Briga no Leblon: qual é o conversível usado no ‘desfile’?

Vídeo viralizou neste domingo (27) mostrando uma briga generalizada entre uma mulher em um carro conversível e outra que estava em um bar

Por AutoPapo28/09/20 às 06h00

Viralizou na internet neste domingo (27) o vídeo de uma briga no Leblon, bairro nobre do Rio de Janeiro. Tudo começou quando duas mulheres desfilavam em um carro conversível. Quando o carro parou no trânsito uma terceira mulher jogou garrafas no carro e provocou uma briga generalizada. Veja no vídeo:

Mas qual o carro conversível no qual as mulheres estavam desfilando? Trata-se de um Peugeot 308 CC (ou Coupé Cabriolet), que teve pouquíssimas unidades importadas pela marca francesa para o Brasil em 2012. Ele saiu de linha três anos depois.

O 308 CC é equipado com um motor 1.6THP (Turbo High Pressure) movido exclusivamente a gasolina e com  165 cavalos a 6.000 rpm e 24,5 kgfm a partir de 1.500 rpm. O câmbio é automático de 6 marchas.

Com esse conjunto, o 308 CC acelera de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos e atinge velocidade máxima de 212 km/h

Destaque, claro, para a carroceria: enquanto a frente é a mesma do  308 hatch (pré-facelift), a traseira é completamente diferente. A capota rígida tem acionamento elétrico(se recolhe em apenas 20 segundos) e o espaço no banco traseiro é para apenas duas pessoas.

Quando rebaixada, a capota se esconde sobre o porta-malas, o que reduz a sua capacidade de 403 litros para 226 l. O 308 CC tem 4,440 de comprimento, 1,817 m de largura, 1,426 m de altura e 2,605 m de entre eixos. As rodas são de 18 polegadas.

Hoje, nos classificados da internet, os preços variam de R$ 65 mil a a R$ 100 mil.

5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Andre 28 de setembro de 2020

    Ainda não entendi porque a “mídia” e os “portais” de notícia estão dando tanto destaque para essa palhaçada.

  • Avatar
    Alfredo 28 de setembro de 2020

    O buraco é mais embaixo ! É a repercussão de um barraco na classe média alta do Leblon . Bairro estigmatizado pelos desrespeitos às regras da prefeitura e das autoridades de saúde .Vemos um carnaval fora de época , com as pessoas comemorando não sei o que ?? As mortes ? É uma discussão delicada !!!

  • Avatar
    Edu 28 de setembro de 2020

    A Mulher que jogou a garrafa é uma coitada, tem que ser identificada e presa, ela causou toda a situação, e o cara que tirou o biquíni também, expôs a mulher, bando de gente nojenta, só pq a loira do carro é linda e estava feliz.

    • Avatar
      Walter Vieira Junior 28 de setembro de 2020

      Nada demais, apenas identificar o motorista e dono do veículo, verificar quantas violações cometeu segundo o CBT, aplicar as multas e a pontuação na CNH, ou até apreensão do veículo já que colocava em risco a vida das ocupantes que estavam sem o cinto de segurança. E resolvido o caso.

  • Avatar
    Walber 28 de setembro de 2020

    Existe coisas mais importantes do que vê uma briga de mulheres da elite em ” barracos!”. Depois dizem que é só pobre que gosta de confusão!.

Avatar
Deixe um comentário