[Vídeo] Mercury Comet com 1.300 cv bate por falha nos freios

Vídeo mostra sequência de decisões ruins que culminaram nesse Mercury com mais potência que um Bugatti bater por falta de freio

5oo226pgskg
O carro acertou a traseira de uma minivan parada no sinal vermelho (Foto: YouTube | Reprodução)
Por Eduardo Rodrigues
17 de julho de 2022 17:03

Os EUA é um paraíso para quem gosta de motores V8 com alto deslocamento em muita potência. Esse Mercury Comet 1964 equipado com um big block Chevrolet de 632 polegadas cúbicas (10,3 litros, tamanho de motor de caminhão) com 1.300 cv é um exemplo disso.

O carro é um projeto que seu dono, Russ Stover, gastou 23 anos e mais de US$ 200 mil (mais de R$ 1 milhão na cotação atual) para fazer. E em todo esse tempo e gastos não inclui freios bons. Ele perdeu o controle do carro e bateu em uma minivan enquanto o veículo era filmado para um canal no YouTube.

VEJA TAMBÉM:

Segundo o proprietário, a última modificação nos freios foi há 17 anos. E no vídeo é possível notar que os discos dianteiros com pinças de quatro pistões Wilwood antigos são modestos para a força do carro. Além disso as linhas de freio e o fluído estavam velhos.

O acidente não foi causado apenas pela falta de freio mas sim por uma combinação de fatores. Stover e Shawn Davis, o apresentador do canal, estavam rodando pelas ruas de Los Angeles para capturar imagens do carro para o vídeo.

Em um momento o motorista comenta que o acelerador do Mercury travou, subindo a marcha lenta para 2.200 rpm. Em um carro com motor de 10 litros isso significa que está produzindo mais potência e torque que um carro médio na marcha lenta. Para manter o ritmo Stover manteve o pé no freio.

mercury comet 1964 com 1300 cv frente youtube
O Mercury Comet antes de bater (Foto: YouTube | Reprodução)

Isso superaqueceu os freios, até chegar no ponto que ficou inoperante. A batida contra a traseira da minivan parada no sina vermelho foi inevitável. Para piorar, os cintos eram apenas subabdominais, Davis bateu a boca contra o painel de metal do Mercury. Já Stover esticou os braços na hora da batida e, por isso, quebrou alguns ossos.

A lição fica tanto para quem tem um carro preparado quanto para quem tem carro original: mantenha os freios sempre em dia. Discos, pastilhas e fluídos não são caros perto da importância que tem na sua segurança. E se tiver um carro de 1.300 cv, coloque cintos de quatro ou cinco pontos.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Carlos 18 de julho de 2022

O que aconteceu com os passageiros da Van?

Avatar
Cadillata 18 de julho de 2022

Mesmo sem maiores danos, um cara desses deveria ficar pelo menos uns 15 dias na cadeia.

Avatar
Deixe um comentário