Hyundai apresenta o sedan Ioniq 6, que tem 610 km de autonomia

Apesar de ser construído sobre a plataforma comercializada no Brasil, modelo ainda não foi confirmado para o mercado nacional

hyundai ioniq 6
Produção Hyundai Ioniq 6 começa no terceiro trimestre de 2022 (Foto: Hyundai | Divulgação)
Por Bernardo Castro
14 de julho de 2022 13:03

A Hyundai apresentou os detalhes do Ioniq 6, sedan que representa o segundo modelo na gama de carros elétricos da marca coreana. A partir das especificações anunciadas, a montadora garante que ele será um dos mais eficientes do mercado.

A produção do Hyundai Ioniq 6 começa no terceiro trimestre deste ano e será construído em cima da plataforma E-GMP, que é compartilhada com a KIA. Com isso, as fabricantes pretendem baratear o que for possível na produção sem abrir mão da liberdade para o design.

VEJA TAMBÉM:

O novo sedan elétrico estará disponível com duas opções de bateria. A mais básica é uma de 53 kWh, enquanto a mais tecnológica é a de 77,4 kWh, a mesma que equipa o Ioniq 5.

No entanto, a Hyundai estima que no Ioniq 6 a autonomia será maior, já que os testes feitos seguindo o ciclo WLTP mostraram que o alcance do modelo pode chegar aos 610 km, contra 481 km do SUV. Um dos fatores que contribuem para a maior eficiência é a aerodinâmica, que é muito mais favorável no sedan.

O Ioniq 6 que utiliza as baterias de 77,4 kWh também pode ser combinado a um ou dois motores, podendo alterar entre tração traseira e tração integral.

Performance do Hyundai Ioniq 6

O novo exemplar traz alguns auxíliares de condução que têm se tornado comuns nos novos carros elétricos, como assistente de permanência em faixa, e reconhecimento do limite de velocidade da via a partir de placas de trânsito.

A marca coreana ainda afirma que esses dispositivos podem ser melhorados, já que o sedan terá atualizações via rede. De maneira remota, a Hyundai vai permitir atualizar e melhorar dispositivos elétricos, direção autônoma e a bateria do carro e os recursos multimídia.

Na versão topo de linha com dois motores o Ioniq 6 terá 325 cv de potência e 61,7 kgfm de torque, que o permitem acelerar de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos. Os dados da versão com apenas um motor não foram divulgados pelo fabricante.

A plataforma E-GMP ainda suporta infraestrutura de carregamento de 400V e 800V, sem precisar utilizar um adaptador. A Hyundai afirma que com um carregador de 350 kW a bateria vai de 10% a 80% em apenas 18%.

Outra novidade no elétrico é que ele terá a função Vehicle-to-Load (V2L), algo já visto na Ford F-150 elétrica. Com isso, através da carga das baterias, ele funciona como uma espécie de gerador de energia.

O Ioniq 6 será produzido, em um primeiro momento, apenas na Coreia do Sul e na Europa, e as entregas devem acontecer no final do ano. A previsão é que ele comece a ser fabricado nos Estados Unidos no início do ano que vem.

Quanto ao Brasil, ainda não se sabe se esse veículo chegará por aqui. O Grupo Caoa é o responsável por importar os modelos da Hyndai para cá, mas ainda não falou nada sobre esse assunto. Se acontecer, o Ioniq 6 deve chegar no mercado nacional em meados de 2023.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário