submetida.

Avatar
Eduardo 21 de janeiro de 2021

De novo esse papo do run flat? Quando é que vai entender que o problema não é o pneu, o problema está na má conservação da estrada. No Brasil se paga imposto pra se manter uma estrada pedagiada, e mesmo assim não é conservada adequadamente.

Avatar
Fabio 24 de janeiro de 2021

Primeiro que imposto não tem vinculação. Segundo que o dinheiro para conservação da rodovia vem integralmente da tarifa que nós pagamos para a concessionária.

Avatar
Edy 21 de janeiro de 2021

Boris, trabalho com pneus a 26 anos e posso afirmar com certeza do que falo, runflat e uma “picaretagem” kkkkkkkkk

Avatar
Robson 22 de janeiro de 2021

Eu tenho uma tia que há uns 20 anos trabalha como caixa em uma grande rede de lojas de pneus.
Ela nunca mexeu em um pneu. Nunca montou um, desmontou um… nem reparou. Nada! Nem vender os pneus ela vende. Ela fica lá no caixa recebendo e emitindo as NFs.
O mais engraçado é que ela acredita que manja mesmo de pneus e fala com gosto que trabalha com isso há 20 anos… com vc!

Avatar
Jorge Nicolau 21 de janeiro de 2021

Prefiro um run flat que pode salvar vidas quando meliantes armam arapucas para pegar motoristas desprevenidos, frente a pneus convencionais. No começo quando lançaram os primeiros pneus radiais sem câmeras também houve resistência para aceitarem a inovação.

Avatar
Fábio 21 de janeiro de 2021

Picaretagem no meio automotivo é regra. Exceção é alguém como você, Boris.

Avatar
Deixe um comentário