Sueco quer usar vulcões para fabricar combustível!

Fundador da Koenigsegg está interessado em obter metanol a partir do dióxido de carbono (CO2) emitido por vulcões ativos

koenigsegg one1
Fabricante sueca é especialista em superesportivos (Koenigsegg | Divulgação)
Por AutoPapo
16 de junho de 2021 11:46

Como ocorrerá a propulsão dos automóveis do futuro? Essa pergunta, por enquanto, aponta para várias possibilidades, mas permanece sem resposta definitiva. Eletricidade e até combustíveis sintéticos são as apostas mais frequentes. Porém, a Koenigsegg, fabricante sueco de superesportivos, vislumbra uma nova fonte de energia: vulcões.

VEJA TAMBÉM:

Na verdade, a empresa aponta para a possibilidade de obter metanol a partir do dióxido de carbono (CO2) emitido por vulcões ativos. Esse processo, claro, tem complicações, mas já é realizado na Islândia, em menor escala.

Christian von Koenigsegg, CEO e fundador da empresa, é o idealizador desse plano tão genial quanto maluco. O executivo explicou a ideia durante uma entrevista ao Bloomberg: o metanol obtido a partir do CO2 dos vulcões seria usado para movimentar usinas de combustíveis limpos e também para mover navios-tanque.

Essas embarcações, por sua vez, levariam os combustíveis para todos os continentes. E, com sistemas  adequados de tratamento de gases, o motor não emitiria material particulado. Koenigsegg exalta que toda a cadeia do combustível é limpa e que novas tecnologias estão surgindo.

Experimentalismo na Koenigsegg

O site Jalopnik, que repercutiu, nos Estados Unidos, as falas do executivo, destaca que a empresa avalia diversas possibilidades para propulsão de veículos no futuro. Por ser  pequena (fabrica, atualmente, menos de 100 carros por ano) a Koenigsegg tem mais possibilidades de experimentar novas tecnologias. Resta esperar para saber se o combustível oriundo dos vulcões realmente vai virar realidade.

O Gemera é um dos supercarros da Koenigsegg que poderiam rodar com combustível de vulcão. Confira.

1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Airton 17 de junho de 2021

Já passou da hora sair da escravidão da gasolina e óleo diesel com preços exorbitantes como é no Brasil

Avatar
Deixe um comentário