Consumo: não confie nas tabelas para carros flex

Você imagina o motivo para 'abandonar' a tabela de variação de 70% no preço do etanol para a gasolina para abastecer o carro flex?

Por Boris Feldman21/09/20 às 21h31

Quem tem carro flex não deve confiar muito nessas tabelas que indicam qual dos dois combustíveis é mais vantajoso. Primeiro, porque preço de etanol e gasolina varia muito de um estado para outro.

Em segundo lugar, porque essas tabelas sempre usam o percentual de 70% para fazer os cálculos. Mas ele já não vale há muito tempo, pois foi estabelecido em 2003, quando se lançou o carro flex.

De lá para cá, os motores evoluíram e os combustíveis também tiveram sua evolução. Recentemente, por exemplo, a gasolina ganhou mais densidade, pode ter mudado a octanagem e esse percentual mudado de 70% para até 75%.

Você mesmo deve estabelecer a diferença de consumo do seu carro para determinar esse percentual e saber qual deles é mais vantajoso.

Motorista proprietário do carro flex calculando consumo com a carteira vazia nas mãos
Tabela dos 70% de diferença do valor do etanol para gasolina pode variar (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
34 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Camila 23 de setembro de 2020

    Opa, mas também aumentou a mistura de anidro. Não era mais 70% era menos…

  • Avatar
    Luís Ricci 23 de setembro de 2020

    Na verdade, não é possível medir e precisar a diferença e vantagem, entre gasolina ou etanol, pois a gasolina tem 25% de etanol na composição e até chegar nas bombas, são adulterados com outros produtos, nos caminhões ou em locais clandestinos, comprovado durante anos em investigações e divulgado pelas mídias.
    Além de danificar motor e componente do veículo, não garante boa performance e desempenho.

  • Avatar
    Carlos 23 de setembro de 2020

    Tem também a variável taxa de compressão!!
    Que privilegia um ou outro combustível no rendimento.

  • Avatar
    Luiz 22 de setembro de 2020

    Essas tabelas e indicaçoes imetro não são muito confiaveis. Sempre deu diferença no consumo final, o proprio indicador odometro do veiculo não e confiavel.
    Ex..tenho um hb20x 2020, enchi o tanque com gasolina rodei 583 km e pelo odometro eu so poderia andar mais 5km, porém, pedi para o frentista wncher ao maximo e mesmo assim so entrou 44.7 litros, ou seja eu rive uma mesia de 12.3 mas ainda poderia ter rodado no minimo mais 55 km.

    Pelo imetro faria etanol media 8+- e gasolina 9+-.

    Consigo tirar 9.5 no etanol e 12 na gasolina…
    Ou seja o modo de condução tambem varia de um condutor para outro…

  • Avatar
    Douglas 22 de setembro de 2020

    O consumo varia de carro para carro,tenho um Chevrolet classic 2012 e ele faz 7 no álcool e 10 na gasolina,mas a diferença realmente se vê no dinheiro gasto no dia a dia

  • Avatar
    Amaurilio 22 de setembro de 2020

    Eu tenho uma moto que faz 34 km/l no etanol e 37 na gasolina aabasteco o etanol a 2.89 e a gasolina a 4.59, ela tem 17 mil km rodei no máximo 2 mil km na gasolina o resto no etanol. Muito melhor .

  • Avatar
    Marcos Silveira 22 de setembro de 2020

    Tenho um Ford Ka 2009 e o desempenho com etanol é o mesmo que a gasolina. Tenho ele a 4 anos é só uso etanol…Ele faz 10km p litro na cidade com ambos combustíveis…

    • Avatar
      Emerson Jose 22 de setembro de 2020

      Geralmente os motores Rocam da Ford ficam meio viciados dependendo do tempo uso/consumo do tipo de combustível usual. A Centralina desses modelos parece que não reconhece o outro tipo de combustível e acaba fazendo um recálculo aleatório, daí o consumo na gasolina, que deveria ser menor, acaba ficando com pouca diferença do etanol. Digo isto também por experiência e vivência de nosso Ford Ka 2013 1.0 Rocam

    • Avatar
      Emerson Jose 22 de setembro de 2020

      Sobre tabela de variação de combustível, na atualidade temos rrealmente que levar em consideração a evolução dos motores e dos combustíveis fabricados mesmo. O meu exemplo e: Tenho um Ford Ka 1.0 2013 motor Zetec.Rocam em geral, esses modelos de motores da Ford ficam meio viciados dependendo do tempo uso/consumo do tipo de combustível usual. Parece que a Centralina destes modelos parece que não reconhece o outro tipo de combustível e acaba fazendo um recálculo aleatório, daí o consumo na gasolina, que deveria ser menor, acaba ficando com pouca diferença do etanol. Digo isto também por experiência e vivência de nosso Ford Ka 2013 1.0 Rocam

      • Avatar
        Vic 22 de setembro de 2020

        Não é só Ford, meu Honda tbm é assim. Leva um tempo para reconhecer outro combustível que não era usado com frequência.

  • Avatar
    Paulo Rogério Caron 22 de setembro de 2020

    Todos falam de média
    Mas poucos sabem fazer.
    Média se faz enchendo o tanque.
    Tenho duas Montanas e uso a para trabalhar nenhum carro e igual a outro
    Tem carro que é mais econômico no etanol
    Ou é na gasolina.
    Tem que fazer o teste.
    (E correto)

  • Avatar
    Marcelo 22 de setembro de 2020

    Se carro flex fosse bom o mundo todo o tinha feito também. E aqui no Brasil sempre saímos perdendo seja diferença do dólar do petróleo da cana de açúcar! Não temos competitividade! Petrobras manipula tudo. Fiz teste em um HB20 1.6 manual e automático o km por litro saia elas por elas. Só vi vantagem se rodasse totalmente em estrada. Circuito misto uma droga

    • Avatar
      Alessandro luis santos miná 23 de setembro de 2020

      vc falou uma coisa certa ,na america do norte e europa nao tem veivulos flex só america do sul ou seja sempre querem tirar vantagem q no caso é da cana e seus produtores .alem de propor venderem gasolina e oferecerem querosene no caso da adulteração.

  • Avatar
    Amaral 22 de setembro de 2020

    Tenho um corolla 2017, quase não usei etanol. Um dia coloquei etanol e o consumo foi dentro do esperado, mas aí veio a surpresa: Quando coloquei gasolina novamente o carro começou a fazer a mesma km/L se estivesse usando etanol. Levei em um especialita e disse que teria que fazer uma equação para gasolina novamente. Questionei porque?Disse que o carro estava interpretando como etanol a gasolina. Mandei fazer e o carro normalizou o consumo com gasolina.

  • Avatar
    FELIPE JOSE DUARTE DO NASCIMENTO 22 de setembro de 2020

    Só uso gasolina. Tenho uma Uno Vivace e no etanol não passa de 10km/l SEM ar condicionado na rodovia. Na gasolina COM ar condicionado é no mínimo 17km/l na rodovia. É meu quarto carro Flex e sempre observei melhor custo benefício na gasolina.

  • Avatar
    Rodrigo manoel Ferreira pires 22 de setembro de 2020

    Tenho um Peugeot 307 eu faço teste sobre que compro um carro deixo acaba coloco 5 litros e marco daí acaba de novo então tenho o consumo correto na gasolina faz 13 no álcool faz 6.5 não acho vantagem em usar álcool de jeito nenhum alem de alimentar a formação de de borra bebê muito mas

    • Avatar
      Eduardo 23 de setembro de 2020

      Formação de borra utilizando álcool?
      De onde você tirou isso?
      Sua teoria está mais errada que seu português.

  • Avatar
    Ainda não acredito 22 de setembro de 2020

    Olá.. então não senti diferença na nova gasolina achei que o carro fez menos por litro… perguntei para o frentista se era a gasolina Nova . disse que sim..e ainda mandei colocar a aditivada….mas como não tem uma ficalizaçao mensal surpresa..nos postos…eu acho que comprei 🐈 por lebre…se eu fosse um Prefeito. ..na minha cidade teria teste surpresa aleatória em todos os postos… com uma equipe que não aceitaria suborno de jeito nenhum…aí cidadão da cidade podeira abastecer de olhos fechados..um dia a de nascer um exemplo desse …por enquanto ficamos a deriva e na sorte..

    • Avatar
      Raul Corona Júnior 22 de setembro de 2020

      Não seria mais fácil proibir a mistura álcool da nossa “velha” gasolina? Abraço

    • Avatar
      Moreira 23 de setembro de 2020

      Concordo com esse comentário. Se houvesse honestidade real nas prefeituras os consumidores seriam beneficiados, no entanto, benefícios vão para comerciantes e funcionários desonestos infelizmente. O pior é que não temos a quem reclamar. MOREIRA2022.

  • Avatar
    Carlos 22 de setembro de 2020

    Eu tenho um Siena…misturo tudo já fiz vários testes…da tudo a mesma coisa….

  • Avatar
    Marcos Antônio Neves Pereira 22 de setembro de 2020

    Eu gostaria de tirar uma duvida,tenho um Honda city 2011 e no manual diz que faz 7 km/l no álcool e 11km/l na gasolina,mas meu carro tem feito apenas 7,5 na gosoli a será o combustível oi algum outro componente do carro que precisa trocar.k fígado pelo espaço

    • Avatar
      ANDRE LUIZ DA SILVA FERNANDES 22 de setembro de 2020

      Olá, passei por isso. Fiz limpeza dos bicos e troquei os reparos deles também, aí começou a fazer os 7km com álcool, mas precisei colocar um aditivo da stp usado após limpeza daí ele ficou Gastão como já era com 4,5km com álcool, já tinham me falado que isso acontecia mesmo. Depois voltou aos 7km com álcool.

    • Avatar
      Elizeu N Oliveira 22 de setembro de 2020

      Tenho um primo mecânico que me alertou . Tem carros flex que para fazer a leitura correta , mudança de álcool para gasolina só ocorre com gasolina aditivada . Confirmei isso com o C3 1.4 2011 . Mudança álcool para gasolina comum consome gasolina como álcool

    • Avatar
      Jorge Antonio Vilarinho Santos 22 de setembro de 2020

      Tenho um honda city sport fez numa viagem com 4 adultos é bagagem andando na faixa de 120km média de15.5 por litro de gasolina na cidade com ar 11 à 11.5 sem ar 12.5 pé leve regulei válvula agora com 100.000 é já estou no terceiro jogo de velas de iridium se botar vela comum bebê igual corisco no álcool cidade 9.0 estrada 13com litro.

  • Avatar
    Ari Gonçalves Junior 22 de setembro de 2020

    Bom dia.
    Estou em meu terceiro carro Flex, no momento uma Strada 1.4, em todos eles,sempre acompanhei a diferença de consumo entre gasolina comum e etanol e sinceramente discordo totalmente destes percentuais citados pelo Boris e também das tabelas dia postos de combustíveis.
    Acredito que há um interesse geral em promover o uso do etanol, bom pra natureza, é fato.
    Mas ao longo dos últimos 8 anos e observando meticulosamente essas diferenças, cheguei a conclusão que só vale a pena abastecer com etanol quando o preço deste for correspondente a 60% do preço da gasolina,acima disso é prejuízo.

    • Avatar
      Hélder Paulo 22 de setembro de 2020

      Concordo plenamente c vc amigo disse tudo

  • Avatar
    Henrique 21 de setembro de 2020

    Como a gasolina ganhou densidade o mais provável é que o % diminua. Exemplo: se a relação de equilíbrio era 70%, agora passaria a ser 68%. De 2003 pra cá a ANP determinou aumento da quantidade de etanol anidro na gasolina C. Isso fez que esse % de equilíbrio fosse aumentando. Taxa de compressão é outro fator importante. Resumo: faça o teste quando comprar um carro novo, buscando repetir as mesmas condições. No caso do meu carro o % de equilíbrio era 75%.

    • Avatar
      Leandro 22 de setembro de 2020

      Na vdd eu acho que é o contrário… se a gasolina custa 4 reais por exemplo e o percentual for de 70%, vai compensar abastecer gasolina com o etanol a partir de 2,8. Já se for de 75% vai compensar com o etanol custando a partir de 3 reais.

      • Avatar
        Pedro Nogueira 22 de setembro de 2020

        Tenho um Etios 1.3 manual 2018, muito econômico com gasolina,mas não vejo vantagem no álcool,nem no desempenho, tão pouco na economia.

    • Avatar
      Raul Corona Júnior 22 de setembro de 2020

      E se tirassem a porcentagem de etanol na mistura da gasolina não teríamos um combustível Melhor e ai sim conseguiríamos atingir um km maior com a Gasolina “pura”?

      • Avatar
        Daniel 22 de setembro de 2020

        Colega, nossa gasolina tem 25% de etanol na podium e Premium e 27% na comum e aditivada. Essa porcentagem está relacionada a aumentar a coragem da gasolina. Gasolina pura para ter 100 octanas é preciso utilizar chumbo, o que é proibido há décadas devido a poluição do meio ambiente. Tirando o chumbo, a octana cai abaixo de 80. Por isso a porcentagem do etanol para que ela tenha pelo menos 87 octanas. O etanol já possui 100 octanas.

      • Avatar
        Daniel 22 de setembro de 2020

        Correção devido ao corretor.
        * … Essa porcentagem está relacionada a aumentar a OCTANAGEM da gasolina.

      • Avatar
        Ivaldo Félix 22 de setembro de 2020

        Caro amigo Raul, se retirassem o etanol da gasolina a maioria dos carros teriam que recalibrar a injeção, pois o único automóvel produzido no Brasil com esse ajuste foi o tretafuel, mais se reduzisse para 10% já seria de grande valia.

Avatar
Deixe um comentário