PL para aumentar as indenizações do DPVAT

Após o Seguro DPVAT ser extinto, agora um Projeto de Lei propõe a atualização dos valores das indenizações, que estão congelados há 13 anos

Por Boris Feldman 10/12/20 às 07h30
acidente entre carros rodovia
Acidente entre carros exige indenizações do Seguro DPVAT (Foto: Shutterstock)

Além de ter sido assaltado pela Seguradora Líder, aquela do consórcio DPVAT, durante muitos e muitos anos, com toda sorte de maracutaias, ainda havia uma outra aberração que talvez seja corrigida por um Projeto de Lei que já está no Congresso:

É o valor das indenizações, que não é atualizado desde 2007, por incrível que pareça.

A Seguradora Líder foi cobrando cada vez mais, mais e mais e enfiando a mão no nosso bolso – mas as indenizações permanecem as mesmas há 13 anos!

O PL sugere que o valor de R$ 2.700, que se paga por conta de despesas hospitalares, seja atualizado para R$ 5 mil. E a indenização de R$ 13.500, a título de invalidez permanente ou morte, para R$ 25 mil.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
9 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Robson silva 12 de dezembro de 2020

É de minha opiniao que nao se deve acabar com esse tipo de seguro.tenho carro mais nao tenho meio financeiros de arcar com um seguro particular.esse seguro veicular me da a tranqlilidade de saber que se algo acontecer seja com vitima ou bem material que tenho amparo de um seguro.o que deve ser feito na minha opiniao seria que uma seguradora idonia e fiscalizada sempre ,adiministrase esse inposto,pos repito de uma fatalidade nenhuma pessoa esta isenta de lhe acontecer.

Avatar
Tiago Costa 11 de dezembro de 2020

Já estão cancelando o pagamento aí vem essa Pl pra aumentar, acho difícil viu.

Avatar
Ricardo 11 de dezembro de 2020

Prezados,

Leiam até o final por favor.

A bastante tempo acompanho os contantes ataques contra o seguro DPVAT que tem uma composição das melhores no mundo e que realmente auxilia as vítimas de acidente de trânsito independente das circunstâncias do acidente e suas responsabilidades,não podemos esquecer de que o que está sendo questionado por todos não é o seguro(DPVAT) e sim a atuação da seguradora LIDER que estava sendo a responsável pelo seguro, está sim que vêm se mostrando ineficaz em vários aspectos, e também é muito importante ressaltar que todas as outras seguradoras que agora estão abandonando o “barco” já foram as principais beneficiadas com as constantes fraudes,e em sua grande maioria são essas companhias seguradoras vinculadas a um político do alto escalão, então vemos aqui a mesma situação de dizer que o Brasil nosso país tão maravilhoso não presta quando na verdade quem não honra nossa pátria são nossos governantes,
Então, por esses motivos fica aqui meu desafio e sugestão para o senhor BORIS FELDMAN que aqui neste texto informa erroneamente que o seguro está sendo extinto, e não a seguradora, isso só trás mais confusão na cabeça do cidade de bem, então porque ao em vez de ficar de seu isolamento jogando palavras ao vento, o senhor não sai a campo e faz realmente uma reportagem corajosa sobre o assunto e repasse ao seu público os dois lados da moeda, e assim mostre qual é o verdadeiro trabalho da sua categoria.
Grato!

AutoPapo
Boris Feldman 11 de dezembro de 2020

Prezado Ricardo,

Agradeço estar acompanhando nosso portal.
Quanto à sua crítica, ele é totalmente infundada pois você não deve ter percebido minha posição em relação ao DPVAT.
Eu sou totalmente a favor de um seguro obrigatório, mas completamente contra o monopólio que não dá ao cidadão o direito de optar por sua seguradora.
Eu jamais informei sobre a extinção do seguro, até porque isso não ocorrerá, mas do consórcio das seguradoras, administrado pela quadrilha que se instalou na Lider Seguradora.
Quanto ao seu desafio de que eu saia em campo, sugiro que o prezado não jogue palavras ao vento, pois, o mínimo que fiz, foi entrevistar, para o portal a para o rádio, o delegado da Policia Federal e o promotor do Ministério Público que revelaram todas as maracutaias praticadas pela Lider.
Fui o único jornalista do Brasil a levantar este assunto há dez anos e a receber ameaças e boicote publicitário.
Procure conhecer melhor meu trabalho antes de me acusar levianamente.

Avatar
Diogo 11 de dezembro de 2020

Muito boa a Matéria!

Avatar
Ricardo 14 de dezembro de 2020

Prezado,
Em primeiro lugar gostaria de agradecer pelo retorno,e já aproveitar para falar sobre sua reportagem de 29 de novembro de 2020 as 21:31 hrs que tem como título “SEGURO DPVAT EXTINTO POR DOIS ANOS”
Isso só vem confundir mais a cabeça do cidadão, ao em vez de esclarecer que o seguro em sua função é bem desde que bem administrado, já sabemos que o seguro é uma lei que não está sendo extinto, e o que está sendo finalizado é a administração do seguro pelo consórcio da seguradora líder, e sobre o questionamento sobre conhecer seu trabalho, isso realmente não me importa, e o assunto aqui é sobre suas falhas quando se refere ao assunto SEGURO DPVAT, então mais uma vez solicito a gentileza de que o senhor como o grande “repórter” que conhecemos vá a campo e nos traga uma reportagem de conteúdo com as informações corretas sobre o seguro e o consórcio.
Grato.

Avatar
Laecio Rêgo 11 de dezembro de 2020

Ja que foi extinto , que devolva todos os valores pagos com correçao aos usuário do seguro.

Avatar
Jaja Batista 10 de dezembro de 2020

Na prática está querendo aumentar os valores para justificar novamente a cobrança de mais um imposto da população. Chega disso.

Avatar
MARCOS WOLNEY CHAGAS 10 de dezembro de 2020

Pura realidade, só não vê quem é cego.

Avatar
Deixe um comentário