Duster turbo: na Argentina e na Colômbia antes de chegar ao Brasil

SUV da Renault já começou a ser produzido com novo propulsor na Colômbia; expectativa é que, por aqui, Captur estreie o novo motor

Por AutoPapo 25/03/21 às 17h49
novo duster 2021 17 1
Renault Duster turbo entrega 155 cv de potência (Foto: Renault | Divulgação)

Começou a ser produzido, na fábrica da Renault em Envigado, na Colômbia, a segunda geração do Duster equipada com motor 1.3 turbo. Em razão de um acordo comercial entre o país e a Argentina, o modelo atualizado será importado com tarifa zero para os “hermanos”. Ainda não há previsão para fabricação do Duster turbo no Brasil.

LEIA MAIS

O novo propulsor até foi esperado por aqui, mas acabou desembarcando primeiro nos países vizinhos. O 1.3 turbo desenvolvido pela Mercedes-Benz já é utilizado em outros modelos da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi e substitui o veterano 2.0 16v.

O Duster turbo possui injeção direta, turbo com intercooler e quatro válvulas por cilindro. Embora a Renault ainda não tenha divulgado as informações oficiais, o AutoBlog Argentina afirma que o Duster turbo entregue em torno de 155 cavalos de potência e 250 Nm de torque.

Os números são menores do que os do Classe A, vendido na Argentina com o mesmo propulsor, mas melhores que os 143 cv e 198 Nm que o Duster 2.0 atual oferece.

O desenho do Duster turbo é semelhante ao modelo que a Renault já comercializa no Brasil, Europa e Rússia.

Boris já comentou que a Renault começou a produzir o motor 1.3 turbo no Brasil. Expectativa é de que o propulsor seja lançado por aqui no Captur, isso ainda em 2021.

21 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
ALEXANDRE POURCHET 2 de abril de 2021

No mínimo 1.5 turbo!!!

Avatar
Roberto Castro 26 de março de 2021

Me pergunto, porque o Brasil é esse patinho feio, sempre que se fala de lançamento automobilístico?

Avatar
LUIZ CLAUDIO THOMAZ 27 de março de 2021

Porque qualquer coisa que for posta à venda, o consumidor brasileiro médio aceita. Pode ser caro, mal acabado, desconfortável ou inseguro que o povo não está nem aí…

Avatar
Luis Carlos Velazquez Pereda 26 de março de 2021

Só vejo comentários do tipo, primeiro na Argentina, Colômbia, e depois no Brasil, isso acontece porque nesses países Renault está sempre entre os mais vendidos, aqui os tupiniquins só sabem comprar Chevrolet, Volkswagen e Fiat e olhe lá, carro Francês no Brasil é desprezado, vejam por exemplo o que vendem pegeout e Citroen na América Latina e o que vendem aqui, aliás essas duas montadoras francesas devem deixar de produzir por aqui, é mais barato trazer da Argentina.

Avatar
Gregollin rasputtin 26 de março de 2021

É incrível o Brasil ficar atrás da Argentina e Colômbia e o carro ainda custa mais barato por lá..

Avatar
LUIZ CLAUDIO THOMAZ 27 de março de 2021

Nem tão incrível. A marca tem maior aceitação lá, os carros são mais baratos lá porque os impostos são menores e o consumidor brasileiro aceita comprar carro caro, mesmo quando é menos equipado.

Avatar
Rodrigo A. Soares 26 de março de 2021

Carro com injeção direta, onde o combustível é péssimo, não vai dá certo. Vide os problemas que os motores com injeção direta de outras montadoras estão enfrentando…

Avatar
wellington pereira de lima 26 de março de 2021

Já tive um duster, é um carro extremamente pobre, acabamento feito no quintal de casa, carroceria não fechava a porta se o carro estivesse em.situacao de torção da carroceria, equipamentos de segurança só o básico, enfim o carro só era alto e também não quebrava fácil, já o motor 1.6 fazia 4 no etanol.

Avatar
Evaldo Otto 26 de março de 2021

Esse motor foi desenvolvido pela Renault e a Mercedes…

Avatar
Eduardo 14 de abril de 2021

Exatamente…e isso prova que a Renault sabe fazer motores, do contrário, a Mercedes-Benz não iria firmar uma parceria com ela, então preconceituosos de plantão…aceitem que doi menos.

Avatar
Batista 26 de março de 2021

Queremos a Duster com motor turbo 1.3 URGENTE !!!!

Avatar
José Claudio Ferreira da Silva 26 de março de 2021

Gostaria saber nova Duster Turbo, vem com
Motor da Mercedes Bens. Por quanto vai no
Brasil.

Avatar
Severino 26 de março de 2021

Tenho um duster 2017 tô esperando o motor turbo,penso que a Renault não tem pressa para lançar o duster com o motor turbo no Brasil ,será que a Renault não não pensa nos clientes do Brasil e que gostam do duster?

Avatar
Luís Sergio 26 de março de 2021

Brasileiros consomem o que ainda resta das produções das montadoras isso em todas as marcas, só depois vem pra cá !! Somos os maiores consumidores e os mais desprezados porque aceitamos esse situação !! Não falo por mim porque também fico muito indignado com essas montadora que só visão os lucros

Avatar
Roni oliver 26 de março de 2021

Também Concordo que um carro que fez tanto sucesso deveria já ter sido lançado na reestilizacao com esse motor um grande erro de mercado, pois nem a duster ganho mercado novamente e nem a captur. Outro erro é um carro respeitado pelo fora de estrada também não vir com a tração 4×4, aí ganharia mercado e então só depois investir na captur com um acabamento mais top para brigar em outro patamar ou seja Renault e igual a Ford, bons produtos mas só faz cagada!!!

Avatar
Cosme costa 26 de março de 2021

O duster é um ótimo carro e o motor turbo ele chega mais econômico ou continua beberrão

Avatar
Ângela Maria Marques de Oliveira 25 de março de 2021

Tenho uma oroch excelente carro estou esperando a nova chegar ao mercado e vou trocar por outra eu indico.

Avatar
Hermenogildo Cintra Demóstenes Silva 25 de março de 2021

Não me atrai francês com projeto romeno, mas o turbo até que pode ser interessante, se vier com preço competitivo e desempenho satisfatório. Torço para que a quase esquecida Oroch também seja atualizada com novo projeto.

Avatar
Eduardo 14 de abril de 2021

Entendi o que vc quis dizer, mas ele só leva o logo da Renault pq aqui no Brasil é a Renault que domina entre essas 2 marcas…ah, motor 2.0 e o câmbio automático são da Renault…já o motor 1.6 16V SCe e o câmbio CVT são da Nissan, se não me engano.

Avatar
Eurípedes 25 de março de 2021

Eu ja tive um Duster e o carro e ótimo em vários quesitos, ele só peca no motor. Estou esperando o lançamento Duster com o motor turbo e espero também que ele seja 4×4. Pois assim, voltarei a comprar um Renault. Sem desmerecer a Captur, mas foi um grande erro na minha opiniao, a Renault não priorizar o motor turbo primeiramente para o Duster, pois eles foi um grande sucesso de vendas dela no Brasil.

Avatar
Anilton Neves 26 de março de 2021

Concordo plenamente contigo Eurípedes! Estou na segunda Duster, gosto muito do carro mas com esta nova motorização deve melhorar, é muito, tanto desempenho quanto consumo, é realmente a Renault deveria priorIzar a Duster ante a Captur, pois a primeira vende muito bem!!!

Avatar
Deixe um comentário