Airbag da Takata mata mais um no Brasil; desta vez, num Chevrolet

A Takata faliu após seus airbags provocarem o maior recall de automóveis da história. No Brasil, vitimou mais um; agora, num Chevrolet Celta

Por Boris Feldman27/07/20 às 21h31

Aqueles airbags defeituosos da Takata, que já feriram centenas de pessoas, mataram dezenas e quebraram a própria fábrica no Japão, já fizeram a segunda vítima no Brasil. Além de um motorista de um Honda, dessa vez foi de um Chevrolet Celta 2013/2014 em Aracaju, no Sergipe.

O problema foi o de sempre:

Ele bateu o carro, o airbag se inflou, estilhaços de aço foram remetidos contra o motorista e um deles atingiu fatalmente o seu pescoço. O estranho nesse acidente é que a GM não tinha convocado esse carro para recall, embora ela o tenha feito para diversos outros modelos.

Depois desse acidente, ela chamou então 235 mil Celta e Classic produzidos entre 2013 a 2016 para a troca gratuita do airbag em qualquer concessionária Chevrolet à partir de 5 de agosto.

Chevrolet Celta 2014 na cor verde com a dianteira em detalhe
Airbag da Takata mata mais um motorista no Brasil; desta vez, em um carro da Chevrolet (Foto Chevrolet | Divulgação)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    otavio 29 de julho de 2020

    Muito triste.
    Respeito o cliente,com vida.

  • Avatar
    Carlos 28 de julho de 2020

    Ao meu ver o título dessa matéria esta errado. No mínimo, desde 2013 a Chevrolet já sabia dos defeitos dos Air bags da Takata. Mesmo assim continuou a produzir carros com ele. Segundo consta, o risco só acontece com o tempo, depois que começa uma oxidação. E mesmo assim , passados 6 anos, ela deixou motoristas guiando seus carros assassinos.

  • Avatar
    Sp 28 de julho de 2020

    E o Corsa? Esqueceram dele também.
    Ainda falta chamarem os Corsas.
    Um amigo meu tem um Corsa 2012 com duplo airbag e até o momento, apesar de terem chamado so agora o Celta e Classic, ainda nada de Corsa.

    • Avatar
      Carlos 28 de julho de 2020

      Entra na fila da esperança… Também já existem Onix, Cobalt, Spin.. todos com o mesmo problema.

      • Avatar
        SP 28 de julho de 2020

        Parabéns a Chevrolet. Não compro nada dela, porque se é esse o respeito que ela tem com seus clientes com um problema tão grave como este, imagina os outros problemas que os carros deles podem oferecer que não são tão graves que não ofereçam risco de vida. Aí é que não arrumam mesmo.

Avatar
Deixe um comentário