Campeão paraplégico de MotoGP revive a emoção de pilotar sua moto

A Yamaha YXR500 que o antigo campeão de MotoGP, Wayne Rainey, pilotava em suas corridas foi especialmente adaptada para que ele pudesse a comandar

Yamaha YZR500 MotoGP
Em 1993 a categoria máxima da motovelocidade era de 500 cc (Foto: internet)
Por AutoPapo
30 de junho de 2022 10:03

Em 1993, o tricampeão mundial de MotoGP, Wayne Rainey, sofreu um trágico acidente no GP da Itália que o deixou paraplégico. Mas agora, ele reviveu a emoção de pilotar a sua Yamaha YZR500, com a qual venceu o campeonato de 1992. Vale lembrar que, na época, sob outro regulamento, a categoria máxima da motovelocidade era de 500 cc.

A Yamaha modificou os controles da moto para que Rainey pudesse operá-la apenas com as mãos. As trocas de marchas estavam no guidão esquerdo: um botão vermelho subia as marchas e, ao puxar a alavanca da embreagem, reduzia. Uma pequena alavanca preta também foi adicionada ao guidão esquerdo, para operar o freio traseiro.

VEJA TAMBÉM:

Para acomodar Rainey, que ficou paralisado do peito para baixo, uma extensão da carroceria na parte de trás do tanque de combustível foi adicionada, para dar suporte extra à parte inferior do corpo, assim como tiras para mantê-lo no lugar e uma almofada no peito, para permitir que ele sinta os movimentos da moto.

O antigo campeão de MotoGP, Wayne Rainey, dominou a categoria no início da década de 1990. Ele foi tricampeão, sequencialmente, até ser impedido de competir.

Veja o piloto em ação:

Desde seu acidente, é a primeira vez que Rainey dá uma volta pilotando uma motocicleta. O campeão teve ajuda de seu filho, Rex, nesta missão, que tinha apenas dez meses de idade quando o piloto se machucou. O filho viu o pai correr pela primeira vez, e ainda fez parte disso.

A Yamaha também fez sua parte no evento, e foi elogiada por sua ação. A japonesa retirou a YZR500 de seu museu e a modificou especialmente para esta bela homenagem.

Acompanhe o canal do AutoPapo no YouTube. 

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Leo Soprano 1 de julho de 2022

Eu cresci assistindo ele correr meu irmão tinha um poster dele, hoje eu e ele na mesma situação ♿️ mas os dois pilotando outra vez 💪🇧🇷🏁♿️ Leo Soprano #32

Avatar
Edson Sionek 1 de julho de 2022

Sensacional, eu apaixonado pelo esporte motociclismo assisti o várias vezes. Linda homenagem e ainda colocaram pra pilotar a outra moto o também lenda das motos Kenny Roberts, tal como naquela época. Parabéns, justa homenagem.
O Wayne tirou um gostinho do motor 2 tempos, acelerou com certeza o ronco afinadissimo teve ter levado ele novamente numa viagem no tempo…

Avatar
FNO 30 de junho de 2022

Piloto sensacional, admirava muito quando era garoto. Atitude maravilhosa de todos os envolvidos!

Avatar
Cadillata 30 de junho de 2022

Felicidades ao Wayne e parabéns a Yamaha que lhe proporcionou essa alegria.

Avatar
Deixe um comentário