Esse Tesla Model X já rodou mais de 300 mil km; Veja como foi o desgaste da sua bateria

Canal do Youtube mostrou Tesla Model X com mais de 300 mil km rodados e mostrou que os elétricos podem sim ser uma vida útil longa

tesla model x carro eletrico 300 mil km rodados
Tesla Model X acumulou 321 mil km rodados (Foto: Reprodução Youtube | Out of Spec Reviews)
Por Bernardo Castro
22 de julho de 2022 12:32

O carro elétrico divide opiniões por diversos motivos. Apesar de estar se popularizando no exterior e a Europa querer extinguir os motores a combustão até 2035, aqui no Brasil essa nova propulsão ainda caminha a passos lentos.

Além de ainda ser muito caro e o país ainda não ter estrutura para comportá-lo, muitos consumidores têm medo de fazer um investimento alto e não saber como o carro elétrico estará após alguns anos de uso.

VEJA TAMBÉM:

Mas um vídeo do canal Out of Spec Reviews, no Youtube, mostrou que o carro elétrico pode chegar a uma alta quilometragem sem trazer grandes problemas para o seu dono.

O vídeo mostra um Tesla Model X de 2017 que, apesar de ser relativamente novo, seu hodômetro acusa 321 mil km rodados. De acordo com o proprietário do veículo, cerca de 80% dos carregamentos foram feitos em estações de carregamento rápido – o que, teoricamente, prejudicaria a vida útil da bateria.

Mas, na verdade, a eficácia do componente foi pouco reduzida com esse uso severo e foi constatado uma redução de apenas 9,8% na capacidade da bateria. Quando novo, a bateria do carro foi avaliada em 93,7 kWh de energia disponível. Após 5 anos de uso, e mais de 300 mil km rodados, a peça ainda mantém cerca de 85,4 kWh.

O Model X em questão é da Alemanha e, poucos dias antes do vídeo ser gravado, o dono levou o carro para a Autobahn e confirmou que não teve problemas para atingir a velocidade máxima do carro elétrico.

Além da bateria, naturalmente era de se esperar que alguns componentes estivesses desgastados veículo. No entanto, não houve nada de absurdo, se considerar que o Tesla ultrapassou os 300 mil km rodados.

Além da carroceria estar em boa forma – o que também pode ser colocado na conta do dono – o estofamento do interior está apenas levemente enrugado e há uma pequena ferrugem na superfície em torno de algumas áreas do carro que se abrem. O defeito mais ‘grave’ está no couro do volante que começou a se deteriorar por causa do uso frequente.

Quanto à parte mecânica, que é o que realmente causa preocupação no carro elétrico, o dono confirmou que elas se desgastaram de maneira normal como se fosse em um veículo a propulsão.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Jorge Garau 25 de julho de 2022

Interessante… Mas devemos levar em consideração que o carro está na Alemanhã, onde as condições de clima, estranas, etc… são bem diferente das nossas. Mesmo assim, os resultados foram ótimos.
Mas, nos caso de have necessidade de substituição da bateria, qual seria o valor? Isso é preocupante!
Abraço!

Avatar
Deixe um comentário