Fiat Fastback tem primeiras imagens oficiais reveladas pela marca

Fiat Fastback é a principal aposta da marca italiana para 2022 e chega com visual cupê para se posicionar acima do Pulse

fiat fastback dianteira
Fiat Fastback chega este ano para ampliar o portfólio de SUVs da marca italiana no mercado brasileiro (Fotos: Fiat | Divulgação)
Por Marcelo Jabulas
03 de agosto de 2022 16:15

A Fiat divulgou nesta quarta-feira (03) as primeiras fotos oficiais do Fastback. O SUV cupê será o principal lançamento da marca italiana em 2022.

O Fastback chega para se posicionar num degrau acima do Pulse. Ele será equipado com motor 1.0 turbo de 130 cv e também com a unidade 1.3 de 185 cv, que equipa Toro, Renegade, Compass, Commander e o futuro Pulse Abarth.

VEJA TAMBÉM:

O modelo utilizará transmissão automática do tipo CVT, com emulação de sete marchas, no motor 1.0 e caixa automática (com conversor de torque) e seis velocidades no motor 1.3, uma vez que o torque de 27,5 kgfm excede os limites da opção de variação contínua.

As informações técnicas sobre a plataforma e dimensões do carro não foram divulgadas ainda. Mas é fato que utiliza plataforma derivada da base da família de compactos em com ajustes para se encaixar na proposta do modelo.

Visual do Fastback

Até o momento, a Fiat tinha divulgado apenas uma ilustração que trazia a silhueta do modelo, que promete ser maior que o irmão, devido ao balanço traseiro mais longo. Agora é possível ver que o carro seguirá a identidade visual do Pulse, com faróis elevados e grade frontal bem reta.

fiat fastback traseira
Portas traseiras foram herdadas do Cronos, assim as do Argo foram usadas no Pulse

Na lateral, chama a atenção a semelhança das portas do SUV com as do irmão sedã Cronos. Não chega a ser uma surpresa, uma vez que o Pulse também utiliza as portas do Argo.

Na traseira, o modelo segue a tendência dos utilitários cupês, com cadência acentuada do para-brisas, que é integrado à tampa do porta-malas.

Novela do SUV

A Fiat vem cozinhando o Fastback há quatro anos. Em novembro de 2018, a marca levou para o Salão do Automóvel de São Paulo o conceito Fastback.

O carro em questão era um SUV cupê, com parte frontal inspirada na Toro. O conceito serviu para deixar claro que a Fiat finalmente entraria no segmento SUV, mas nunca deixava claro que seu utilitário seria ou não um cupê derivado da Toro.

Com o anúncio do Pulse, o Fastback estava fadado a ser apenas um estudo de estilo, mas o plano de ter um SUV cupê não tinha saído de pauta. Mas novamente não se trata de um carro derivado da picape, mas mais um irmão do Argo, que foi o modelo que estreou a plataforma que originou os demais modelos.

Preços do Fiat Fastback

Falar em preços é sempre complicado. Ainda mais em 2022, em que o mercado tem oscilado com problemas de fornecimento de peças e inflação aquecida.

No entanto, dentro do universo Fiat, o Fastback, se fosse lançado hoje, teria preços entre R$ 130 mil e R$ 160 mil. Trata-se de uma faixa onde orbitam modelos como as versões mais sofisticadas de Pule e Strada, assim como as versões de acesso e intermediária da Toro.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Santiago 5 de agosto de 2022

Se ele usasse a plataforma da Toro, com as suas respectivas dimensões, poderiamos considera-lo um SUV.
Mas se for usar a plataforma do Argo, então não passará de mais um hatch ligeiramente “sarado”, a exemplo do seu irmão Pulse.

Avatar
N. Verdandi 5 de agosto de 2022

O modelo foi lançado para concorrer diretamente com os modelos top de linha do T-Cross, Creta, Kicks, Duster, etc., o seu design, aliado a um conjunto mecânico de primeiro mundo, excelente capacidade do porta malas, serão o maior diferencial perante os concorrentes. O VW Nivus já foi superado pelo Pulse com um porta malas menor; as vendas de ambos refletem a realidade do mercado.

Avatar
Halter 6 de agosto de 2022

O nivus superado pelo pulse? HHAHAHAHAHAHAHAHAHAH leu onde isso, na quatro patas? Desculpe amigo, tive que rir.. desculpe, abraço! No dia que o pulse tiver porta malas e muito mais motor… talvez… o pulse é só um argo versão treking 2…

Avatar
Polvo 5 de agosto de 2022

Porta malas dever do tamanho do Nivus, provavelmente a estratégia é rivalizar com ele. Sobre o design achei as portas desproporcionais em relação ao tamanho do carro, sei lá, parecem um tanto pequenas.

Avatar
Halter 3 de agosto de 2022

Esse argo treking versão 3 vai ter porta malas decente desta vez??? por que no pulse(argo treking versão 2) é uma vergonha de pouco espaço! Decepcionante! ……. E DONA FIAT não nos engane tão descaradamente….. com essa desculpa de CVT não aguenta o torque de 27kilos do 1.3Turbo… NÃO COLA! Se não quer colocar o 1.3Turbo nele, inventa uma desculpa melhor, como por exemplo para não abocanhar as venhas do renegade e compass. ABraço!

Avatar
alecs 3 de agosto de 2022

Fastback pode ser,mas coupé não é,no máximo um hatchback … modelo vem bem potente especialmente o 1.3 turbo, vai deixar muito carro para trás.

Avatar
José Carlos de Oliveira 3 de agosto de 2022

Comprei um Fiat argo ano,2019/2020,e o Fábio na segunda marcha,e na quarta marcha,faz um ruído,o quando eu engato a marcha ré,faz um ruido, esquisito, até parece quando abre um porta venha,levei na consecionaria e me falaram que era normal que é do veículo,será.

Avatar
Halter 3 de agosto de 2022

Defeito oculto normalmente a concessionária diz isso… é tudo normal… até acabar a garantia e te apresentarem o preço salgado do reparo…. boa sorte!

Avatar
Josimar 4 de agosto de 2022

Um de meus filhos comprou recentemente um Fiat Pulse e com meros quilômetros, deu defeito na bomba de óleo. Com esse defeito, logo o motor deixou de funcionar, por proteção. Resolveram na Concessionária, porém levaram mais de um mês. Até o momento, o carro está ok.
Mas eu ficaria bem na dúvida quanto à vida útil do motor e do carro como um todo. Boa sorte com o seu.

Avatar
Halter 6 de agosto de 2022

É amigo, ao que parece os carros só subiram de preço… mas a durabilidade e qualidade dos componentes não progrediu ao mesmo patamar… não é pra menos… são muitos mais componentes genericos importados na China, ou seja, o percentual de componentes chineses está muito maior e sem controle de teste de qualidade, pois apandemia freio isso… o importante é tero componente, não importa a qualidade dele… isso é péssomo!… antes a fiat usava mais produtos fabricados na Hungria, entre outros lugares da Europa…. eram dias melhores…

Avatar
Deixe um comentário