ANP fiscaliza postos e interdita bombas: aditivada sem aditivo e etanol ‘aguado’

Mais de 40% dos estabelecimentos fiscalizados apresentaram problemas; eles já estavam com indícios de irregularidades

Por AutoPapo 13/11/20 às 19h11
faixa de "interditado" pela ANP em bomba de postos de combustível
ANP interdita bombas e autua postos (Foto: Polícia Civil MT | Divulgação)

A ANP divulgou nesta sexta-feira (13) que fiscalizou, na cidade de São Paulo, sete postos de combustíveis selecionados com base em indícios de irregularidades, em força-tarefa com a Secretaria de Justiça do Estado de São Paulo,  Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (IPEM-SP), Procon-SP e Polícia Civil do Estado de São Paulo (DPPC).

VEJA TAMBÉM:

Três desses postos foram autuados por motivos diversos, sendo que dois também tiveram equipamentos interditados. Um posto foi autuado por comercializar combustível (etanol hidratado combustível) foras das especificações (teor alcoólico), tendo sido interditadas as bombas de abastecimento e tanques desse combustível. Também foi verificada a irregularidade de não possuir equipamentos de medição de estoque.

Outro posto foi autuado por fornecer menos combustível do que o indicado na bomba abastecedora (“bomba baixa”), por romper lacres de interdição anterior de equipamentos por bomba baixa, dificultar a ação da fiscalização com a utilização de dispositivo remoto que desligava as bombas abastecedoras.

Ele também foi autuado por operar equipamentos em imperfeito estado de funcionamento (vazamentos de combustíveis), sendo esses interditados, e por vender gasolina comum como sendo aditivada (com preço mais elevado).

Algumas montadoras recomendam usar gasolina comum? Boris Feldman explica!

Um terceiro posto recebeu autuação bomba baixa com o uso de dispositivo eletrônico fraudador, por dificultar o livre acesso às suas instalações, dificultando a fiscalização, e ainda por não atualizar cadastro junto à ANP quanto ao uso de marca comercial.

Com a autuação do agente econômico pela ANP, é aberto um processo administrativo que, ao final, pode resultar em multa, nos valores previstos em lei. Denúncias sobre irregularidades no mercado de combustíveis podem ser encaminhadas ao “fale conosco da ANP” ou por ligação gratuita pelo telefone 0800-970-0267.

faixa de "interditado" pela ANP em bomba de postos de combustível
ANP interdita bombas que apresentaram irregularidades (Foto Polícia Civil MT | Divulgação)
15 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Gino 15 de novembro de 2020

    Uma dica é sempre abastecer no mesmo posto.
    Há mais 20 anos faço isso nunca houve problema.

    • Avatar
      Augusto nobrega 16 de novembro de 2020

      Se fiscalizar o rio grande do sul termina 50% dos postos de combustíveis….

  • Avatar
    elson 14 de novembro de 2020

    a ANP fiscalizou SETE , pasmem , SETE postos de venda de combustíveis na cidade de São Paulo , onde deve ter mais de 200 mil , a cota para 2021 já foi coberta!!!!!!

  • Avatar
    Rodolfo 14 de novembro de 2020

    … Certa vez um colega de trabalho chegou reclamando que após abastecer seu Ford Escort 1.0 a álcool o motor começou a falhar muito (engasgar) e morrer. Então fui no site do Procon e lá a orientação era fazer uma denúncia no site da Agência Nacional de Petróleo – ANP, com o número da nota fiscal.
    … Então eu mesmo fiz pra ele a denúncia na ANP com a nota fiscal dele e então em menos de uma semana a ANP foi no posto de combustível que lesou ele e lacrou o posto. Bem feito! Tomara que todo mundo saiba deste artifício da lei.
    … Uma dica que dou é não confiar no computador de bordo… pois ele sabe os km/litro mas não sabe o quanto de combustível a bomba pode ter roubado, assim faça a conta na ponta do lápis do valor medido na bomba com os quilômetros rodados.

  • Avatar
    Jonas Novaes 14 de novembro de 2020

    OS POSTOS DE GAZOLINA EM CAMPOS DO JORDÃO, ESTÃO COM COMBUSTÍVEIS ADULTERADOS, A SECRETARIA DA FAZENDA, PROCOM E MINISTERIO PUBLICO NÃO FAZEM NADA. COITADOS DOS MORADORES E TURISTA EM CAMPOS DO JORDÃO.

  • Avatar
    Gustavo 14 de novembro de 2020

    Pessoal, fiquem atentos. Não é muito difícil de acompanhar o desempenho do carro com o combustível abastecido. Façam a média. Isso é simples e ajuda muito a ter segurança. Os carros nos dá sinais claros sobre a qualidade do combustível, basta estarmos atentos e evitar as armadilhas de preços extremamente baixos, porém, isso não significa necessariamente que o combustível seja ruim, por isso, mais uma vez, fiquem atentos com o rendimento.

  • Avatar
    Luiz Carlos 14 de novembro de 2020

    Pra quê essa inútil reportagem e esse monte de pessoas inúteis tentando processar outras? Se não for exposto o nome do criminoso, é inútil essa fraca e reprochável tentativa de fiscalização.

  • Avatar
    Mauricio Silva 14 de novembro de 2020

    Queria entender o porque de não dar o nome do posto , endereço etc. Por estas e outras tenho abastecido somente em Rede de Supermercados .

    • Avatar
      David 15 de novembro de 2020

      Não é Garantia, acredite! Certa vez foi pego combustível no posto EXTRA e ia ser reportagem na Globo. Pois o Sr Abílio ligou e disse que se fosse veiculada a notícia, iria cortar a publicidade.

  • Avatar
    Dias 13 de novembro de 2020

    Isso é crime,
    E nossas leis precisa ser melhor fiscalizada, para melhor ser aplicada, por que enquanto ficarem impunes vão continuar fazendo isso,
    Dias atrás tive que trocar todos os bicos injetor domeu carro 🚘, não sei se foi gasolina ⛽️ ou foi água 💦
    Até quando vamos ficar assim.

  • Avatar
    Ricardo 13 de novembro de 2020

    Tem que existir um portal onde os usuários possam ver se o posto que ele abastece, realmente é honesto, com a entrada dos carros flex fica difícil saber se o combustível está adulterado!

    • Avatar
      Gustavo 14 de novembro de 2020

      realmente com os carros flex ficou mais difícil de perceber problemas no combustível. A melhor forma de prevenir é acompanhar o desempenho do carro após o abastecimento. Faça a média e acompanhe o rendimento. Outros sinais que são fáceis de acompanhar são: 1) Verifique se sai água em excesso pelo escapamento. 2) Verifique se o bocal de abastecimento está enferrujando. 3) Olhe ao redor do posto e veja se existe a presença de um gerente ou até mesmo o proprietário do posto. 4) Em caso de qualquer dúvida, procure o responsável e veja a forma como será recebido. Educação e gentileza geralmente já mostram segurança. E por último, cuidado com os mecânicos também. Muito deles condenam o combustível sem nem ao menos fazer os testes devidos

  • Avatar
    jose antonio 13 de novembro de 2020

    de nomes aos bois, pois como vamos saber quais postos nos enganam nos lesam e nos somos roubado, e mais o motor do veiculo vai para as cucuias

    • Avatar
      paulo 13 de novembro de 2020

      caros amigos… por favor não seja ingênuos… só vou dar uma dica: por que será que estas fiscalizações são sazonais? alíás a maioria das fiscalizações de outros serviços tambem são… hehehe

  • Avatar
    Eurico Lins 13 de novembro de 2020

    Podiam ter especificado quais foram os postos e seus endereços.

Avatar
Deixe um comentário