Fundador da Tesla se manifesta contra a quarentena nos EUA

Elon Musk se manifestou em sua rede social pedindo para que "libertem a América"; executivo já desrespeitou autoridades norte-americanas

Elon Musk Tesla Factory Fremont CA USA 8765031426 2
Elon Musk na fábrica da Tesla em Freemont (Califórnia) (Foto Tesla | Divulgação)
Por AutoPapo
29 de abril de 2020 19:23

Elon Musk, o principal acionista da fabricante de carros elétricos, se manifestou hoje contra a quarentena nos EUA – país que teve mais mortes pelo novo coronavírus.

Em sua conta oficial no Twitter, o sul-africano publicou”Liberte a América agora” e “Devolvam a liberdade para as pessoas”. Elon Musk está desafiando as autoridades norte-americanas há algum tempo ao desrespeitar a quarentena nas fábricas da Tesla nos EUA.

VEJA TAMBÉM

Segundo a imprensa do país, funcionários da fábrica da Tesla na Califórnia receberam emails os convocando de volta ao trabalho nesta quarta-feira (29). A quarentena no estado só acaba no próximo dia 4 de maio, mas já há planos de estende-la até o fim do mês.

O fechamento de negócios considerados não essenciais foi no dia 16 de março, mas a Tesla só parou de funcionar uma semana depois, no dia 23.

twitter elon musk

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário