Dois carros inéditos da Nissan vão ser destruídos no ferro-velho

Quest Concept 2002 e o Bevel Concept 2007 da Nissan cumpriram sua missão como carro-conceito e serão escrapeados em ferro velho nos EUA

Nissan mandou destruir os modelos Quest Concept 2002 e o Bevel Concept 2007
Nissan mandou destruir os modelos Quest Concept 2002 e o Bevel Concept 2007 (Foto: Facebook | Reprodução)
Por Bernardo Castro
14 de março de 2022 20:30

Carros conceitos são veículos experimentais em que as fabricantes aplicam novos conceitos — sejam eles estéticos, técnicos ou tecnológicos — para exibição ao público, mas nem sempre eles ganham uma versão de produção em série.

Esse é o caso desses dois modelos conceitos produzidos pela Nissan. No entanto, apesar de estarem em condições relativamente boas, eles foram encontrados em um ferro velho nos arredores de Nashville, próximo a uma sede da marca japonesa localizada em Franklin, Tennessee, para serem destruídos

Na última quinta-feira, Dayton Cooper, um usuário do Facebook, postou no grupo Foreign Market Car Sightings  fotos dos modelos Nissan Quest Concept 2002 e o Bevel Concept 2007. O portal The Drive procurou a Nissan para saber o motivo da demolição dos conceitos.

VEJA TAMBÉM:

Antes de ir parar no ferro velho, os veículos estavam no acervo patrimonial da fabricante japonesa. Contudo, eles foram se deteriorando com o passar do tempo e mantê-los se tornou algo insustentável. Por se tratar de veículos de pré-produção, eles não podem ser vendidos ao público. A doação também não era uma opção.

Conversando com funcionários do ferro velho, Cooper descobriu que o local destrói carros-conceito com uma certa frequência.

“Depois de alguns minutos tirando fotos e falando sobre eles, um funcionário estacionou seu caminhão bem perto de nós. Ele saiu e nos disse que esmagava carros-conceito com bastante frequência, e na verdade tinha outros dois em outro lugar, mas ele não sabia se qual modelo se tratava.”

Os carros da Nissan, assim como os outros dois modelos conceitos mencionados pelo funcionário, foram encaminhados e destruídos no britador. A Nissan ainda exigiu um vídeo para comprovar o processo de escrapeamento dos veículos. A filmagem, no entanto, não foi divulgada.

Esse tipo de destruição é um caminho quase que natural para os protótipos. Geralmente, esses automóveis não possuem número de identificação e não são legais para rodar nas estradas. Além disso, eles não atendem nenhum critério dos padrões de segurança. São feitos, basicamente, para servirem de exposição.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Agnaldo de Souza 20 de março de 2022

Tinha que ser destruído mesmo. Muito feio meu pai amado

Avatar
Gilson Golçalves de Araújo 20 de março de 2022

Muito bom esse carros

Avatar
Deixe um comentário