Mini vai acabar com bancos em couro em seus carros

Por um bem maior: entenda por que marca inglesa MINI deixará de ofertar a opção de estofamento de couro em seus modelos a partir deste ano

Por Andre Willis 03/02/21 às 19h45
mini oliver heilmer bancos reciclaveis nao mais couro
Oliver Heilmer, chefe de design da MINI, mostrando os novos bancos ecológicos do carro (Foto: MINI | Divulgação)

Afim de se tornar mais sustentável, a marca inglesa Mini decidiu que não vai mais oferecer bancos em couro em seus modelos futuros. A decisão foi tomada mesmo  com 54% dos carros da marca vendidos no Reino Unido em 2020 terem esse tipo de revestimento.

VEJA TAMBÉM

De agora em diante, o tecido dos assentos dos automóveis Mini será 100% reciclado. O forro do interior do carro será 70% usado de materiais recicláveis. Oliver Heilmer, chefe de design da empresa, disse a revista Autocar: “Não precisamos mais de couro no futuro, porque não acreditamos que seja sustentável. Estamos totalmente convencidos de que teremos produtos modernos e de alto valor sem couro.”

Heilmer foi além e falou que a marca pretende avançar em um design atemporal e oferecer uma estética doméstica ao invés de automotiva no interior dos novos modelos.

“É uma simplicidade inventiva. Os materiais serão reciclados, mas são luxuosos ao mesmo tempo. E inventivo em termos de função. Por exemplo, usamos cortiça no Urbanaut”, disse.

Volvo também investe em reciclável

Outra montadora que está apostando em materiais recicláveis no interior de seus carros é a sueca Volvo. Ela está vendendo no Brasil o XC60 Inscription, com esse material, por R$ 369.950 e com estoque limitado.

O novo estofamento têxtil da fabricante tem acabamento personalizado feito de 30% lã e 70% poliéster reciclado.

Fotos: Divulgação

5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
OSMANE DAMIANSE ALMEIDA 4 de fevereiro de 2021

Sem couro eu não compro e tá decidido!!!kkkk

Avatar
Olavo 4 de fevereiro de 2021

Chega a ser piada!
Couro bovino é um descarte da cadeia frigorífica, por natureza já é sustentável.

Irão trocar por um material feito com lã de ovelha???
E por poliéster, que além de não durar é pura química??

Avatar
Paulo 3 de fevereiro de 2021

Couro gela no inverno e frita a pele sob o sol de verão. Pra mim, luxo de verdade é veludo.

Avatar
LUIS GUSTAVO CARVALHO MILANI 3 de fevereiro de 2021

Já esta em decadência sem poder de revenda, parece casamento. Agora vai ladera abaixo.

Avatar
Florisvaldo Alevato 3 de fevereiro de 2021

Não gosto de bancos em couro, não tenho nada contra quem gosta. Pra mim foi uma das melhores medidas tomadas pela marca. Parabéns.

Avatar
Deixe um comentário