Idoso de 80 anos é flagrado a quase 200 km/h pela polícia

Um novo lockdown na Austrália diminuiu o tráfego nas estradas e isso vem atraindo "pilotos," como esse senhor de 80 anos com seu Subaru Impreza WRX

policia australiana para idoso de 80 anos em um subaru impreza wrx
No equipamento policial vemos a velocidade de 182 km/h atingida pelo Subaru do idoso (Foto: South Australia Police | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
03 de setembro de 2021 10:11

Sedãs japoneses costumam ser chamados de carros de idoso, o Toyota Corolla inclusive ganhou o apelido de Vovôrolla no Brasil. Mas se existe um sedã nipônico que não ganhou esse tipo de fama, é o Subaru Impreza WRX.

Um idoso australiano de 80 anos quebrou esse estereótipo do WRX ser carro de jovem. A polícia do sul da Austrália parou esse senhor por estar dirigindo seu Subaru a 182 km/h em uma zona com limite de 100 km/h. Isso rendeu uma multa de AU$ 1.814, cerca de R$ 6.932, e teve a habilitação suspensa por seis meses.

VEJA TAMBÉM:

Segundo o site Carscoops, a polícia também publicou uma nota oficial dizendo que reforçou o policiamento da região. Uma quantidade alta de acidentes sérios vem ocorrendo na região e o novo lockdown para a contenção da variante Delta do Covid-19 está diminuindo o tráfego, o que atrai motoristas querendo acelerar.

subaru impreza wrx prata modelo japones lateral
A primeira geração do Subaru Impreza WRX era exclusiva do Japão e foi importada de forma independente para a Austrália (Foto: Subaru | Divulgação)

O Subaru Impreza WRX do idoso

A primeira geração do Impreza WRX foi exclusiva do Japão e feita para homologar o carro que corria no campeonato mundial de rali. Na Austrália é comum importar carros usados do Japão, principalmente por entusiastas. O que parece ser o caso desse idoso com o WRX.

O Impreza WRX de primeira geração utilizava um motor quatro cilindros boxer 2.0 turbinado, que produzia entre 220 cv e 280 cv dependendo do ano de fabricação. Acima dele ainda existia o WRX STi, com potência declarada pelo fabricante de 280 cv mas na prática o número era maior.

A tração integral permanente tradicional da marca garante o controle em todos os terrenos. O cambio no WRX sedã era sempre manual de cinco marcha, na perua existia a opção do automático de quatro. O Impreza GT importado para o Brasil na época era uma especificação europeia e levemente amansada do WRX.

4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
John Carlos Souza Silva 10 de setembro de 2021

Kkkk s fosse Brasil ia ter que vender o carro p paga a multa o país que produz 40 por cento p mundo e seus representantes pagam 💯 pelo mundo todo

Avatar
Mateus Lubini 10 de setembro de 2021

Encontraram o Bunta do Initial D KKKKKK

Avatar
Sir.Alves 4 de setembro de 2021

O idoso vendeu Corolla e voltou a viver!!! KKKKKKKKKKKK

Avatar
RuyJr 3 de setembro de 2021

Polícia inútil !

Qual o problema do velocista ser idoso ? Isso não é, tb, preconceito ?!

Avatar
Deixe um comentário