Por que ninguém explica que pneu vencido pode estourar?

Várias coisas devem ser olhadas no pneu ao comprá-lo: largura, altura, diâmetro e outros. Mas tem o mais importante: sua validade!

Por Boris Feldman 01/09/20 às 21h31
pneu dianteiro esquerdo carro automovel estourado
Pneu do carro dianteiro esquerdo estourado (Foto: Shuttertock)

Quanto dura um pneu? Ninguém é objetivo nisso. Algumas fábricas dizem, no máximo, que a garantia é de cinco anos.

Então vale a pena esclarecer, primeiro:

Sua data de fabricação está obrigatoriamente na banda lateral. São quatro dígitos, os dois primeiros dão a semana, e os outros dois, o ano que foi fabricado; 1518 quer dizer a 15ª semana do ano de 2018.

Segundo: até cinco ou seis anos da data de fabricação ele mantém suas características originais. Depois disso, e até 10 anos, ele perde aderência, prejudica estabilidade e a distância de frenagem.

E depois de 10 anos?

Ele se torna um perigo e pode arrebentar no meio do caminho. Terceiro: o prazo de validade de um pneu vence até mesmo estocado na loja, pois seu composto de borracha se deteriora tanto estocado como rodando.

Pneu do carro dianteiro esquerdo estourado
Se você não se atentar a validade do pneu do seu carro, talvez esteja correndo perigo! (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Arnaldo 6 de setembro de 2020

Não é bem assim… Já rodei com pneus há 18 anos nos aros sem grandes problemas. Tudo depende de como o carro ficou armazenado. Sim, a aderência fica menor. É preciso ficar de olho nos sinais que o pneu dá avisando que está se desfazendo. Quando eles aparecem, está na hora de trocar mesmo, aí não tem jeito.

Avatar
Josenildo Da Silva Santos 4 de setembro de 2020

Deveria ser obrigado as fabricantes datar o prazo de validade dos pneus, com tempo de uso e sem tempo de uso.

Avatar
Deixe um comentário